VÁRZEA GRANDE

em 2021

Tradicional Mostra de Dança de MT chega a sua 14ª edição

Ana Botafogo, Liana Vasconcelos, Cícero Gomes e André Malosá compõem a programação

Publicado em

Variedades

Foto: Hugo

O evento que é uma vitrine de produções atuais e já consagradas dos repertórios de grupos locais, oxigena o segmento ao ponto em que promove a interação entre artistas de Mato Grosso e outros grandes nomes da dança no Brasil. Mais uma vez a arte da dança se renova e vibra com a tradicional Mostra de Dança de Mato Grosso, que neste ano chega a sua 14ª edição.

Entre os dias 03 e 05 de dezembro, no Cine Teatro Cuiabá, os primeiros bailarinos e a bailarina contratada do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Ana Botafogo (Embaixadora da Dança no Rio de Janeiro), Cícero Gomes e Liana Vasconcelos, respectivamente, e ainda, o diretor do Malosá Studio de Dança, André Malosá – referência na capital paulista -, integram a programação. Com patrocínio do Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), a Mostra de Dança abre oficialmente no dia 03, às 20h.

Nos dias 3 e 4 também ocorrem as oficinas de dança com Ana Botafogo, Cícero Gomes e Liana Vasconcelos.  No dia 5, Ana Botafogo fala ao público em palestra especial, às 10h. Toda a programação da mostra é gratuita.

À ocasião, no palco do Cine Teatro ecoará a linguagem universal do corpo, com apresentações da Associação Cultural Flor Ribeirinha, Espaço Roda – Arte e Expressão, Estúdio Claz – Clara Azevedo, Escola de Dança Caroline, Grupo de Siriri Flor de Atalaia, Ópera Ballet, Dreams Ballet, Cia de Dança Rodinei Barbosa e Corpo Livre de Dança, grupos que representarão a capital mato-grossense.

Interessados podem buscar mais informações sobre as inscrições, nos telefones (65) 99943-7748 e 3322-2426.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  'A Força do Querer', Zeca será preso por tráfico
Propaganda

Variedades

Orquestra Sinfônica apresenta no Teatro do Zulmira Canavarro

Publicados

em

Foto: KAREN MALAGOLI / ALMT

 

Neste sábado (27) a Orquestra Sinfônica CirandaMundo, ira apresentar pela segunda vez, um concerto no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, as 20 h,  com ingresso solidário: dois quilos de alimentos não perecíveis, que serão destinados às instituições filantrópicas atendidas pela Assembleia Social. Não é preciso a troca antecipada das entradas, basta vir diretamente à portaria do teatro no dia do evento, a partir das 19h.

Neste concerto o “Temas Clássicos do Cinema”, terá regência de Emanuelle Guedes e Murilo Alves, com participação especial do ex-aluno do Instituto Ciranda – Música e Cidadania e violonista da Orquestra Sinfônica de Goiânia, Rennan Vicente. 

A obra do repertório é composto pelas músicas-temas dos filmes clássicos “E o vento levou (1939)”, “Forrest Gump (1994)”, “A lista de Schindler (1993)” e “Star Wars (1977-2005)”. “Vamos fazer essas trilhas clássicas de um repertório já estabelecido no imaginário popular. Um dos lugares importantes para a realização da música com orquestra é o cinema. São trilhas sonoras com grandes orquestrações, verdadeiros monumentos orquestrais que podem ser comparados a grandes obras exclusivamente musicais”, relatou o maestro Murilo Alves, diretor artístico e presidente do Instituto Ciranda.

O objetivo da apresentação de sábado é contemplar diversas épocas e faixas etárias. O concerto iniciará com “Gone With The Wind”, do compositor americano Max Steiner, música homônima ao título original do filme “E o vento levou”, vencedor do Oscar de 1940. 

A apresentação segue com “Forrest Gump Suite”, composta por Alan Silvestri e arranjada por Calvin Custer. Na sequencia Rennan sobe ao palco para fazer o solo de “Schindler’s List”, de John Williams. E a apresentação fecha com “Star Wars Suite”, também escrita pelo americano John Williams. Em sequência, serão executados temas de alguns dos principais personagens da saga, como Darth Vader, Princesa Leia e Yoda.

O Teatro Zulmira é o palco oficial da Orquestra CirandaMundo e, depois de quase dois anos de pausa, em razão da pandemia, volta a receber o projeto social musical. Esta é a segunda de três apresentações programadas para a temporada de 2021, aberta no fim de outubro.

“É uma grande alegria receber sempre a orquestra do Instituto Ciranda, este projeto que resgata vidas pela arte, seja no ensino da música, seja tocando nossa alma nas apresentações. Esperamos todos aqui”, convida a diretora da Assembleia Social e do Teatro do Cerrado, Daniella Paula Oliveira.

Um dos subprojetos da Orquestra CirandaMundo está na formação de plateia, na apresentação da linguagem da música instrumental a outros públicos.

Por isso, o ensaio final da sinfônica, no sábado (27), às 10h, no palco do Zulmira, será aberto a 40 alunos com idades entre 14 e 17 anos, da Escola Estadual Nagib Saad, da Agrovila das Palmeiras, em Santo Antônio do Leverger.

A Assembleia Social concederá um ônibus para buscar os adolescentes no munícipio. “Percorrer 90 quilômetros para pegar os jovens dessa comunidade e trazer para o Teatro Zulmira para assistirem a um concerto é uma conjunção de coisas lindas e mágicas, dessas que transformam o coração, a alma e a sociedade. A Assembleia Social e o Teatro Zulmira têm uma imensa alegria de apoiar esse projeto tão bonito, que é o Instituto Ciranda”.

O Instituto Ciranda – Música e Cidadania foi criado em 2003 para desenvolver ações nas áreas da educação e cultura, utilizando a música como ferramenta de cidadania. Atende cerca de 800 crianças, adolescentes e jovens de diferentes classes sociais e cidades mato-grossenses. Dessa forma Sinfônica CirandaMundo, o Instituto também conta com as orquestras Cirandinha e Primeira Ciranda.

São ofertadas aulas de violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta transversal, clarineta, oboé, fagote, trompa, trompete, trombone, bombardino, tuba, percussão, coral e musicalização infantil. Os participantes dispõem gratuitamente de condições para que possam se desenvolver plenamente.

Concerto “Temas Clássicos do Cinema” com a Orquestra CirandaMundo
Data: Sábado (27), às 20h
Local: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, anexo à ALMT
Ingressos: 2kg de alimentos não perecíveis
Retirada a partir das 19h do dia do evento

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Sedec-MT cadastra mais de 70 artesãos e índios da etnia Xavante
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA