VÁRZEA GRANDE

Variedades

Protagonista de ‘A Usurpadora’ foi envenenada por assistente

Publicado em

Variedades

‘Às vezes, você acha que uma pessoa parece boa, mas na verdade é uma psicopata’, disse a atriz a Fábio Porchat

 

Da Redação

 

Parece novela mexicana. Mas é a vida real de uma estrela de novela venezuelana. A atriz Gabriela Spanic, intérprete das gêmeas Paola e Paulina em A Usurpadora, folhetim já bem conhecido do público do Brasil, onde o SBT já o exibiu sete generosas vezes, foi envenenada por uma assistente em 2010, e quase morreu intoxicada com cloreto de amônia. A atriz relembrou o episódio, que envolveu o filho, então com 1 ano de idade e também envenenado pela assistente, em entrevista ao Programa do Porchat, da Record, nesta segunda-feira.

“Ela envenenou minha mãe, minha irmã e até meu filho, que tinha um ano e meio. Ela usou cloreto de amônia, que é um produto que se vende em agropecuária para fertilizar plantas, dissecar animais e até para revelar fotos. Colocou não só na minha comida, mas na de todos”, contou. “Suspeita-se que isso aconteceu durante seis meses. Estou viva por um milagre.”

Leia Também:  “DEM: Mesmo com potencial de protagonista segue o caminho de coadjuvante”

A atriz só descobriu que estava sendo vítima de intoxicação depois de se submeter a diversos exames, por não se sentir bem. O índice de concentração de amônia no sangue de Gaby estava muito elevado. “Segundo as estatísticas, no mundo inteiro, 15% da população tem uma doença psicológica. Ninguém sabe por que alguém faz isso. Às vezes, você acha que uma pessoa parece boa, mas na verdade é uma psicopata. E você nem se dá conta”, disse, procurando definir a ex-assistente, que chegou a ser presa por dois anos e recebeu ajuda de uma outra artista para deixar a prisão. “Nem pronuncio o nome dela. Eu peço a Deus que nunca a encontre na rua.”

 

 

Fonte: Veja

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

DESTAQUE

Em parceria com Estado, Prefeitura vai instalar mais 5 mil lâmpadas de LED

Benefício abrange quase 20 bairros das zonas urbana e rural
Serviço já está sendo realizado e, ao final desta etapa, metade da cidade estará com iluminação nova, afirma secretário Breno Gomes

Publicados

em

Foto: SECOM VG

Após instalar 6 mil lâmpadas de LED em 12 bairros e sete grandes avenidas, ao longo de 2022, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, e em parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT), deu início à terceira etapa do programa MT Iluminado.

De acordo com o secretário Breno Gomes, neste ano, o Executivo municipal juntamente com o governo do Estado vai instalar mais 5 mil lâmpadas de LED de 250 watts no lugar das lâmpadas de 200 watts vapor metálico. “É uma das determinações do prefeito Kalil Baracat que a Secretaria trabalhe de forma intensa nesse projeto, pois vai proporcionar aos bairros mais valorização, segurança e dignidade”, afirma.

Ao longo do ano, serão contemplados os seguintes bairros: Jardim Glória 1 e 2, Figueirinha, Panorama, Vila Arthur, Santa Terezinha, São Gonçalo, Jardim Ikaray, Novo Horizonte, Jardim Paula 1 e 2, Água Vermelha, São Matheus, Parque Sabiá, Itororó. Além disso, as comunidades rurais Limpo Grande, Praia Grande, Novo Mato Grosso, Bonsucesso, Capão de Pequi, Souza Lima e Capão Grande também serão beneficiadas.

Leia Também:  “DEM: Mesmo com potencial de protagonista segue o caminho de coadjuvante”

Na manhã de quinta-feira (26), durante vistoria pelas ruas de Várzea Grande, o secretário Breno Gomes e o subsecretário Virdinei Bens, acompanharam a troca de lâmpadas na Rua da Felicidade, no Figueirinha.

Foto: SECOM VG

No local, o pedreiro Dorival Lourival da Silva, morador do bairro há 40 anos, elogiou o trabalho da Prefeitura. Ele contou que as lâmpadas antigas estavam com algum problema que as faziam apagar quando ventava forte ou chovia. “Ficava apagando e demorava a voltar, a rua ficava escura. Agora vai ficar bom com essas lâmpadas novas. A gente fica feliz demais! Não só eu, os vizinhos, todo mundo fica feliz”, disse.

Foto: Secom-VG

De acordo com o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, ao ouvir relatos dos munícipes, percebe-se que a gestão municipal está no caminho certo. “Essa troca de lâmpadas por modelo mais moderno e eficiente é benéfica para todos, tanto para os moradores, que ganham mais qualidade de vida e valorização dos bairros, quanto para o Município, que ganha com a economicidade das lâmpadas de LED, pois elas reduzem em média 50% o consumo de energia elétrica em comparação com a lâmpada de 200 watts vapor metálico, além de terem maior durabilidade”, avalia.

Leia Também:  DEM de protagonista a coadjuvante na próxima eleição municipal

Fonte: Secom-VG

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA