VÁRZEA GRANDE

ESPAÇO DE ACOLHIMENTO

Primeira-dama Márcia Pinheiro anuncia segunda unidade em Cuiabá

A segunda unidade irá integrar as instalações da nova Unidade de Pronto Atendimento no bairro Jardim Leblon

Publicado em

Variedades

Foto: Vicente Aquino

A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, anunciou junto a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, a criação da segunda unidade do Espaço de Acolhimento da Mulher, em Cuiabá. A sala seguirá os mesmos moldes de atendimento da piloto, inaugurada há 1 ano, com a disponibilização de atendimentos de saúde, psicológicos, sociais e jurídicos.

O espaço será situado na nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do bairro Jardim Leblon, que atualmente está com 90% das obras concluídas e deve ser entregue nos próximos meses. Segundo a primeira-dama, o espaço será o segundo do Brasil presente dentro de uma unidade pública de saúde.

“Em suas palestras, a Maria da Penha sempre destacava a importância de ter um espaço para o atendimento específico e imediato da mulher vitimada. E em suas andanças pelo Brasil ela nunca viu isso dentro de um espaço público de saúde, até inaugurarmos essa unidade que tem sido importante para o combate à violência doméstica. Agora vamos estender para os bairros com a UPA do Jardim Lebron e com certeza será mais uma vitória para a área da mulher em Cuiabá”, contou Márcia.

O atendimento para as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar segue 24 horas no Espaço de Acolhimento, presente no Hospital Municipal de Cuiabá, e tem servido também para ações preventivas como denúncias contra agressores. Dos 282 atendimentos registrados em 1 ano, 67 foram de mulheres que fizeram denúncias de forma espontânea.

“É importante fazer esse atendimento imediato da mulher que, infelizmente, chega violentada. Todos são treinados para dar sigilo, segurança e total suporte. Mas, o mais importante é as mulheres que enxergam o espaço como uma saída, que buscam apoio e socorro antes de chegar à violência extrema. Queremos encorajá-las a enxergar o espaço como uma saída. Denunciem que estamos aqui para acolhe-las”, reforçou a secretária Zamproni.   

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Foragido da Justiça tem dois mandados de prisão cumpridos em Rondolândia
Propaganda

Variedades

Sedec-MT cadastra mais de 70 artesãos e índios da etnia Xavante

Indígenas da Aldeia Belém fizeram cadastro para adquirir carteira de artesão

Publicados

em

Assessoria SEDEC MT

Setenta e três artesãos realizaram o cadastro para adquirir a carteira nacional de artesão durante o 4º Circuito Empreendedor, que ocorreu no último dia 22 de julho, em Água Boa. O evento foi promovido pela Secretaria Adjunta de Desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor, que integra a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec-MT).

Dentre os profissionais cadastrados estão 24 índios da etnia Xavante, da Aldeia Belém, de Canarana. As inscrições foram efetuadas na tribo, na véspera do evento.

A adesão ao Sistema de Informações do Cadastro do Artesanato Brasileiro (Sicab) garante ao profissional artesão o direito a comercializar os produtos em feiras de artesanato nacionais e internacionais. Bem como, a participar de oficinas e cursos de artesanato.

O Circuito Empreendedor que tem como finalidade estimular os pequenos negócios no Estado traz muitas possibilidades de crescimento para os artesãos, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda.

“Com o Circuito Empreendedor os artesãos cadastrados deixam a informalidade e ganham lastro para melhorar seu negócio, já que passam a ser isentos de ICMS na venda dos produtos, conseguem ter acesso aos incentivos fiscais, obtém microcrédito, emitem nota fiscal avulsa de Emissão Eletrônica (e-NFA) e também podem contribuir como autônomo para a Previdência”.

A iniciativa integra o programa “Pensando grande para os pequenos” desenvolvido pela Sedec-MT com parceiros do Sistema S, federações representativas, instituições financeiras e diversas entidades públicas.

Artesanato indígena
Assessoria Sedec-MT

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Claudinei avalia vacinação contra a covid-19 em caminhoneiros
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA