VÁRZEA GRANDE

Aeroporto Marechal Rondon

Avião da Azul Linhas Aéreas sofre pane ao decolar

O avião deixaria Cuiabá e seguiria viagem para Guarulhos, em São Paulo.

Publicado em

Variedades

Foto: Rede social

Na madrugada desta quinta-feira (25) um avião da Azul Linhas Aéreas sofreu uma pane no Aeroporto Marechal Rondon em Várzea Grande e precisou ser evacuado, e durante a evacuação, uma mulher fraturou uma das pernas ao descer da aeronave pelo escorregador inflável e outras pessoas tiveram escoriações leves no joelho. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu) estiveram no local.

Segundo a companhia aérea, o comandante da aeronave identificou uma pane na decolagem, decidiu abortar e pediu para que os passageiros saíssem pelas saídas de emergência.

O avião deixaria Cuiabá e seguiria viagem para Guarulhos, em São Paulo.

Em nota a Azul informou que está prestando as devidas atenções a todos os passageiro e lamentam o ocorrido.

A Azul informa que a aeronave que realizaria o voo AD2751 (Cuiabá-Guarulhos) teve sua decolagem abortada após a identificação de uma pane na aeronave, tendo o comandante do voo realizado o procedimento padrão previsto para esse tipo de situação. Os Clientes evacuaram a aeronave por meio das saídas de emergência do avião. A Azul destaca que está prestando todo o apoio necessário aos Clientes, lamenta o ocorrido e reforça que ações como essa são necessárias para garantir a segurança de suas operações.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Curso de Policiamento Ambiental da PM começa nesta segunda-feira (18)
Propaganda

Variedades

Capivara invade casa em Cuiabá e assusta moradora

a moradora chegou a confundir o animal com um cachorro, mas, ao perceber o que era, passou mal

Publicados

em

Foto: Rede Social/Facebook

Na última terça-feira (18) houve um ocorrido pouco inusitado em Cuiabá, após uma moradora ser surpreendida após uma capivara invadir a garagem da casa dela, no Bairro Canjica. Diva Perez, de 66 anos, afirmou que chegou a confundir o animal com um cachorro, mas, ao perceber o que era, passou mal.

Segundo ela, a capivara estava sentada na calçada da garagem. “Eu vi aquele montinho assim sentado na calçada. Pensei: ‘é um cachorro esperando comida e falei: Bolinha, aqui não é o seu lugar! Vem comigo aqui pra fora'”, comentou.

Diva contou que todas as manhã alimenta um cachorro de rua e que é acostumada com o animal na casa.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Curso de Policiamento Ambiental da PM começa nesta segunda-feira (18)
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA