VÁRZEA GRANDE

Santo Antônio de Leverger

Governo de MT licita obras de construção da Orla

O projeto prevê a construção da orla na Avenida Beira Rio, no centro do município, em uma área total de 12,8 mil metros quadrados

Publicado em

Turismo

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), publicou a licitação para contratação de empresa de engenharia para execução das obras de construção de calçadão e espaços de convivência da Orla de Santo Antônio de Leverger.

As obras fazem parte do Mais MT, o maior programa de investimentos da história de Mato Grosso, no eixo de Infraestrutura de Turismo. Ao todo, estão estimados investimentos de R$ 8,5 milhões para a construção da orla, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, o projeto foi pensado para que fosse possível executar uma completa requalificação urbana do espaço, de modo a garantir a infraestrutura do local interligada à beleza existente às margens do rio, além de proporcionar conforto e segurança a todos os frequentadores da orla.

“Estamos seguindo a determinação do governador Mauro Mendes, de contratar e futuramente realizar obras focadas em reestruturar o espaço público, trazer qualidade de vida e fazer uma completa renovação daquele local. Vamos implantar uma orla que valorize a cidade de Santo Antônio de Leverger”, disse o secretário.

Elaborado pela equipe técnica da Secretaria adjunta de Cidades da Sinfra, o projeto prevê a construção da orla na Avenida Beira Rio, no centro do município, em uma área total de 12,8 mil metros quadrados. Está prevista ainda a implantação de um calçadão, dois bares, playground coberto, ambientes de convivência e completa arborização e iluminação, para que o espaço também possa ser utilizado durante o período noturno.

Também está prevista a implantação de 182 vagas de estacionamento e a execução de um plano de recuperação de áreas degradadas, a fim de recuperar a área de preservação permanente localizada entre a Avenida Beira Rio e o Rio Cuiabá, em uma extensão de 2,85 hectares.

“A nossa equipe técnica da Sacid elaborou o projeto pensando em uma urbanização moderna e ao mesmo tempo econômica. Nossos técnicos fizeram estudos de casos em outros locais, para que pudéssemos reunir os bons exemplos em um único projeto, a pedido do governador. Por isso, a Orla de Santo Antônio de Leverger é um projeto importante.  Vai ter um mobiliário diferenciado, tecnologia na estrutura visando a ganhar tempo de execução, economicidade, qualidade, funcionalidade e beleza”, explicou a secretaria adjunta de Cidades, Rafaela Damiani.

A expectativa é de que as obras fomentem o turismo na região do Vale do Rio Cuiabá, além de proporcionar a geração de emprego e renda e o consequente desenvolvimento do município, segundo o secretário adjunto de Turismo de Mato Grosso, Jefferson Moreno, que lembrou que projetos semelhantes já estão em elaboração para beneficiar outras cidades.

“Essa obra é muito importante para o município de Santo Antônio do Leverger. É resultado da visão do governador Mauro Mendes, que construiu essa parceria entre Sedec e Sinfra para melhorar a infraestrutura do turismo em vários pontos do Estado. E essa primeira orla vai elevar a autoestima da cidade, vai retomar o fluxo de turistas na orla do rio, para que comecemos a aproveitar mais o Rio Cuiabá, que é um presente que recebemos na natureza e que é a porta de entrada do nosso Pantanal”, concluiu.

A contratação das obras será realizada por meio de processo licitatório na modalidade Concorrência Pública, do tipo menor preço. A sessão pública de abertura das propostas será realizada no dia 14 de outubro, às 9h, na sala de reuniões da própria Sinfra. A licitação também é transmitida em tempo real pelo canal do Youtube da Sinfra. Tanto o projeto executivo, quanto demais documentações complementares, encontram-se disponíveis no site da Sinfra.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Primeira-dama de Cuiabá pede mais atenção nos quadros depressivos
Propaganda

Turismo

Turismo: com frio ou calor, Hotel Águas Quentes não perde a “majestade”

O Hotel Águas Quentes fica localizado no miolo da Serra de São Vicente, a 85 km de Cuiabá

Publicados

em

Localizado no Parque Estadual Águas Quentes, a 85 km da área urbana de Cuiabá-MT, com acesso pela BR-364, o Hotel Águas Quentes continua sendo um dos balneários mais procurados na região Centro Oeste do país. Mensalmente, o Águas Quentes recebe centenas de turistas de todos os lugares do Brasil e, inclusive, do exterior. A fascinação dos visitantes é explícita logo ao aportar na recepção do hotel.

Segundo a gerência, essa procura independe de fatores climáticos. Porém, em datas especiais no calendário anual (Natal, Ano Novo, Carnaval, Dia dos Pais, Dias das Mães, etc…), o recomendável é agendar vagas, pois elas se esgotam facilmente. “Há reservas que são feitas com meses de antecedência, prevendo-se a lotação do hotel”, diz o gerente Fábio Oberyt Fávaro.

É que, além das famosas piscinas naturais [de águas termais], o Hotel Águas Quente encampa arsenal carismático de receptividade em todos os níveis, serviços já aclamados no segmento turístico nacional. Inclusive, o balneário detém premiações destacadas pela sua excelência profissional.

Foto: Site Hotel MT Águas Quentes

O forte do hotel, além das piscinas termais, reside também nas piscinas “frias”; atrativo irresistível a quem não gosta de altas temperaturas. Principalmente agora, quando os termômetros não têm sido nada acanhados, aproximando-se fácil dos 39 e 40º, mesmo na região serrana. Assim, mergulhar em águas naturais é mais confortador ao físico e espírito.

Uma dessas piscinas se encontra instalada na ala central do hotel, ponto de confluência de grande parte dos banhistas. É frequentada maciçamente por adultos e crianças que deslizam velozes pelo tobogã gigantesco, estatelando-se nas águas azuis em grande algazarra.

Outros atrativos podem ser conferidos pelos visitantes: acomodações confortáveis, Salão de Convenção, boate, passeios pelas trilhas e show musical impecável durante o almoço, típica gastronomia regional.  Sem falar na seleta sobremesa (doce de leite, coco, abóbora, arroz doce, pudim…).

Foto: Site Hotel MT Águas Quentes

Também na avalição técnica da diretoria da Rede de Hotéis MT, todo esse conjunto prazeroso é responsável pelo sucesso tradicional do Águas Quentes, há décadas em patamar elogioso no segmento turístico nacional.

Para o empresário Leopoldo Nigro, considerado o ‘Mago Merlin do Hotel Águas Quentes’, o projeto concebido – e em prática no dia a dia – é oferecer sempre o melhor aos hóspedes. “Nesse sentido, sempre houve empenho geral da diretoria do grupo e dos nossos colaboradores, altamente capacitados às funções que exercem”.

Leopoldo ainda sublinha que o Águas Quentes é um hotel que unifica praticidade com eficiência de serviços do agrado geral. “Paralelamente, ofertamos novidades para que as pessoas se sintam 100% relaxadas e felizes por estar aqui. Isso pode ser evidenciado nos semblantes de quantos circulam pelo hotel, ou naqueles que participam das atividades de hidroginástica, antes do almoço. Para nós, é uma alegria idêntica saber que contribuímos para tanta felicidade”, diz Nigro.

Foto: Site Hotel MT Águas Quentes

VIAGEM IGUALMENTE PRAZEROSA

Na opinião de vários hóspedes, o hotel reúne muitas outras coisas interessantes, tornando-se até difícil apontar qual delas é o chamariz do seu sucesso. “Quando chegamos, só de sentir a brisa fresca da Serra de São Vicente, já somos acometidos de intensa emoção. Há convicção de que horas deliciosas nos aguardam dali em diante”, diz a pedagoga Jane Aparecida.

Servidora da Secretaria de Meio Ambiente do Estado, a pedagoga explica que o hotel tem procurado preservar o meio ambiente, em geral, com destaque zeloso para os animais que sempre foram presenças adoráveis em suas cercanias.

“Os macacos ficam nos observando o tempo todo, e já flagrei frutas dispostas (banana, mamão) em áreas sombreadas do hotel, a fim de que eles se sirvam. Porque, com essa estiagem brava, a despeito de uma ou outra chuvinha, a alimentação silvestre está escassa, a exemplo do que acontece no Pantanal”.

Foto: Site Hotel MT Águas Quentes

No mais, o Hotel Águas Quentes representa assinatura confiável de uma excelente estadia, seja apenas por um dia, ‘Day Use”, ou por períodos maiores. E há hóspedes que vão mais além ao sublinhar que o encanto do lugar já começa após deixar a BR-364 e percorrer o trecho asfaltado de 10 quilômetros até o hotel. É quando é possível apreciar os contornos verdes da Serra de São Vicente e os sitiantes que vivem nesse entorno.

Foto: Site Hotel MT Águas Quentes

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Demanda de passageiros por voos internacionais cresceu 16,78% em agosto
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA