VÁRZEA GRANDE

Tecnologia

CBLOL 2021: RED Canids nega mudanças em line após eliminação

Publicado em

Tecnologia

A eliminação da RED Canids nas semifinais do 1º split do CBLOL 2021 não irá impactar no planejamento da organização para a sequência na temporada. Pelo menos foi o que disse Felippe Corradini, dono da org, em entrevista coletiva após a derrota para a Vorax. O dirigente foi questionado sobre se jogadores mais experientes poderiam chegar como reforços para a disputa do 2º split uma vez que a lineup da Matilha conta com a menor média de idade dentre os times do Campeonato Brasileiro de League of Legends. Historicamente, a RED sempre apostou em medalhões, como Felipe “brTT” e Felipe “YoDa”, mas não será o caso desta vez.

– Sobre mudanças, muito cedo pra falar. Não temos planos nenhum pra isso no momento. Vamos ver nas próximas semanas se muda alguma coisa, mas acho bem difícil – garantiu.

A lineup da RED Canids foi campeã do Circuito Desafiante que encerrou a temporada 2020. O jogador mais velho do elenco é Gabriel “JoJo”, que tem apenas 22 anos. O segundo mais veterano é Gabriel Vinicius “Aegis”, com 21. Alexandre “TitaN” tem 20 anos, enquanto Guilherme “Guigo” e Adriano “Avenger” são os mais novos (19).

Para Corradini, o fato de o elenco ser muito jovem não é um problema e muito menos foi o motivo pelo qual a RED acabou sendo eliminada no CBLOL.

– Eu não acho que a questão idade interfere. Estou aqui [na GH] acompanhando todos os dias e estou vendo a maturidade deles em todas as atitudes. Não só dentro do jogo, como fora também. É só lapidar.

Dessa forma, o dono da org rechaçou qualquer vinda de medalhões para tornar o elenco mais cascudo.

– Não agora. Nesse momento não. Os meninos estão em total sincronia. Eles estão focados no objetivo deles. É a lineup mais nova do CBLOL em média de idade. A gente tem total confiança, independente da idade deles. Eles estão prontos para o próximo passo.

A ideia é manter a base do time e dar sequência ao desenvolvimento que os jogadores vêm tendo nos últimos tempos. Na visão de Corradini, inclusive, é algo que a RED Canids demorou a entender já que sempre apostava em nomes mais consagrados.

– Começamos a apostar na base desse time no finalzinho do 1º split do ano passado porque a gente confiou muito nos medalhões que já tivemos e acabamos deixando os meninos não jogarem o quanto que a gente gostaria. Quando resolvemos botar os meninos de fato pra jogar, começamos a colher frutos.

Mesmo com a queda nas semifinais, o resultado conquistado pela RED Canids no CBLOL 2021 foi muito comemorado por Corradini. Ele ressaltou a trajetória do time até aqui: a Matilha saiu do Circuito Desafiante e chegou aos playoffs do 1º split desta temporada

– Na soma dos fatores, vejo esse split como total positivo. Não deixamos a desejar porque chegamos longe. Pegar da onde a gente veio até onde nós chegamos é um gap muito grande. Desbancamos grandes favoritos. Não vejo nenhum ponto negativo. Agora é focar só pra melhorar.

– Ficar tanto tempo lá onde ficamos e chegar onde estamos hoje não é pra qualquer time

 

Leia Também:  iPhone 11 Pro Max estilhaça e perde para iPhone SE em teste de queda; assista

 

 

 

 

Fonte: FONTE: GLOBO / https://globoesporte.globo.com/esports/lol/noticia/cblol-2021-red-canids-nega-mudancas-em-line-apos-eliminacao.ghtml

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Tecnologia

Drones: servidores do Indea-MT são capacitados para fiscalizações com o aparelho

Objetivo é aprimorar as atividades do órgão, em especial, auxiliar nas inspeções em locais de difícil acesso

Publicados

em

Foto: divulgação SECOM MT

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) realizou o curso de “Operação de aeronaves remotamente pilotadas – Drone Asa Rotativa”, entre os dias 08 e 10 de julho. A capacitação feita em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT) tem o intuito de qualificar os servidores para pilotagem dos drones e o processamento das imagens obtidas.

A primeira turma foi formada por 14 servidores das unidades regionais de Cáceres, Pontes e Lacerda, Matupá e das coordenadorias técnicas da sede do órgão.

Evolução tecnológica

O Indea-MT irá adquirir, nos próximos meses, quatro drones visando aprimorar as atividades do órgão, tendo em vista a inúmeras aplicabilidades dos equipamentos nas fiscalizações agropecuárias, que vão desde o mapeamento das áreas, identificação e monitoramento de doenças, localização e contagem de animais.

Segundo o diretor técnico do Indea-MT, Renan Tomazele, os veículos aéreos não tripulados também irão auxiliar nas inspeções em locais de difícil acesso e na localização de ilícitos remotamente.

“O uso de drones nas atividades de rotina do órgão trará mais agilidade às fiscalizações, e consequentemente, mais eficiência ao serviço prestado. Por isso, iremos capacitar mais servidores para operar os aparelhos”, ressaltou Tomazele.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Histórico: Mirassol elimina São Paulo e vai às semifinais do Paulista
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA