VÁRZEA GRANDE

Tecnologia

CBLOL 2021: RED Canids nega mudanças em line após eliminação

Publicado em

Tecnologia

A eliminação da RED Canids nas semifinais do 1º split do CBLOL 2021 não irá impactar no planejamento da organização para a sequência na temporada. Pelo menos foi o que disse Felippe Corradini, dono da org, em entrevista coletiva após a derrota para a Vorax. O dirigente foi questionado sobre se jogadores mais experientes poderiam chegar como reforços para a disputa do 2º split uma vez que a lineup da Matilha conta com a menor média de idade dentre os times do Campeonato Brasileiro de League of Legends. Historicamente, a RED sempre apostou em medalhões, como Felipe “brTT” e Felipe “YoDa”, mas não será o caso desta vez.

– Sobre mudanças, muito cedo pra falar. Não temos planos nenhum pra isso no momento. Vamos ver nas próximas semanas se muda alguma coisa, mas acho bem difícil – garantiu.

A lineup da RED Canids foi campeã do Circuito Desafiante que encerrou a temporada 2020. O jogador mais velho do elenco é Gabriel “JoJo”, que tem apenas 22 anos. O segundo mais veterano é Gabriel Vinicius “Aegis”, com 21. Alexandre “TitaN” tem 20 anos, enquanto Guilherme “Guigo” e Adriano “Avenger” são os mais novos (19).

Leia Também:  APP VirtusPay permite pagamento parcelado via boleto

Para Corradini, o fato de o elenco ser muito jovem não é um problema e muito menos foi o motivo pelo qual a RED acabou sendo eliminada no CBLOL.

– Eu não acho que a questão idade interfere. Estou aqui [na GH] acompanhando todos os dias e estou vendo a maturidade deles em todas as atitudes. Não só dentro do jogo, como fora também. É só lapidar.

Dessa forma, o dono da org rechaçou qualquer vinda de medalhões para tornar o elenco mais cascudo.

– Não agora. Nesse momento não. Os meninos estão em total sincronia. Eles estão focados no objetivo deles. É a lineup mais nova do CBLOL em média de idade. A gente tem total confiança, independente da idade deles. Eles estão prontos para o próximo passo.

A ideia é manter a base do time e dar sequência ao desenvolvimento que os jogadores vêm tendo nos últimos tempos. Na visão de Corradini, inclusive, é algo que a RED Canids demorou a entender já que sempre apostava em nomes mais consagrados.

Leia Também:  Leverger: Mudança na Secretaria de Assistência Social centraliza prestações de serviços

– Começamos a apostar na base desse time no finalzinho do 1º split do ano passado porque a gente confiou muito nos medalhões que já tivemos e acabamos deixando os meninos não jogarem o quanto que a gente gostaria. Quando resolvemos botar os meninos de fato pra jogar, começamos a colher frutos.

Mesmo com a queda nas semifinais, o resultado conquistado pela RED Canids no CBLOL 2021 foi muito comemorado por Corradini. Ele ressaltou a trajetória do time até aqui: a Matilha saiu do Circuito Desafiante e chegou aos playoffs do 1º split desta temporada

– Na soma dos fatores, vejo esse split como total positivo. Não deixamos a desejar porque chegamos longe. Pegar da onde a gente veio até onde nós chegamos é um gap muito grande. Desbancamos grandes favoritos. Não vejo nenhum ponto negativo. Agora é focar só pra melhorar.

– Ficar tanto tempo lá onde ficamos e chegar onde estamos hoje não é pra qualquer time

 

 

 

 

 

Fonte: FONTE: GLOBO / https://globoesporte.globo.com/esports/lol/noticia/cblol-2021-red-canids-nega-mudancas-em-line-apos-eliminacao.ghtml

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Tecnologia

Engenheiros admitem não saber o que é feito com dados

Informações coletadas dos usuários são processadas de forma “bagunçada”, e nem mesmo os engenheiros sabem seu destino

Publicados

em

Foto: Unsplash

Dois engenheiros veteranos do Facebook admitiram que não fazem ideia de onde os dados dos usuários são armazenados e o que exatamente é feito com eles. As afirmações foram feitas em uma audiência nos Estados Unidos relacionada ao escândalo Cambridge Analytica, no qual dados de 87 milhões de usuários do Facebook foram vazados para a empresa de comunicação política e possivelmente utilizados para manipulação.

Apesar da audiência ter acontecido em março, sua transcrição só foi revelada recentemente. As falas dos engenheiros vieram a público em reportagem do site The Intercept.

Na audiência, os engenheiros do Facebook, ambos com mais de 20 anos de experiência, foram perguntados sobre onde os dados coletados dos usuários são armazenados. “Não acredito que exista uma única pessoa que possa responder a essa pergunta”, respondeu Eugene Zarashaw, diretor de engenharia do Facebook. “Seria necessário um esforço de equipe significativo para poder responder a essa pergunta”, continuou.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Empresas investem em tecnologia para o setor elétrico brasileiro
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA