VÁRZEA GRANDE

CIRURGIAS ELETIVAS

SES disponibiliza sistema para municípios apresentarem propostas

Governo Estadual investe aproximadamente R$ 105 milhões para realização de 138 mil procedimentos

Publicado em

Saúde

Foto: Marcos Vergueiro - SECOM MT

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) disponibilizou o Sistema de Gerenciamento ao Programa Mais MT Cirurgias. A ferramenta deverá ser acessada por gestores municipais interessados na apresentação de propostas para a realização de procedimentos eletivos com demanda reprimida no âmbito da Regulação Estadual.

O sistema está disponível neste link, mas para ter acesso é preciso que os gestores municipais encaminhem um ofício no endereço eletrônico [email protected] O documento encaminhado ao e-mail, deve conter o nome do responsável pela apresentação da proposta, bem como o respectivo CPF, telefone e e-mail. 

Após a validação das informações fornecidas no ofício, a equipe técnica da SES criará um login e senha e enviará para o gestor utilizar o sistema. Depois da liberação de acesso, as propostas deverão ser apresentadas em até 60 dias.

O programa 

O programa Mais MT Cirurgias tem o objetivo de reduzir drasticamente a fila por procedimentos eletivos no Estado. Com um investimento de aproximadamente R$ 105 milhões, será possível realizar 138 mil procedimentos. 

O aporte financeiro será destinado ao pagamento dos estabelecimentos de saúde, seja público ou privado, que se adequem às regras estabelecidas pela SES neste link. Entre os requisitos para o incentivo, está o credenciamento do estabelecimento junto ao Sistema Único de Saúde (SUS), a especificação do quantitativo de procedimentos eletivos a serem atendidos e o serviço a ser executado deve ser complementar às pactuações já existentes na unidade. 

O repasse do valor será realizado pós-produção. A ação terá como base a tabela do SUS e os incentivos serão de acordo com a complexidade de cada procedimento. Para integrar o programa, também é fundamental a alimentação dos sistemas oficiais de faturamento do Ministério da Saúde. 

Com o objetivo de orientar os hospitais públicos e privados de Mato Grosso sobre o retorno consciente e seguro dos procedimentos eletivos, a SES elaborou o Plano de Retomada de Cirurgias Eletivas durante a Pandemia da Covid-19. 

As cirurgias estavam suspensas no Estado desde março de 2020, devido à pandemia, e foi retomada após publicação no Diário Oficial do Decreto n° 989, de 05 de julho de 2021. A autorização do retorno dos procedimentos eletivos considerou a redução na taxa de ocupação dos leitos de internação de pacientes em tratamento do coronavírus.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mato Grosso recebe mais 104 mil doses da vacina contra Influenza
Propaganda

Saúde

Rio aplica 61,4 mil vacinas em dia D para crianças e adolescentes

Publicados

em


A prefeitura do Rio de Janeiro aplicou 61.432 doses de vacinas em crianças e adolescentes durante o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, realizado ontem (16). Foram aplicadas 18 vacinas que protegem contra diversas doenças como tuberculose, hepatite, febre amarela, sarampo, caxumba, meningite, entre outras.

campanha, que mobiliza todas as unidades de atenção primária, teve início no dia 1º e vai até 29 de outubro. O objetivo é regularizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes até 15 anos de idade em todo o país.

Segundo o Ministério da Saúde, desde 2015, tem havido uma queda da cobertura vacinal, agravada com a chegada da pandemia. A vacinação é importante para evitar que algumas doenças que já estão erradicadas voltem a causar preocupações.

Entre os imunizantes que fazem parte da campanha estão, por exemplo, a BCG, a pentavalente, a tríplice viral, a tetraviral e a tríplice bacteriana. Em razão da pandemia de covid-19, o Ministério da Saúde enviou aos estados e municípios orientações parar garantir protocolos de saúde, como uso de máscaras, espaços ventilados e higienização das mãos.

Leia Também:  Rio aplica 61,4 mil vacinas em dia D para crianças e adolescentes

A pasta informa que não há restrição para que os adolescentes de 12 a 15 anos vacinados contra a covid-19 há poucos dias recebam os demais imunizantes. Não é necessário aguardar nenhuma janela de tempo entre as aplicações.

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA