VÁRZEA GRANDE

Indicadores Institucionais

Hospital São Benedito realiza 1ª Apresentação

Médico Vinicius Gatto destacou a importância do trabalho em conjunto e dos indicadores para a gestão em Saúde

Publicado em

Saúde

Foto: Davi Valle

A equipe administrativa e clínica do Hospital Municipal São Benedito realizou nesta semana a 1ª Apresentação de Indicadores Institucionais, referente aos meses de maio, junho e julho deste ano. O objetivo é utilizar os dados como ferramentas para identificar, monitorar, avaliar ações e subsidiar as decisões da gestão, uma vez que, por meio desses parâmetros, é possível identificar áreas de risco e evidenciar tendências. 

Representantes de todos os setores do hospital apresentaram informações relativas aos seguintes indicadores: taxa de infecção hospitalar, Núcleo de Segurança do Paciente (protocolos de prática de higienização das mãos, de identificação do paciente, de prevenção de úlcera por pressão e queda e de comunicação), Núcleo Interno de Regulação (NIR), engenharia clínica, geração de resíduos, Qualidade (Procedimento Operacional Padrão – POP, Odontologia, Psicologia, Nutrição e Fonoaudiologia), Ouvidoria e faturamento. 

O presidente interino da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), que administra o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) e o Hospital São Benedito, o médico Vinicius Gatto, compareceu ao evento, se apresentou aos servidores da unidade e destacou a importância do trabalho em conjunto e dos indicadores. “Primeiramente, quero falar que a caminhada é árdua, mas, com o apoio de todos, eu tenho certeza que nós vamos conseguir dar o melhor atendimento para o nosso paciente, que é o nosso principal cliente, ação essa defendida pelo nosso prefeito Emanuel Pinheiro. Os indicadores são de extrema importância para a gestão. A primeira coisa que a gente ganha quando nasce é o nome. É uma das principais coisas que temos a zelar. E eu coloquei meu nome à frente da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, primeiro, porque eu acredito nela; segundo, porque a gente precisa confiar em quem está na nossa frente e, terceiro, gestão não se faz atrás da mesa, a gente vai fazer estando no local. Se cada um limpar a porta da sua casa, com certeza teremos uma rua muito limpa, muito boa de viver, de compartilhar com o próximo. Muito obrigada a todos os envolvidos!”, declarou. 

A gestora hospital do São Benedito, enfermeira Luestânia Nogueira, ressaltou que a apresentação de indicadores será feita periodicamente, com o intuito de planejar e acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos realizados na unidade. “Eu acho legal isso porque traz a interação de um setor com o outro. Às vezes tem um setor que não sabe qual é o trabalho e qual é a importância do outro, então, é muito bacana fazer essa interação. Não estamos aqui para apontar erros, mas sim para buscar melhorar de forma contínua”, disse. 

Também foi exibido um vídeo motivacional para a equipe com o objetivo de fazê-los acreditar em seu potencial, se engajar no propósito de buscar a melhoria na prestação dos serviços e superar os obstáculos no ambiente de trabalho.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Rondônia transfere nove pacientes com a covid-19 para Porto Alegre
Propaganda

Saúde

Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos

Publicados

em


O boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde na noite de hoje (27) mostra que o Brasil registrou, em 24 horas, 229 novas mortes em decorrência de covid-19. Com isso, o país chegou a 614.186 mortes durante a pandemia.

O levantamento mostra que 9.233 novos casos da doença foram registrados no sistema de monitoramento da doença. No total, o país registrou até o momento 22.076.863 casos de infecção pelo novo coronavírus. O informativo também traz os dados sobre óbitos em decorrência de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), que somam 119 casos e estão sob investigação de órgãos de saúde.

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde mostra a evolução dos números da pandemia no Brasil.Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde mostra a evolução dos números da pandemia no Brasil.

Boletim epidemiológico do Ministério da Saúde mostra a evolução dos números da pandemia no Brasil. – Ministério da Saúde

O país tem 174.396 casos ativos de covid-19 em monitoramento. O número diz respeito a casos diagnosticados que estão sob supervisão médica ou em isolamento.

O número de recuperados é de 21.288.281 casos, o que corresponde a 96,4% do total de infectados.

Leia Também:  Rondônia transfere nove pacientes com a covid-19 para Porto Alegre

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão: São Paulo (153.993), Rio de Janeiro (69.011), Minas Gerais (56.143), Paraná (40.771) e Rio Grande do Sul (36.075).

Os estados que menos registraram mortes por covid-19 foram o Acre (1.846), o Amapá (2.002) e Roraima (2.050).

Vacinação

O painel de vacinação do Ministério da Saúde estava fora do ar no momento da apuração dos dados, e a última atualização que consta no vacinômetro do site do ministério registrava, até o dia 25 de novembro, 364.177.468 doses de vacinas distribuídas, com 306.982.366 doses aplicadas – número que compreende a primeira dose, a segunda dose e aplicações únicas.

O ministério registra, ainda, que o governo federal já investiu cerca de R$ 207,3 bilhões em vacinas.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA