VÁRZEA GRANDE

Saúde

Covid-19: capital paulista vacina pessoas de 31 anos na próxima quinta

Publicado em

Saúde


Na próxima quinta-feira (22), a cidade de São Paulo começa a vacinar pessoas com 31 anos contra a covid-19 e, no dia seguinte (23), as que estão com 30 anos. O anúncio foi feito pela prefeitura na noite de ontem (16). O público estimado para esses dois grupos é de aproximadamente 305 mil pessoas.

No dia 24, sábado, haverá repescagem para os que têm de 30 a 34 anos. Também poderão ser vacinadas nesse dia as pessoas que fazem parte dos demais grupos já abertos para a imunização.

Conforme havia sido anunciado pela prefeitura, na segunda-feira (19), serão vacinação de pessoas com 34 anos; na terça (20), as que têm 33 anos e, na quarta (21), as de 32 anos. O público estimado, entre os três grupos, é de 435.557 pessoas.

Hoje (17) está sendo aplicada a segunda dose para todos os grupos. Também neste sábado, ocorre uma repescagem de primeira dose para pessoas com idade entre 35 e 37 anos.

Leia Também:  Decreto cria Embaixada do Brasil em Manama, capital do Bahrein

Para saber se há filas e como está o funcionamento dos postos de vacinação, as pessoas podem entrar no site da prefeitura chamado De Olho na Fila.

Na hora de tomar a vacina, é preciso apresentar um documento pessoal, de preferência o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), e um comprovante de residência, que pode ser físico ou digital. Se não houver um no próprio nome da pessoa, podem ser usados comprovantes em nome do cônjuge, companheiro e de pais e filhos, desde que apresentado também um documento comprovando parentesco ou estado civil, como carteira de identidade, certidão de nascimento ou de casamento ou escritura de união estável.

Antes de se vacinar, a prefeitura recomenda que as pessoas façam o pré-cadastro no site Vacina Já, que agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação.

Onde se vacinar

A lista completa de postos pode ser encontrada no Vacina Sampa.

Cobertura

Ontem (16), a campanha de vacinação contra a covid-19 na cidade de São Paulo ultrapassou 71% de cobertura vacinal em primeira dose na população com mais de 18 anos. Essa porcentagem corresponde a quase  6,6 milhões de pessoas e inclui também as pessoas que tomaram a vacina de dose única. A cobertura vacinal de duas doses, no entanto, está em 23,7%.

Leia Também:  Governo do Rio inaugura hospital para tratar pacientes com covid-19

A prefeitura alerta que, apesar da maior parte da população já ter tomado ao menos a primeira dose da vacina, a pandemia de covid-19 ainda não está controlada. Por isso, é importante que a população continue usando máscaras de proteção e evitando aglomerações.

Também é importante que as pessoas não se esqueçam de completar o esquema vacinal, tomando as duas doses de imunizante (desde que a vacina não tenha sido a da Janssen, aplicada em dose única).

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Saúde

Covid-19: Rio vai receber 120 mil doses de vacinas para as crianças

Publicados

em


O município do Rio de Janeiro espera receber 120 mil novas doses de vacinas contra a covid-19 entre hoje (24) e amanhã (25), sendo 30 mil da Pfizer pediátrica e 90 mil doses de CoronaVac para o público de 6 a 17 anos sem comorbidades, informou nesta manhã a Secretaria Municipal de Saúde.

Até amanhã, a imunização infantil continua para meninas e meninos de 11 anos. A partir de quarta-feira (26), o calendário da vacinação avança para as crianças de 10 anos, de ambos os sexos. O calendário divulgado inicialmente, que previa a imunização dessa faixa etária até o dia 22 de janeiro, foi suspenso por falta de doses.

No último dia 20, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a aplicação do imunizante do Instituto Butantan, a CoronaVac, em crianças e adolescentes com idade entre 6 e 17 anos.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Covid-19: vacina para crianças chega na segunda quinzena de janeiro
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA