VÁRZEA GRANDE

"Evento Internacional"

Secretário de Cáceres, Cláudio Henrique Donatoni, faz balanço do FIPE e enfatiza o sucesso do evento

FIPE é um evento de cunho esportivo ecológico-cultural que visa difundir a sustentabilidade do Pantanal através do pesque e solte.

Publicado em

Política

Foto: Secom/Cáceres

Depois de cinco dias de muitas emoções, o Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres chegou ao final na noite do último domingo (17/07), com o cerimonial de entrega das premiações   e o show nacional dos Titãs.

O Secretário Municipal de Meio Ambiente e Turismo, Cláudio Henrique Donatoni, fez uma balanço do 39° FIPE.  “Foram meses de preparação, doação e integração de uma equipe abnegada da prefeitura e o apoio incondicional de parceiros e patrocinadores, sem os quais não teríamos conseguido realizar o maior evento turístico de Mato Grosso e a maior prova de pesca do Brasil”, reconhece Cláudio Henrique.

O secretário fez questão de não esquecer aquele que merece toda consideração, o povo de Cáceres, que mais uma vez recebeu  de braços abertos, com sorriso no rosto e muita hospitalidade os visitantes, que vieram prestigiar o FIPE.  “ O cacerense é assim, acolhedor, ama sua terra e o festival, sabe receber bem as pessoas, faz parte do evento, é um grande anfitrião, além de ter participado efetivamente de todas as atrações”, avalia Donatoni.

Leia Também:  Polícia Civil recupera valores subtraídos de vítima de golpe do falso perfil do whatsapp

Cláudio se referiu as provas de pesca, jogos de praias, feiras náutica, de artesanato e gastronômica, parque de diversões e atividades artísticas e culturais, que deram corpo ao festival.

O secretário reconheceu o brilho de mais uma edição do evento, que segundo ele, superou as expectativas de público e de organização. “Mesmo após uma pandemia de dois anos,  com o novo formato na estrutura de espaços da arena FIPE, o grande número de pessoas que passou pela arena , mais de 100 mil pessoas, habilita o sucesso do festival de pesca”. 

Com relação a grade de shows, bem diversificada e atendendo vários públicos, Donatoni avaliou que todos os shows receberam um grande público de pessoas que se divertiram e se emocionaram ao ver seus artistas.

Para ele o FIPE é um evento de cunho esportivo ecológico-cultural que visa difundir a sustentabilidade do Pantanal através do pesque e solte.  “As competições de  pesca infanto-juvenil, caiaque, artesanal de canoa e embarcada motorizada, reforçam  a iniciativa ambiental do Festival de pesca, onde todos os exemplares capturados nas quatro competições voltaram ao rio com vida”, destacou Cláudio.

Leia Também:  Mais de 500 projetos foram contemplados pela Secel/MT

Cláudio Donatoni fez questão de finalizar, agradecendo a coordenadora de Turismo Alessandra Castilho que esteve junto com ele na coordenação geral do FIPE, e a Prefeita Eliene Liberato Dias, que depositou neles e em sua equipe, toda confiança para realizar o festival de pesca. “ Agradeço a prefeita Eliene pela oportunidade de ter podido estar à frente do Festival de Pesca   e junto com coordenadores e servidores da prefeitura, órgãos parceiros, patrocinadores, imprensa, visitantes  e povo de Cáceres, chegarmos ao fim comemorando o êxito da missão cumprida”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

Wilson Santos, Dr. Gimenez e Nininho votam por coligação de PSD com Márcia Pinheiro

Os deputados estaduais que eram da base do governador Mauro Mendes, votaram para que o partido coligasse com a candidatura de Márcia

Publicados

em

Foto: Assessoria

A atitude dos três parlamentares já está sendo considerada, inclusive dentro do próprio partido, como de traição, já que as demandas e reivindicações sempre foram atendidas pela atual gestão. E, principalmente, pelo fato de que até uma semana atrás os três parlamentares gritavam aos quatro cantos do Estado que o melhor para Mato Grosso seria a reeleição de Mauro Mendes.

Os deputados estaduais Wilson Santos, Dr. Gimenez e Nininho, que eram da base do governador Mauro Mendes, votaram para que o partido coligasse com a candidatura de Márcia Pinheiro ao Governo de Mato Grosso

Entre os aliados do governador que votaram pela não coligação do PSD com a candidatura de oposição, estão Irajá Resende de Lacerda, filho do ex-senador José Lacerda, Stephano Benevides do Carmo e Reck Júnior, que irão disputar um cargo político na próxima eleição. O atual senador Carlos Fávaro, que costurou a aproximação do PSD com Márcia Pinheiro, se eximiu de votar.

A traição dos parlamentares ao atual governo foi para defender a candidatura da esposa do prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro. Márcia é investigada pelo Ministério Público Estadual por suposto esquema na Secretaria Municipal de Saúde, na gestão atual da prefeitura.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PRF apreende carga de carvão vegetal com documentação irregular
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA