VÁRZEA GRANDE

IMUNIZA MAIS MT

Mauro Mendes e Gilberto Figueiredo lançam o Programa Imuniza Mais MT

Programa estadual envolve uma série de ações relacionadas à ampla cobertura vacinal contra a Covid-19 e Influenza

Publicado em

Política

Mayke Toscano Secom-MT

O governador Mauro Mendes e o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, lançaram hoje (21) à tarde, no Palácio Alencastro, o Programa Imuniza Mais MT. Trata-se de um dispositivo governamental que abrange uma série de ações voltadas a fortalecer o processo de imunização da população mato-grossense contra a Covid-19 e o vírus da gripe Influenza.

O governador enfatizou a urgência de serem adotadas todas as barreiras possíveis para dificultar o ingresso e expansão desses vírus no Estado. “Não apenas o do vírus causador da Covid-19, que tem sido a maior preocupação em voga no país e mundo afora, mas também o da Influenza, gripe que já culminou em muitos óbitos. Imunizar é o caminho ideal. O Imuniza Mais MT representa instrumento contundente para evitar que tais doenças ganhem terreno no nosso Estado. É pela vacinação que a imunização contra as doenças acontece. Tem sido assim ao longo da história da humanidade, é fato”.

Gilberto Figueiredo

Foto: Secom-MT

Na palestra de abertura técnica sobre o programa, o secretário Gilberto Figueiredo endossou as palavras do governador. Figueiredo disse que o programa Imuniza Mais MT – projeto idealizado no início da atual gestão – era para ser lançado há um ano atrás, mas a pandemia acarretou atraso.  Ainda citou os largos benefícios oriundos de um processo de imunização em massa, recordando a época em que o mundo se viu refém da varíola e outras doenças letais, soerguendo-se altivo graças às vacinas.

“Foi quando as vacinas se tornaram o elo salvador, culminando na erradicação de muitas doenças.  Antigamente, a poliomielite, tuberculose, febre amarela, etc., significavam morte. Questiona-se hoje, é incrível, muito sobre qual vacina da Covid-19 é a melhor, a mais eficaz. Mas, alguém aí se lembra qual vacina tomou para ser imunizado contra essas doenças tão temidas antigamente?” – inquiriu o titular da Saúde.

Gilberto ainda salientou, como exemplo, que a vacina contra a varíola foi descoberta há 225 anos atrás, passando a ser produzida somente em 1961 no território brasileiro. “A eficácia do processo de vacinação é incontestável, ainda que alguns contestem isso em relação às vacinas desenvolvidas contra a covid-19. A da varíola tinha uma taxa de letalidade próxima de 30%, enquanto a da covid-19 é de 6,5%, em média. De lá pra cá, é a grande realidade, nosso país preconizou o lançamento de várias campanhas vacinais com sucesso, momento em que suas doenças mais temidas foram erradicadas. Suspira-se hoje com total alívio, se relembrarmos o caos causados pelas doenças de então”.

BRASIL NÃO VALORIZA MUITO HOJE AS VACINAS

Leia Também:  Delegacia do Meio Ambiente e Sema apreendem 100 kg de pescado

O secretário de Saúde lamentou que essa cultura depreciativa ao longo dos anos sobre a eficácia das vacinas implique em baixa de imunização gradual também em Mato Grosso, realidade idêntica em vários setores territoriais do país. “Em 2021, segundo dados do Ministério da Saúde, apenas 12 municípios atingiram um bom desempenho vacinal. Essa é uma situação bem ruim, visto que vamos experimentar, nos próximos anos, mais desafios, com o surgimento de outras doenças, vírus igualmente desafiadores. Imunização é a palavra-chave para se ter maior segurança”.

O Programa Imuniza Mais MT, finalizou, prevê alguns destes possíveis entraves futuros e estabelece providencial aparelhamento para o combate frequente que a Saúde sempre realiza em prol de melhor saúde da população. “No geral, é um programa que vai suprir deficiências gerais enfrentadas pelas unidades de saúde nos municípios, promovendo estruturação geral: reforma, ampliação e também construção de polos modernizados. Os municípios que atingirem suas metas de imunização receberão prêmios. Dividimos os municípios de MT em seis grupos populacionais, que competirão entre si. O primeiro prêmio é de R$ 2.07 milhões para quem alcançar as metas de campanha contra a Covid-19 e Influenza. A premiação vai ser de acordo com o porte populacional dos municípios”.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

“Meu pai foi meu maior exemplo de vida”, diz prefeito Emanuel Pinheiro

Emanuel Pinheiro da Silva Primo foi deputado federal em 1970

Publicados

em

Arquivo Pessoal

Emanuel Pinheiro da Silva Primo, pai do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, foi um dos mais destacados parlamentares da área federal, na década de 70, conforme recordam antigos colegas de área política e familiares. O filho, Emanuel Pinheiro, seguiu os passos políticos do genitor, sendo deputado estadual por quatro mandatos consecutivos, e é o atual prefeito de Cuiabá. Tanto ele quanto seu filho, neto do saudoso parlamentar federal (Emanuelzinho) marcham brilhantemente na política, com enfoque de atuação focada na ala social. Abaixo, as palavras saudosas do prefeito cuiabano, Emanuel Pinheiro, que relembra a figura fantástica do pai e seus ensinamentos…

Emanuelzinho (e) e prefeito Emanuel Pinheiro: geração que herdou compromisso do deputado federal Emanuel Pinheiro da Silva Primo Foto: Reprodução/Facebook

“Saudade, meu pai. Mas, onde quer que o senhor esteja, não se preocupe, não é sentimento triste, não. Tem gente que relaciona saudade com sentimento ruim, com o que falta, mas pra mim é coisa boa, porque a saudade diz que eu estou cheio de memórias; boas memórias, cheio de orgulho de ser seu filho e continuar seu legado como servidor do povo, cheio de esperança de um futuro melhor. E tudo isso eu aprendi com o senhor.

Saudade a gente sente daquilo que foi bom, daquilo que despertou amor, e isso sempre transbordou na nossa família. O senhor se foi, mas deixou muita saudade. Neste dia de lembranças, abraço aqueles que compartilham comigo essa saudade e que me fazem feliz por pertencer, por relembrar sua presença. Hoje eu abraço a minha amada mãe Maria Helena de Freitas Pinheiro e os meus queridos irmãos Helena Maria, Marco Antônio, Marco Túlio e Marco Polo, e vivo essa saudade serena de saber que fui e sou amado, e que amo muito toda a minha família”.

Para o neto de Emanuel Pinheiro da Silva Primo, Emanuelzinho, o orgulho de estar hoje numa posição que o avô esteve tempos atrás faz com que tenha ampliada sua sensibilidade e maior determinação de trabalhar firme para benefícios gerais da população. “Por ele ter sido deputado federal, e emplacado grandes avanços, ficou esse compromisso nosso de dar continuidade ao seu trabalho. Mesmo não o tendo conhecido, no meu cotidiano, de forma que não sei explicar, é quase possível sentir sua presença na minha vida e de minha família”.

Na opinião do jornalista Laerte Lannes, “há pessoas que traduzem tudo aquilo de bom que a sociedade espera e aplaude quando acontece. O deputado federal Emanuel Pinheiro da Silva Primo solidificou isso nos corações brasileiros. Sua passagem entristeceu o Brasil, Mato Grosso, cada um de nós. Fomos confortados parcialmente pela imposição de força atuante do filho [prefeito Emanuel Pinheiro] e do neto [Emanuelzinho], nomes que dispensam apresentações pela garra com que se dedicam a trabalhar pela população. Enfim, os grandes exemplos do nobre deputado federal Emanuel Primo, do cidadão exemplar que sempre foi, são imortais”.

 

Leia Também:  Desemprego recua para 12,5% em abril, aponta IBGE

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA