VÁRZEA GRANDE

Dom Pedro II Presidente Médici

Governo conclui 1ª etapa da reforma em Escola Estadual Militar

Orçada em R$ 5,3 milhões, a obra faz parte de um pacote de investimentos que beneficia 53 escolas de Cuiabá e Várzea Grande

Publicado em

Política

Foto: Wesley Rodrigues

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), concluiu a primeira fase da obra de revitalização e modernização da Escola Estadual Militar Dom Pedro II – Presidente Médici, em Cuiabá. Orçada em R$ 5,3 milhões, a obra faz parte de um pacote de investimentos que beneficia 53 escolas de Cuiabá e Várzea Grande, com recursos totais na ordem de R$ 120 milhões.

Na Escola Estadual Militar Dom Pedro II – Presidente Médici, a reforma é executada em três etapas, por andar, para não prejudicar o ano letivo dos estudantes. Neste primeiro momento, foi feita a modernização das salas de aula do terceiro andar, que já contam com novas mesas e cadeiras escolares, lousas de vidro e equipamentos como smart TVs e chromebooks.

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, ressaltou que a modernização do espaço é resultado de investimentos consistentes que o Governo do Estado vem fazendo na Educação. “Com essa obra na Dom Pedro II, a unidade busca oferecer mais conforto para os alunos e profissionais da Educação”, pontuou. 

Leia Também:  Sinop vacina crianças de 5 a 11 anos nas escolas da rede municipal

Ainda conforme Alan, uma das principais mudanças na escola é a reforma do elevador, que poderá auxiliar alunos a se locomoverem entre os três pavimentos da escola. “Investir na infraestrutura educacional é fundamental para maximizar a aprendizagem dos estudantes, oferecendo os recursos necessários para que eles se desenvolvam”, completou.

A meta da Seduc é dotar a Escola Estadual Militar Dom Pedro II de espaços que ofereçam mais conforto, bem-estar e possibilidades de crescimento intelectual. Por isso, a escola passa por mudanças desde o início da atual gestão, adotando a nova nomenclatura e investindo na humanização do ambiente que acolhe diariamente mais de 1.800 alunos e funcionários. Os equipamentos tecnológicos entregues à unidade já estão sendo utilizados e vêm contribuindo para ajudar na busca pelo conhecimento, por meio de um moderno sistema de conectividade.

Para o diretor da unidade, tenente-coronel BM João Paulo Nunes de Queiroz, o investimento representa a revitalização de um patrimônio tradicional, e sua melhoria vai refletir no campo pedagógico. “A comunidade escolar, que inclui os pais, funcionários, alunos e professores, merecem essa reforma. Não há dúvida de que todo esse investimento vai proporcionar melhorias a médio prazo para a nossa instituição”, avaliou.

Leia Também:  Governador entrega cestas básicas para municípios da Região do Araguaia

O secretário da escola, André Härter, também pontuou a mudança gradativa vai muito além de obras físicas: está ligada à melhoria comportamental dos alunos, harmonia no ensino e às novas possibilidades que o investimento abrange. “Esse investimento e todas as mudanças refletem na rotina dos alunos, professores e funcionários. Existe toda uma dinâmica de encadeamento. É um verdadeiro benefício para toda a nossa equipe”, afirmou.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política

“Me coloque fora desta, lá é só rolos”, disse Wellington Fagundes

Questionado sobre as questões das emendas envolvendo a Assembleia Legislativa, o senador refugou os parlamentares de MT

Publicados

em

Foto: Agência Senado

Nos últimos dias, as questões envolvendo os recursos destinados por determinados parlamentares, tomaram conta do cenário municipal, estadual e nacional, mesmo assim, quando questionado sobre as suspeitas envolvendo integrantes da Casa de Leis estadual, o senador e pré-candidato a reeleição, Wellington Fagundes (PL) refugou.

Para não se envolver em nenhuma questão que possa de alguma forma respingar a sua imagem, o senador que participou de um evento do governo do estado, na tarde de ontem, foi questionado referente aos últimos acontecimentos na Assembleia, e respondeu:

“Me coloque fora desta, só rolos”, repudiou o senador.

 O pré-candidato mostrou que mais tem interesse, em manter sua imagem da forma como está, do que se envolver em relações de outros poderes, ainda mais com detalhes considerados pejorativos.

Wellington Fagundes mostrou que pode usufruir dos benefícios propostos por determinados parlamentares, mas que na hora da “Onça beber água”, é melhor cada um cuidar do seu cada um.

Pelo que tudo indica, o que até semana passada era visto como vantajoso, ter apoios de deputados, hoje, parece que as condutas dos pré-candidatos vão mudar, até porque, quem vai querer ter a sua imagem ligada à de algumas pessoas investigadas pela justiça, por suposto uso irregular do dinheiro público.

Leia Também:  Sema-MT orienta a não operar maquinário no período mais quente do dia para evitar incêndios

De glamour para refugo, como foi parar a imagem de boa parte dos integrantes de uma instituição tão importante como a Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA