VÁRZEA GRANDE

AÇÃO SOLIDÁRIA

Emanuel Pinheiro: “Fome e frio doem muito; é necessário amparar quem precisa”

Publicado em

Política

Foto: Davi Valle

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, juntamente com a primeira-dama do município, Márcia Pinheiro, tem se notabilizado pela mobilização oficial de apoio a famílias carentes e pessoas em situação de rua no município cuiabano. Segundo o gestor, a falta de perspectivas para que as panelas tenham suprimento alimentar diário são angústias que milhares de habitantes da capital vivenciam anonimamente ou à vista geral, realidade também vigente em outros lugares.

“Então, cabe a nós, representantes do Poder Executivo, empreender diligências para amenizar esse drama no nosso município. A fome e o frio – que matam – doem fundo no corpo e na alma, refletindo-se no coração de quem tem sensibilidade para compreender tais sofrimentos”.

É graças a essa agenda de trabalho diuturno a campo da ala social da Prefeitura de Cuiabá que muitos cidadãos carentes estão recebendo ajuda. Atividade que conta com a participação direta do prefeito Emanuel Pinheiro e da primeira-dama, Márcia Pinheiro, idealizadora/coordenadora  dos projetos filantrópicos em execução no município, a exemplo do “Aquece Cuiabá”. Somente ontem (28), por exemplo, início da frente fria que se abateu também em Cuiabá, as equipes municipais distribuíram centenas de cobertores, refeições/cestas básicas em lugares distintos da capital, área central e periférica.

Foto: Vicente Aquino

“Eu e minha esposa Márcia (primeira-dama) temos acompanhado grande parte da entrega de cobertores e refeições em alguns lugares mais humildes de Cuiabá, auxiliando para que essa missão seja efetivada com o êxito pretendido. Difícil não ficar emocionado quando você vê a alegria de uma mãe recebendo agasalho para ela e seus pequeninos, além de alimento, cestas básicas. Essa pandemia, que também se tornou nossa batalha constante, via vacinação maciça da população, trouxe impacto ainda maior para aqueles que já tinham pouco para sobreviver. Daí a necessidade de estarmos atuantes, de plantão, a fim de não permitir que nossos semelhantes padeçam à míngua em situações de extrema pressão, regadas a fome e frio e outros males. No que estiver ao nosso alcance, tudo faremos para ampliar gradualmente a assistência aos mais necessitados”, frisou Emanuel.

Conforme observação do prefeito, muitas pessoas em situação de rua já perderam as esperanças de alguma melhora, o que implica em maior esforço do Serviço de Abordagem Social da Prefeitura para que se sintam 100% acolhidas, protegidas. “Cuiabá também tem seus pontos de aglomeração dos sem-teto, com predominância maior na região da Praça do Porto e imediações do Morro da Luz, Beco do Candeeiro e proximidades do Terminal Rodoviário. São lugares em que atuamos sistematicamente para tentar apaziguar um pouco o sofrimento dessa gente”.

Emanuel disse ainda que esse trabalho assistencial – levado a efeito de forma prioritária em sua gestão – é revestido de atenciosa fraternidade. “Os integrantes das equipes, nossos preciosos servidores, parceiros pontuais, têm larga compreensão de tudo que as pessoas passam para sobreviver, principalmente em relação à falta de alimento, agasalho, teto. Estamos cumprindo uma das partes de nossa obrigação de gestor, é verdade. Porém, acrescento, é uma obrigação prazerosa, revestida do sentimento humano para abraçar sempre o próximo, proporcionando algum acalento. Isso nos capacita a ter esse laço afetivo e poder expandir alegrias onde só existia tristeza. Com certeza, são ações que Deus aprova e incentiva para acontecer em mais lugares, a fim de que o mundo não seja um bloco de gelo, mas, no geral, um coração transbordante de solidariedade”.

Foto: Luiz Alves

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Agentes da Semob dão suporte em locais de vacinação
Propaganda

Política

Emanuel Pinheiro recebe moradores do residencial Ana Maria

Local será beneficiado com a implantação do Contorno Leste

Publicados

em

Foto: Davi Valle

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, se reuniu nesta quarta-feira (22) com um grupo de moradores do Residencial Ana Maria, para tratar sobre o desenvolvimento da região norte da Capital. O local é um dos mais de 50 bairros beneficiados com a maior obra estruturante da cidade, o Contorno Leste, que contará com 17,3 km. A obra do novo corredor de mobilidade urbana foi lançada em 2020 e a previsão é que seja totalmente concluída em 2023. A obra recebe o investimento de R$ 125 milhões  e está dividida em dois percursos, sendo um de 11 quilômetros, entre o rio e a Rodovia Emanuel Pinheiro, e outro de cerca de seis quilômetros, entre a Avenida Fernando Corrêa e o rio. 

Durante a reunião,  os munícipes solicitaram ao gestor, a construção de um espaço de lazer e também a regularização fundiária do Residencial. Liderança comunitária, David Santana Murtinho, lembra que com o Contorno Leste, haverá uma explosão na economia da região e a supervalorização dos imóveis. “Viemos solicitar ao prefeito os títulos definitivos e uma praça, que já  tem um projeto pronto e área definida. A nossa vinda também foi para agradecer ao prefeito por realizar obras na nossa região e em toda Capital. Estamos muito satisfeitos com a gestão do prefeito, que é humanizada e que sempre manteve as portas abertas da Prefeitura de Cuiabá para atender nossas reivindicações”, parabenizou o líder comunitário. 

O prefeito Emanuel Pinheiro irá solicitar ao secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Leonardo Leão, o levantamento da situação do Residencial para saber em que momento será possível a realização da regularização fundiária da região e ainda, solicitou empenho dos secretários de Obras, o vice-prefeito José Roberto Stopa e do diretor da  Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), Vanderlucio Rodrigues. 

“Nos próximos dias irei realizar uma visita ao bairro e levarei a minha equipe para ouvir a população da localidade que será um dos locais contemplados com a obra do Contorno Leste. Vou solicitar um levantamento da situação daquela região para que tenhamos informações sobre a regularização dos títulos definitivos.  Ano passado, a comunidade foi atendida pelo programa Minha Rua Asfaltada com aproximadamente 2,5 quilômetros de pavimentação. A obra beneficiou mais de 1.500 pessoas que residem nas quase 300 casas existentes no Residencial”, lembrou o prefeito. 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Escola Plena apresenta à comunidade os resultados da produção científica dos professores
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA