VÁRZEA GRANDE

Comarca de Niquelândia

Polícia Civil de Confresa cumpre mandado de prisão de um foragido da Justiça de Goiás

O suspeito foi preso Durante investigação sobre o homicídio em Confresa

Publicado em

Polícia

Foto: PMMT

Policiais Civis de Confresa, (cerca de 1.021 Km de Cuiabá), prenderam no fim de semana um homem de 27 anos, foragido da Justiça de Goiás. Os investigadores chegaram até ele após iniciar diligências para localizar a pessoa suspeita de um homicídio ocorrido no sábado (20), em um lixão da cidade.

De acordo com a apuração da Delegacia de Confresa para esclarecer o homicídio, o homem preso em decorrência de um mandado de prisão expedido pela Comarca de Niquelândia (GO) foi visto discutindo com a vítima dias antes do crime. Encaminhado à delegacia para ser interrogado sobre o homicídio, os policiais descobriram que havia o mandado de prisão decretado pela Justiça de Goiás por receptação.

Depois de formalizada a ordem de prisão, ele foi encaminhado à unidade do Sistema Penitenciário em Porto Alegre do Norte.

Homicídio

O corpo de Manoel Messias Costa Oliveira, 36 anos, foi encontrado em um terreno utilizado como lixão na cidade. Ele trabalhava no local e os policiais civis constataram que a vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo.

Conforme as informações apuradas, Manoel Messias teve um desentendimento anteriormente com uma pessoa, que também trabalhava no llixão. A vítima morava há, aproximadamente, nove meses na cidade.

A investigação sobre o homicídio prossegue para apurar mais informações que levem ao esclarecimento do crime.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PM encontra arma de fogo durante reintegração e encaminha sete pessoas à delegacia
Propaganda

Polícia

Equipamentos de pesca predatória são apreendidos em Sorriso

As apreensões ocorreram após o NIF receber várias denúncias de crimes ambientais na região.

Publicados

em

Equipes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e do Núcleo Integrado de Fiscalização de Sorriso (NIF) com apoio da Polícia Militar e da Defesa Civil, apreenderam, várias redes e tarrafas durante operação de fiscalização de pesca predatória no Salto Magessi, no distrito de Boa Esperança, em Sorriso.

Em pleno período de piracema, as equipes flagraram diversos apetrechos de pesca no rio Teles Pires e às margens dele. Até acampamentos bem estruturados foram montados para pescadores e caçadores passarem as noites no local.

As apreensões ocorreram após o NIF receber várias denúncias de crimes ambientais na região. Gabriel Conter, diretor regional da Sema em Sinop, destaca a importância do apoio dos municípios no trabalho de fiscalização da pesca predatória e demais crimes ambientais, tendo em vista que o estado não consegue chegar a todos os locais.

Apesar de todo material apreendido, ninguém foi preso. Porém, segundo o NIF, a partir de agora, as fiscalizações serão intensificadas no local.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PJC deflagram operação nacional em repressão a crimes contra o patrimônio
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA