VÁRZEA GRANDE

preso em flagrante

PM prende padrasto que oferecia lanches e doces para estuprar menina de 12 anos

O criminoso alegou que dava lanches e doces para a menor há cerca de três meses para conseguir praticar os abusos

Publicado em

Polícia

Foto: PMMT

A Polícia Militar do 4º Batalhão, prendeu um homem após ter sido flagrado mantendo relações sexuais com a enteada de 12 anos no bairro Capão do Pequi em Várzea Grande. O criminoso alegou que dava lanches e doces para a menor há cerca de três meses para conseguir praticar os abusos.

Ele foi encontrado pelos policiais militares após a motocicleta dele ter sido encontrada em uma região de mata aparentemente abandonada. Ao entrarem no matagal, os agentes encontraram o suspeito nu e mantendo relações com a menor.

Ao ser flagrado, o homem vestiu a roupa e começou a dizer que só “estavam namorando” e que a menina ficou nervosa e se escondeu porque seria casada. Entretanto, em uma checagem foi constatado que menina tinha apenas 12 anos.

Diante disto, os policiais deram ordem de prisão para o homem pelo crime de estupro de vulnerável. Questionado sobre o abuso, o homem alegou que seria padrasto da menor e que fazia sexo com ela há três meses em troca de lanches e doces.

Leia Também:  VG vacina crianças de 5 a 11 anos, contra covid-19 nas Clínicas Médicas do Univag

Segundo informações, ele disse para a companheira dele que iria comprar lanches com a menor. Em seguida, os militares questionaram a criança sobre os abusos que foram confirmados por ela.

A mãe da menina, que é companheira do suspeito, foi acionada e acompanhou a menor até a Central de Flagrantes. Em uma checagem no sistema foi constatado que o homem possui passagens criminais por homicídio, violência doméstica e outra passagem por estupro de vulnerável.

Com ele foi encontrado balas de goma e um documento de Portugal com a foto dele com outro nome.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Autor de homicídio de mulher na região Oeste de MT é preso em flagrante pela Polícia Civil

Com ele foram encontrados um canivete, possivelmente utilizado no crime, além das roupas com resquícios de sangue supostamente da vítima.

Publicados

em

Foto: PJC-MT

O homem que cometeu um homicídio contra uma mulher, ocorrido na madrugada de segunda-feira (03.10), em Porto Esperidião, na região oeste do estado, foi preso em flagrante pela Polícia Civil horas após o crime.

O homicídio ocorreu na madrugada, em um bar da cidade, quando Rosana Bazan, de 39 anos, foi atingida com golpes de faca no abdômen e pescoço. Ela foi socorrida por familiares que chegaram ao local e a levaram a uma unidade de saúde, onde a vítima foi a óbito.

A equipe da Delegacia de Polícia de Porto Esperidião realizou diligências logo após tomar conhecimento sobre o crime e localizou o autor do homicídio, de 27 anos, na manhã da segunda-feira, na zona rural da região.

Com ele foram encontrados um canivete, possivelmente utilizado no crime, além das roupas com resquícios de sangue supostamente da vítima.

A apuração realizada pela equipe de investigação confirmou a dinâmica dos fatos por meio de um vídeo do circuito interno do bar, que mostra o momento em que o suspeito desferiu os golpes contra a vítima que, apesar de socorrida, não resistiu aos ferimentos.

Leia Também:  Dupla é presa em Cáceres dirigindo veículo roubado de locadora em SP

Em depoimento na delegacia, o autor confessou o crime e relatou que houve uma discussão com a vítima. Ambos já se conheciam e discutiram após ingerirem bebida alcoólica. Ele alegou, ainda, que foi agredido inicialmente pela vítima.

O delegado Marcelo Menezes representou pela prisão temporária do investigado que, após os procedimentos de flagrante, foi encaminhado para a unidade prisional de Mirassol D’Oeste. Ele foi autuado por homicídio qualificado por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima. As investigações permanecem em andamento.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA