VÁRZEA GRANDE

TRABALHO INTEGRADO

Operação Silo de Areia cumpre 24 mandados

Operação é voltada contra envolvidos em esquema de desvio e receptação de cargas de soja

Publicado em

Polícia

A Polícia Civil em Sorriso deflagrou na manhã desta sexta-feira (23) a Operação Silo de Areia para cumprimento de 24 mandados judiciais de prisão e de busca e apreensão contra investigados por desvio e receptação de cargas de soja.

De acordo com o delegado que coordena a operação, Márcio Henrique Portela, também estão sendo realizados bloqueios de ativos financeiros, sequestro e indisponibilidade de bens móveis e imóveis de 11 envolvidos no esquema criminoso.  As investigações iniciaram no ano passado, a partir do registro da ocorrência de desvios de cargas de soja na região de Sorriso.

CHRISTIANO ANTONUCCI SECOM – MT

As ordens judiciais foram decretadas pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Sorriso. A Operação Silo de Areia cumpre mandados nas cidades de Sorriso, Ipiranga do Norte, Jaciara, Rosário Oeste, Várzea Grande e também nas cidades mineiras de Uberlândia e Tupaciguara.

Participam da operação equipes das Delegacias da Regional de Sinop, Delegacia de Rosário Oeste, Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande e Delegacia de Jaciara, além do apoio da Gerência de Operações Especiais da Polícia Civil, unidade do Ciopaer de Sorriso e a Polícia Civil de Minas Gerais.

Leia Também:  Educadora Camila Cury visita EMEB do Programa Escola da Inteligência

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Emanuel recebe Plano de Manejo do Aricá-Açu e planta árvores na capital

Evento será realizado às 9h na Praça Alencastro

Publicados

em

Foto: Luiz Alves

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, receberá na manhã desta terça-feira (21), às 9h, na Praça Alencastro, o  Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental Municipal do Aricá-Açu (região do Cinturão Verde).  Durante a atividade, simbolicamente em homenagem ao Dia da Árvore, o gestor da capital irá plantar unidades de Ipês e Jatobás.

O Plano de Manejo é um documento técnico, orientado pelos objetivos de criação da unidade  no qual se estabelece o zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais.

Desde o ano de 2008, Cuiabá já dispõem de uma legislação criando a área de proteção. “Mas somente nessa administração, que atua pautada pelo entendimento da necessidade do desenvolvimento sustentável, é que o Plano de Manejo foi elaborado o que vai possibilitar atividades em  uma área  que abriga recursos hídricos, naturais e paisagísticos de grande relevância, mas em consonância a esse documento”, explicou o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

A elaboração do PM, que conta com mais de 500 páginas,  foi realizado pela empresa de Consultoria Ambiental Ecossistema. A supervisão foi realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente por meio das Diretorias de Parcelamento dos Solos e Projetos Públicos e de Gerenciamento Ambiental.

“O Plano de Manejo foi elaborado de forma participativa, com o intuito de gerar um envolvimento maior com a comunidade, tornando o documento mais completo e a sua implementação mais efetiva. A troca de experiências aproxima o gestor da realidade local, favorecendo a proposição de metas e objetivos exequíveis. A APA Municipal do Aricá-Açú dispõe de 73.195,4683 hectares”, diz trecho do documento.

A criação da Área de Proteção Ambiental do Aricá-Açu” vai contribuir para com a proteção da zona de transição entre as formações florestais do Planalto do Guimarães e o início da Planície do Pantanal

Vai assegurar ainda a conservação do bioma Cerrado, garantir o uso sustentável dos recursos naturais da região, baseado em um zoneamento socioambiental, além de assegurar a proteção de comunidades tradicionais remanescentes dos Quilombos e representantes da convivência harmônica com o Cerrado. Também possibilitará o resguardo ao patrimônio Arqueológico e Cultural da região.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Pontes e Lacerda comemora aniversário com porte consolidado
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA