VÁRZEA GRANDE

Polícia

Jovem é baleado enquanto jogava video game em casa

Publicado em

Polícia

Rapaz foi socorrido e não corre risco de morte

 

Da Redação

 

Um jovem de 23 anos sofreu uma tentativa de homicídio na noite deste domingo (7), no Bairro Jardim Florianópolis, em Cuiabá.

O rapaz foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Pronto-Socorro da Capital. Seu estado de saúde é considerado estável.

De acordo com o boletim de ocorrência, o crime aconteceu por volta das 20h50. O jovem contou que estava dentro de sua casa jogando videogame na sala, quando foi baleado no tórax.

A Polícia Militar foi acionada e conversou com o rapaz que estava consciente ainda no local. Ele afirma não ter visto o autor dos disparos.

Rondas foram feitas na região, mas nenhum suspeito foi localizado.

O crime será investigado pela Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Rotam prende jovem com 263 porções de cocaína no bairro Cristo Rei
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Polícia

Civil prende em flagrante suspeito de estuprar a própria enteada

A prisão em flagrante foi convertida em preventiva e o autor do crime será encaminhado à penitenciária de Água Boa. 

Publicados

em

Foto: PJC-MT

Equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira prendeu em flagrante, neste domingo (05.02) um homem suspeito de ter abusado sexualmente da própria enteada, de 13 anos de idade.

Conforme as informações apuradas, o crime teria ocorrido durante a madrugada de domingo, após uma confraternização familiar. Enquanto a vítima dormia, o suspeito, de 36 anos, se aproximou e passou a acariciou por baixo das roupas. A adolescente acordou assustada e fugiu do suspeito, contando o que aconteceu para sua família.

O delegado Flávio Leonardo explicou que a conduta do suspeito caracteriza o crime de estupro de vulnerável na forma consumada.

Segundo o delegado, existe uma dificuldade muito grande em relação aos casos em que os familiares deixam de denunciar crimes desta natureza. “Isso ocorre por diversos motivos, entre eles pode-se citar a dependência financeira, emocional, o receio de se expor, entre outros. A colaboração da sociedade é de extrema importância para o combate e prevenção a esses tipos de crime”, pontou Flávio Leonardo.

O delegado explica ainda que a omissão pode gerar a responsabilização criminal de quem deixa de comunicar o fato para as autoridades. “Qualquer informação, especialmente relativa a crimes desta natureza, repassem para a Polícia Civil”, alerta.

Leia Também:  Jovem envolvido em homicídio em Tabaporã tem mandado de internação cumprido

A prisão em flagrante foi convertida em preventiva e o autor do crime será encaminhado à penitenciária de Água Boa.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA