VÁRZEA GRANDE

CONFRESA

Integrante de facção criminosa envolvido em tortura é trancafiado

O jovem é o terceiro integrante de uma organização criminosa preso pela equipe da Delegacia de Confresa nesta semana

Publicado em

Polícia

Foto: PJC

Um homem procurado da Justiça por integrar uma organização criminosa teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (16.09), na zona rural do município de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá).

O suspeito de 23 anos estava com a ordem de prisão preventiva decretada pela Comarca de Porto Alegre do Norte, pelo crime de tortura.

Os policiais civis de Confresa realizavam diligências investigativas de combate a criminalidade, quando descobriram que o foragido estava residindo na região. De posse do mandado de prisão a equipe localizou o jovem no bairro Vila Nova, próximo a uma oficina de motos.

O jovem é o terceiro integrante de uma organização criminosa preso pela equipe da Delegacia de Confresa nesta semana. Os suspeitos, identificados foram como autores de um crime de tortura ocorrida na cidade, onde a vítima foi submetida a uma espécie de castigo, conhecido como “salve”.

Durante as investigações para esclarecer a ocorrência, a Polícia Civil identificou os responsáveis, os quais tiveram os pedidos de prisão representados pelo delegado Matheus Soares Augusto, e deferidos pela Justiça.

Em cumprimento ao mandado de prisão, o jovem foi conduzido para a Delegacia de Confresa, e após as providências cabíveis ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Vila Rica, ficando à disposição do Poder Judiciário.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PM prende três suspeitos e desarticula quadrilha de estelionatários
Propaganda

Polícia

PRF e INDEA-MT realizam operação de combate ao transporte de madeira ilegal em Rondonópolis-MT

Irregularidades encontradas estavam na falta de consistência entre os papéis apresentados e a quantidade de madeira transportada nos veículos.

Publicados

em

Foto: PRF/MT

Nos últimos dias, houve uma ação conjunta entre Policiais Rodoviários Federais e profissionais do INDEA-MT para intensificar a fiscalização no transporte de madeira na região de Rondonópolis. A ação teve como base a unidade operacional 201 da PRF e resultou na apreensão de grande volume de madeira ilegal.

As maiores irregularidades encontradas estavam na falta de consistência entre os papéis apresentados e a quantidade de madeira transportada nos veículos, documentos florestais irregulares e até mesmo a falta completa de documentos de autorização de transporte.

Ao todo foram lavrados 24 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) pela prática do crime de transporte ilegal de madeira.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Sema e Polícia Ambiental retiram 80 armadilhas para capturar peixes do Rio Cuiabá
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA