VÁRZEA GRANDE

Polícia Civil

Foragido por homicídio no Pará é localizado em Paranatinga

Os policiais civis estavam em diligência no centro da cidade, quando localizaram o foragido próximo à praça José Maria de Lima

Publicado em

Polícia

Foto: PJC

Equipe de investigadores da Delegacia de Paranatinga (373 km ao sul de Cuiabá) prendeu nesta terça-feira (14.09) um foragido da Justiça do estado do Pará.

O homem de 28 anos estava com mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio.

Os policiais civis estavam em diligência no centro da cidade, quando localizaram o foragido próximo à praça José Maria de Lima.

Foi realizada a abordagem padrão e o homem encaminhado à Delegacia de Polícia, onde foi formalizado o mandado de prisão. Depois ele foi enviado à unidade prisional de Paranatinga, onde ficará à disposição da Justiça. 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PM rende dupla em Mirassol e encontra vaca abatida em porta-malas
Propaganda

Polícia

Novo comandante da Rotam assegura dinâmica de ações implacáveis contra o crime

O novo comandante da Rotam André ocupava a função de diretor-adjunto de ensino e coordenador das Escolas Militares Tiradentes

Publicados

em

Foto: PMMT

O tenente-coronel André Wilian Dorileo, de 41 anos, assumiu o comando do Batalhão de Ronda Ostensiva Tática Móvel (Rotam) em solenidade realizada ontem (22.09), na sede da unidade, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. 

O Batalhão Rotam era comandado pelo então tenente-coronel Paulo César da Silva, que assumiu a unidade especializada da Polícia Militar em outubro de 2019. Neste mês de setembro, o militar foi promovido ao posto de coronel, deixando a coordenação da unidade para o major Michael Kazuo Furuta, que passou o comando da unidade para o tenente-coronel Dorileo.  

A unidade da PM tem mais de 142 policiais e neste ano completou 20 anos de fundação. Nos últimos três anos, a Rotam recebeu cerca de R$ 1 milhão em investimentos do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa, valor destacado pelo comandante-geral da Polícia Militar, Jonildo José de Assis. “Quero agradecer ao governo estadual pelos investimentos que estão e serão feitos na nossa força policial, à nossa instituição militar no Mato Grosso. O Batalhão da Rotam é um batalhão de excelência, eficaz na produtividade operacional e que nos enche os olhos”, ressaltou o comandante-geral da PM. 

Em sua despedida, o coronel Paulo César da Silva falou das melhorias na infraestrutura e destacou a produtividade da unidade, que apreendeu 190 armas de fogo e mais de uma tonelada de drogas sob o seu comando. “Hoje deixo o comando com o sentimento de dever cumprido. Só tenho a agradecer a todos. Conseguimos várias melhorias para a Rotam, de armamentos à infraestrutura, tudo isso somado a uma produtividade incrível. Nossas ações geraram um prejuízo de mais de R$ 15 milhões de reais ao crime organizado”, contou o coronel. 

A Rotam será comandado pelo tenente-coronel André Wilian Dorileo, que ocupava a função de diretor adjunto de ensino e coordenador das Escolas Militares Tiradentes. Promovido à tenente-coronel em 2014, Dorileo exaltou o trabalho realizado pela Rotam. “Para mim, é uma dádiva receber o comando da Rotam. Nesses últimos dez anos tivemos grandes avanços estruturais e um alto índice de produtividade. Vamos dar continuidade ao trabalho e implementar novos projetos”. 

A solenidade da troca de comando da Ronda Ostensiva Tática Móvel (Rotam) reuniu autoridades civis e militares e foi presidida pelo comandante-geral da Polícia Militar, Jonildo José de Assis, junto do coronel José Nildo Silva de Oliveira. 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Com melhores resultados no Ideb, educação militar completa 35 anos em MT
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA