VÁRZEA GRANDE

Polícia

Duas motocicletas são recuperadas pela Polícia Militar em Várzea Grande

Publicado em

Polícia

Da Redação

Policiais do 4º Batalhão (2º Comando Regional) localizaram duas motocicletas abandonadas na última quarta-feira (26.04), em diferentes bairros de Várzea grande.

A primeira foi localizada na área central da cidade, após receberem informações sobre uma motocicleta Factor abandonada há três dias no local. Ao fazer checagem junto ao Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp), constatou como produto de roubo ocorrido no mês anterior.

Já a segunda, a denúncia veio por meio via Ciosp, sobre um veiculo abandonado em um matagal no bairro Mapim. Chegando ao local encontraram uma moto Fan 150, em checagem constou ser produto de roubo ocorrido dias anteriores.

Diante dos fatos os veículos foram conduzidos a Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DERFVA) para demais providências

Fonte: Josiane Barros – PM/MT – 2º CR

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Acessos ao Capitólio são fechados; motorista joga carro contra polícia
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Polícia

Civil prende em flagrante suspeito de estuprar a própria enteada

A prisão em flagrante foi convertida em preventiva e o autor do crime será encaminhado à penitenciária de Água Boa. 

Publicados

em

Foto: PJC-MT

Equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira prendeu em flagrante, neste domingo (05.02) um homem suspeito de ter abusado sexualmente da própria enteada, de 13 anos de idade.

Conforme as informações apuradas, o crime teria ocorrido durante a madrugada de domingo, após uma confraternização familiar. Enquanto a vítima dormia, o suspeito, de 36 anos, se aproximou e passou a acariciou por baixo das roupas. A adolescente acordou assustada e fugiu do suspeito, contando o que aconteceu para sua família.

O delegado Flávio Leonardo explicou que a conduta do suspeito caracteriza o crime de estupro de vulnerável na forma consumada.

Segundo o delegado, existe uma dificuldade muito grande em relação aos casos em que os familiares deixam de denunciar crimes desta natureza. “Isso ocorre por diversos motivos, entre eles pode-se citar a dependência financeira, emocional, o receio de se expor, entre outros. A colaboração da sociedade é de extrema importância para o combate e prevenção a esses tipos de crime”, pontou Flávio Leonardo.

O delegado explica ainda que a omissão pode gerar a responsabilização criminal de quem deixa de comunicar o fato para as autoridades. “Qualquer informação, especialmente relativa a crimes desta natureza, repassem para a Polícia Civil”, alerta.

Leia Também:  Gefron e Defron apreendem 121 tabletes de cocaína e suspeito pela segunda vez

A prisão em flagrante foi convertida em preventiva e o autor do crime será encaminhado à penitenciária de Água Boa.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA