VÁRZEA GRANDE

ESTELIONATO

Civil prende mulher que tentava realizar saque de R$ 150 mil oriundo de golpe pela internet

Vítima do estado de Goiás fez a transferência do valor após cair no golpe do falso intermediador de vendas na compra de um trator

Publicado em

Polícia

Foto: PJC MT

Uma mulher que tentava realizar um saque no valor de R$ 150 mil oriundo de golpe de estelionato eletrônico, aplicado contra uma vítima do estado de Goiás, foi presa em flagrante pela Polícia Civil, na tarde de sexta-feira (20.01), em ação da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI).

A prisão da suspeita de 30 anos ocorreu após o setor antifraudes de agência bancária do bairro Quilombo em Cuiabá entrar em contato com a equipe da DRCI informando que uma mulher estava no banco tentando sacar um alto valor em dinheiro, aparentemente decorrente de uma ação fraudulenta.

Imediatamente a equipe da DRCI iniciou as investigações conseguindo identificar o registro da ocorrência feito pela vítima do estado de Goiás, relatando a situação de golpe do “falso intermediador de venda” na compra de um trator no valor de R$ 150 mil. Com base nas informações, foi possível descobrir que o valor para compra do veículo foi transferido via pix para conta-corrente em nome da golpista.

Leia Também:  Construções e ampliações, investimento em tecnologia e redução dos índices criminais são destaques do balanço da Sesp-MT

Diante das evidências, os policiais da DRCI foram até a agência bancária, onde realizaram a prisão em flagrante da mulher. Ele foi conduzida à DRCI, onde após ser interrogada pelo delegado João Paulo Firpo, foi autuada em flagrante pelo crime de fraude eletrônica.

As investigações seguem em andamento para identificar outros envolvidos no crime.

Fonte: PJC-MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Politec suspende emissão de RG para implantar novo modelo

A suspensão ocorre a partir de 13 de fevereiro e tem caráter temporário; após a implantação do novo modelo, em março, atendimentos serão retomados

Publicados

em

Divulgação / Politec - MT

Os atendimentos para emissão dos documentos de identidade no modelo atual serão temporariamente suspensos pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), a partir de 13 de fevereiro, devido à implantação da nova Carteira de Identidade Nacional (CIN), prevista para o mês de março deste ano. Após este período, os atendimentos serão retomados normalmente.

Durante o período de interrupção nos atendimentos, a Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica passará por adequações sistêmicas para a emissão do documento de identidade no novo formato, e os servidores passarão por capacitação para operar o sistema.

Para que a demanda de processamento das solicitações já feitas para o modelo atual do documento de identidade seja contemplada no novo formato, a capacidade de análise das solicitações do modelo atual do documento, bem como os atendimentos nos postos de identificação estão reduzidos em 50% pelos próximos dias.

Conforme o Decreto nº 10.977/2022, a Carteira de Identidade Nacional será emitida em modelo único e reconhecida em todo território nacional. Além disso, possuirá um QR Code, que contribuirá com o trabalho dos órgãos de segurança, facilitando a verificação e autenticidade do documento.

Leia Também:  Casal é rendido com HB20 roubado no estado de Goiás

A Politec ressalta que, apesar da implantação do novo modelo de identidade, o documento atual tem validade até 2032, portanto não será preciso trocá-lo imediatamente, de modo que a transição pode ser feita de forma gradual.

A nova identidade segue padrões internacionais e possui o código MRZ – o mesmo do passaporte, que permite a entrada em países do Mercosul com maior facilidade. Para os demais países ainda é necessário a apresentação do passaporte.

(Sob supervisão de Tita Mara Teixeira)

Fonte: SECOM MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA