VÁRZEA GRANDE

FEMINICÍDIO

Após cometer duplo assassinato, filho de Bezerra se entrega à Polícia em Campo Verde

Familiares do assassino estão chocados com sua ação. Carlos Roberto, disseram à Polícia, há dias apresentava comportamento anormal, evidenciando até descuido com a própria higiene pessoal. Demonstrava clara revolta pelo fato de seu casamento ter acabado e sua mulher ter se envolvido outra pessoa

Publicado em

Polícia

Fotos: Redes Sociais/Câmeras de Segurança

Já se encontra preso, à disposição da Justiça, Carlos Roberto Gomes Bezerra, filho do deputado federal Carlos Bezerra, MDB. O suspeito de feminicídio se entregou na Delegacia de Campo Verde-MT horas depois de cometer o crime ontem (18) em Cuiabá.

Bezerra desferiu 13 tiros contra a ex-esposa, Thays Machado, 44, e seu atual companheiro, Willian César Moreno, 40 anos. Os tiros acertaram mortalmente o casal no momento em que os dois andavam pela calçada, após sair de prédio no bairro Alvorada (Miguel Sutil), no final da tarde, cerca de 18h. Ambos morreram na hora.

Foto: redes sociais
Carlos Bezerra assassinou friamente a ex-esposa e seu companheiro por ciúmes

As imagens do casal deixando o prédio e, em seguida, sendo alvejado por Carlos Roberto, foram registradas por câmeras de segurança. As vítimas ficaram caídas na própria calçada onde foram atingidas de surpresa pelo assassino. Para melhor alvejá-los, Carlos Roberto procedeu marcha a ré no veículo, daí disparando seguidamente a arma.  

Ficou claro para a Polícia Técnica que o crime foi premeditado com antecedência, inclusive sendo praticado de forma fria, calculista. O assassino fugiu em seguida num Renault modelo Kwid, mesmo carro com o qual se apresentou horas depois na unidade policial de Campo Verde, recebendo voz de prisão.

Leia Também:  Polícia Militar prende trio e recupera peças roubadas de joalheria em Cuiabá

A característica desse crime é de feminicídio continuado, visto que a vítima (ex-mulher) foi morta juntamente com outra pessoa. 

Inicialmente, a Polícia acreditava que Carlos Roberto pudesse estar ainda escondido na capital, e assim intensificou buscas nas imediações nos endereços de familiares, tentando localizá-lo. Nenhum deles tinha ideia do paradeiro do parente, mostrando-se indignados pelo ato criminoso que praticou.

Os policiais também receberam orientação para checar quem saía da cidade, na tentativa de evitar a evasão do homicida, mas Carlos Roberto já havia conseguido deixar Cuiabá rumo a Campo Verde.

O CRIME

Foto: câmera de segurança do prédio
Thays e Willian deixam o edifício. O assassino os aguardava lá fora…

Segundo apurou a Polícia Civil, Carlos Roberto há tempos vinha perseguindo a ex-esposa regularmente, inconformado com o fim do relacionamento de 10 anos. Chegou a ameaçá-la de morte várias vezes, agredindo-a fisicamente. Thays registrou boletim de ocorrência pedindo proteção. Inclusive, havia registrado outro boletim horas antes de ser assassinada.

 

Foto: câmera de segurança
Thays e Willian segundos antes de serem atingidos pelos tiros

Outra hipótese levantada pela Polícia é de que, conhecedor da rotina da ex-mulher, Carlos Roberto tenha montado campana nos endereços em que normalmente Thays frequentava. No caso do prédio no bairro Alvorada, ali reside a mãe de Thays. A vítima era servidora comissionada em Várzea Grande,.

Leia Também:  Autor de violência doméstica que agrediu e manteve vítima em cárcere tem prisão cumprida em Rondonópolis

Da Redação

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia

Politec suspende emissão de RG para implantar novo modelo

A suspensão ocorre a partir de 13 de fevereiro e tem caráter temporário; após a implantação do novo modelo, em março, atendimentos serão retomados

Publicados

em

Divulgação / Politec - MT

Os atendimentos para emissão dos documentos de identidade no modelo atual serão temporariamente suspensos pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), a partir de 13 de fevereiro, devido à implantação da nova Carteira de Identidade Nacional (CIN), prevista para o mês de março deste ano. Após este período, os atendimentos serão retomados normalmente.

Durante o período de interrupção nos atendimentos, a Diretoria Metropolitana de Identificação Técnica passará por adequações sistêmicas para a emissão do documento de identidade no novo formato, e os servidores passarão por capacitação para operar o sistema.

Para que a demanda de processamento das solicitações já feitas para o modelo atual do documento de identidade seja contemplada no novo formato, a capacidade de análise das solicitações do modelo atual do documento, bem como os atendimentos nos postos de identificação estão reduzidos em 50% pelos próximos dias.

Conforme o Decreto nº 10.977/2022, a Carteira de Identidade Nacional será emitida em modelo único e reconhecida em todo território nacional. Além disso, possuirá um QR Code, que contribuirá com o trabalho dos órgãos de segurança, facilitando a verificação e autenticidade do documento.

Leia Também:  Bolsonaro reafirma que vetará fundo eleitoral de 2022

A Politec ressalta que, apesar da implantação do novo modelo de identidade, o documento atual tem validade até 2032, portanto não será preciso trocá-lo imediatamente, de modo que a transição pode ser feita de forma gradual.

A nova identidade segue padrões internacionais e possui o código MRZ – o mesmo do passaporte, que permite a entrada em países do Mercosul com maior facilidade. Para os demais países ainda é necessário a apresentação do passaporte.

(Sob supervisão de Tita Mara Teixeira)

Fonte: SECOM MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA