VÁRZEA GRANDE

Opinião

Como escolher o tamanho ideal da prótese de mama?

Publicado em

Opinião

Por: Benedito Figueiredo Junior

Na década de 90 o bumbum era a preferência nacional tanto dos homens quanto das mulheres. Mas o tempo passou e ter um busto avantajado tomou uma conotação tão grande que hoje a colocação de prótese se silicone nas mamas é a cirurgia mais realizada em todo o mundo.

Mas como saber qual o tamanho ideal da prótese de mama que devo colocar?

Muito bem, o primeiro passo é procurar um cirurgião plástico e conversar com ele. Tirar dúvidas, falar das suas expectativas e deixar que ele verifique a sua anatomia e biótipo e te indique o que seria melhor e mais de acordo com seu corpo, de forma que fique harmoniosos e sem exageros.

Nessa consulta o cirurgião vai poder entender quais são os anseios dessa paciente e  o que precisa para aumentar sua autoestima ou melhorar a harmonia do corpo ou corrigir incômodos oriundos de um problema de saúde.

Na maioria dos casos as mulheres chegam ao consultório dizendo apenas que querem colocar silicone para que o peito fique igual da amiga, ou da de uma atriz, ou cantora.

Por isso é importante explicar o que combina com seu corpo para não gerar arrependimentos.

Primeira avaliação feia é quanto ao tamanho das mamas atuais, altura da paciente; largura do tórax; espessura da pele; limitações físicas, tais como problemas na coluna e similares.

Depois conhecer o perfil da paciente se é retraída, se é ousada, se é tímida, ou sensual para que a prótese e o tamanho corresponda a individualidade de cada uma.

Em seguida,  vamos definir o formato da prótese. Temos hoje no mercado vários perfis:

Perfil super alto

Esse perfil tem um maior volume em seu centro, com uma base menor e projeção alta para frente. Ele é bastante utilizado nas clínicas: as mulheres o escolhem por seu resultado ser mais evidente e volumoso.

Indicado para mulheres com tórax mais estreito, uma vez que sua base menor não avança para as laterais. Essa é uma boa opção para quem busca seios de colo bem destacados.

Perfil alto

Este perfil tem grande projeção — mas não tanto quanto o super alto. Assim, sua base é mais larga. Indicado para mulheres que têm o tórax em tamanho proporcional, visto que não é estreito e nem tão largo, apresentando menor volume no colo.

Perfil moderado

Para quem busca um resultado médio, que fique entre os perfis baixo e alto, essa é a melhor escolha. O perfil moderado tem base mais larga, porém seu volume é médio nessa região. A projeção não tem grande destaque, desenhando menos o colo. Indicado para mulheres magras e que buscam um aspecto mais natural do colo, mas com visual equilibrado: nem tão discreto, nem com muita projeção.

Perfil baixo

O perfil baixo tem a base bem mais larga em seu diâmetro e uma projeção bem menor dos seios. Indicado para mulheres de tórax largo que não desejam demonstrar volume no colo, sem destacar essa área ou dar projeção para frente. Normalmente, as pacientes magras e com tórax largo recorrem a essa prótese.

Perfil anatômico (gota)

Seu formato aproxima-se muito daquele que é natural dos seios, sem grandes destaques de contorno. Indicado para  mulheres que desejam reconstruir as mamas após o câncer ou que buscam um volume discreto e natural.

Definido o perfil vamos definir o volume. Hoje existem no mercado próteses que variam de 150 ml a 600 ml. Os tamanhos de próteses de silicone mais usados pelas brasileiras são os médios. Se você pensar que, no mercado, temos próteses entre 150 ml e 600 ml, as preferidas são exatamente as de 350 ml.

Lembre-se quanto maior a prótese, mais cuidados deve se ter. É recomendado fazer exercícios físicos, o uso do sutiã para dormir e procurar sempre dar sustentação para que com o peso da prótese aumente o grau de flacidez que com a idade é normal em toda a mulher.

Seguindo corretamente as orientações do médico, inclusive sobre a escolha do tamanho ideal da prótese de silicone, o resultado tem grandes chances de atender todas as expectativas que você criou. E isso contribui para que você fique ainda mais bonita.

Benedito Figueiredo Junior é cirurgião plástico na Angiodermoplastic. CRM 4385 e RQE 1266.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mancini busca por time ideal, mesmo depois de usar 25 jogadores em quatro jogos
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Opinião

Dia do Médico: O compromisso de se dedicar à vida

Dr. Rubens Carlos de Oliveira Júnior

Publicados

em

Foto: Pessoal

Neste dia 18 de outubro, em que comemoramos o Dia do Médico, expressamos nossa gratidão a aqueles que se dedicam a salvar vidas. É com satisfação que reconhecemos a nobreza desses homens e mulheres, externada em cada olhar cuidadoso a um paciente. Neste ano, em especial, relembramos e agradecemos a luta travada por nossos heróis na guerra contra o coronavírus.

Ao logo de um ano e meio, período em que fomos assolados pela maior pandemia dos últimos tempos, vimos médicos e médicas colocando sua própria saúde a prova para cumprir o juramento de atuar em prol do bem no exercício de sua profissão.

Assistimos o sofrimento dos nossos colegas afastados da própria família, enlutados pelas vidas perdidas e consumidos pelo cansaço físico e emocional. A tristeza que assolou a todos nós, no entanto, não nos tornou menos imbatíveis no combate à Covid-19 e, por isso, mais uma vez, reforçamos nossa gratidão.

Aproveitamos para também relembrar que foi a partir dessas mesmas virtudes, de colaboração e união, que há 50 anos médicos visionários criaram o Sistema Unimed e é com enorme honra que damos prosseguimento a esse sonho. Juntos, somos o maior sistema de saúde suplementar do mundo.

Prestamos ainda nossas homenagens aos profissionais que perdemos no campo de batalha. Às famílias, gostaríamos de dizer que cada um desses médicos será eternamente lembrado pelo legado que deixaram aqui. Apesar das provas árduas, saímos dos tempos nublados mais radiantes pela certeza de que fazemos parte de uma equipe que não poupa esforços para atender e cuidar do próximo e sabemos que isso não seria possível sem a união ensejada por nosso Sistema.

A vocação do cuidar, a vontade de fazer o melhor e a certeza de que Deus está conosco é o que nos move. Por isso, temos obtido tantos triunfos, dentre eles o fortalecimento da marca e reconhecimento como maior sistema de cooperativas médicas do mundo.

Precisamos ainda agradecer a todos vocês, por terem ajudado a firmar a Unimed Cuiabá como uma das maiores em nosso sistema. Juntos descobrimos que a força que nos move reside na humanidade e na cooperação, tendo como propósito cuidar das pessoas.

Posso dizer, com certeza, da alegria que me toma por fazer parte desta linda história de valorização da medicina, da união e da cooperação.

Parabéns, médicos e médicas pelo nosso dia! Que Deus nos abençoe, nos mantendo firmes no propósito do nosso juramento.

Médico patologista, presidente da Unimed Cuiabá, presidente da Unimed Federação de Mato Grosso e diretor de Desenvolvimento de Mercado na Unimed Brasil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Apenas 39% das crianças foram vacinadas contra a poliomielite em MT
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA