VÁRZEA GRANDE

Mundo

MSD amplia fabricação de versão genérica de antiviral contra covid-19

Publicado em

Mundo


A empresa farmacêutica MSD assinou acordo de licenciamento com a Associação de Patentes Medicinais (MPP), apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU), que permitirá que mais empresas fabriquem versões genéricas de seu tratamento antiviral experimental contra a covid-19, anunciaram a farmacêutica e a organização nesta quarta-feira (27).

A MSD disse que o licenciamento isento de direitos de propriedade se aplicará a 105 países de baixa e média renda. Ele permite que fabricantes selecionados pela MPP produzam versões genéricas do molnupiravir, o antiviral em comprimido que desenvolveu em parceria com a Ridgeback Biotherapeutics.

A Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) está estudando conceder uma autorização de uso emergencial para o remédio, que um teste clínico mostrou reduzir pela metade o risco de doenças graves e mortes quanto administrado cedo em pacientes com covid-19.

“Este é o primeiro licenciamento de uma tecnologia médica contra a covid-19 transparente e voluntário voltado à saúde pública”, disseram a MSD e a MPP em comunicado conjunto.

Empresas poderão solicitar um sublicenciamento da MPP, e o licenciamento, que também inclui transferência de tecnologia, permanecerá isento de direitos de propriedade enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) classificar a pandemia como Emergência de Saúde Pública de Relevância Internacional.

Leia Também:  Lockdowns obrigatórios são vitais para conter covid-19, diz Merkel

No início deste ano, a MSD assinou acordos bilaterais de licenciamento com oito fabricantes de genéricos da Índia, incluindo as farmacêuticas Aurobindo Pharma, Cipla Ltd, Dr. Reddy’s Labs, Emcure Pharmaceuticals, Hetero Labs, Sun Pharmaceuticals, e Torrent Pharmaceuticals.

O acordo amplia a base manufatureira além dessas empresas. Recentemente, a MPP disse à Reuters que 24 empresas expressaram interesse em produzir o medicamento.

“Sabíamos, há muito tempo, que iríamos querer diversificar o perfil geográfico de nossos parceiros de genéricos, de forma que não somente tivéssemos fornecedores na Índia, mas também em outras regiões”, disse Paul Schaper, diretor executivo de política pública global da MSD, em entrevista.

A Fundação Bill & Melinda Gates informou, na semana passada, que gastará até US$ 120 milhões para impulsionar o desenvolvimento das versões genéricas do molnupiravir, a fim de ajudar a fazer com que países de renda menor tenham acesso igual ao remédio.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

Foco de gripe aviária na França terá animais abatidos e desinfecção

Publicados

em


A França anunciou hoje (27) que detectou uma forma “altamente patogênica” de gripe aviária em uma granja no norte do país. Autoridades francesas informaram que ainda não se sabe exatamente qual é a cepa que infectou os animais, mas que todos serão abatidos de antemão para evitar que a doença se espalhe.

Diversos focos de gripe aviária foram detectados na França no último mês, tanto em granjas quanto em animais selvagens. A epidemia levou o governo a determinar que os animais de criadouros sejam mantidos em instalações isoladas sem contato exterior.

Um surto da doença no último inverno foi responsável pelo sacrifício de cerca de três milhões de patos no Sudeste do país.

A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) emitiu alerta no dia 15 sobre a rápida transmissão de uma cepa não identificada de gripe aviária, tanto na Ásia quanto na Europa. Segundo a organização, a China registrou 21 casos de infecção humana pelo vírus H5N6 – um dos responsáveis pela gripe aviária. 

Leia Também:  Mato Grosso registra 363.848 casos e 9.840 óbitos por Covid-19 neste domingo 02.05

Segundo informa a agência internacional de notícias Reuters, donos de aviários temem que as notícias imponham bloqueios de importação das carnes de frango e de pato. Especialistas de saúde franceses alertam, ainda, para a possibilidade de transmissão da doença para humanos.

A gripe aviária geralmente é transmitida durante o fluxo migratório de aves selvagens.

*Com informações da Reuters

Edição: Maria Claudia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA