VÁRZEA GRANDE

Mundo

Missão diplomática está na Venezuela para reabrir embaixada

Publicado em

Mundo

Já está em Caracas, na Venezuela, a missão diplomática brasileira enviada para dar início às providências para a reabertura da Embaixada do Brasil no país, fechada desde março de 2020, por iniciativa do governo anterior.

Segundo o Palácio do Itamaraty, o grupo é liderado pelo embaixador Flávio Macieira, e foi enviado para avaliar as condições dos imóveis e tomar as primeiras medidas com vistas ao pleno funcionamento da representação brasileira, que inicialmente terá um encarregado de negócios e, mais adiante, o envio de um embaixador.

“O envio da missão reflete a decisão do governo brasileiro de normalizar as relações bilaterais, permitindo a retomada de tratativas com o governo venezuelano sobre os diferentes temas que compõem a agenda entre os dois países”, informou o Itamaraty.

A pasta destacou que o diálogo com a Venezuela, que tem extensa fronteira com o Brasil, na Região Norte, além de cooperação em diversas áreas, é fundamental para revitalizar a integração regional desejada pelo novo governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

As relações entre os dois países foram formalmente retomadas no dia 2 de janeiro, logo após a posse do novo governo.

Leia Também:  Chances de sucesso da COP26 são de 60%, diz Boris Johnson

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Internacional

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

França prorroga testes de covid-19 para viajantes chineses

Publicados

em

A França estendeu a obrigatoriedade de testes de covid-19 negativos para viajantes da China até 15 de fevereiro, segundo decreto do governo publicado neste sábado (28).

Embora as autoridades chinesas tenham dito que as infecções atingiram o pico, alguns especialistas globais alertaram sobre a possibilidade de um aumento em casos em áreas rurais da China menos equipadas para lidar com elas em um momento em que milhões de chineses viajam para reuniões de família durante o feriado do Ano Novo Lunar.

Exigência

Em 30 de dezembro a França anunciou a exigência dos testes para viajantes da China que mostrem resultado negativo num intervalo inferior a 48 horas antes da partida.

A medida, que estava prevista para durar até 31 de janeiro, impôs testes para todos os voos da China – incluindo voos com escalas – e passageiros em aviões que chegam da China foram obrigados a usar máscaras.

A China encerrou a política de covid zero no início de dezembro depois de protestos da população contra as duras medidas de isolamento social impostas pelo governo.

Leia Também:  Chanceler: pandemia mostra espírito de tradição diplomática do país

Fonte: EBC Internacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA