VÁRZEA GRANDE

Mundo

Argentina: Lula encontra Mães e Avós da Praça de Maio 

Publicado em

Mundo

A intensa agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta segunda-feira (23), em Buenos Aires, incluiu um encontro com as o grupo de mães e avós da Praça de Maio, coletivo de mulheres formado para cobrar a explicações do Estado argentino pelo assassinato e desaparecimento de milhares de jovens durante a ditadura no país vizinho. 

“As Mães e Avós da Praça de Maio são uma inspiração na defesa da democracia na América Latina. Emocionado com o nosso encontro de hoje”, escreveu Lula em postagem nas redes sociais. A viagem à Argentina é o primeiro giro internacional de Lula neste terceiro mandato. Ao longo dia, ele manteve um encontro bilateral com o presidente do país, Alberto Fernández, além de uma reunião com empresários argentinos e brasileiros. À noite, Lula, Fernández e outros líderes estrangeiros participaram de um concerto musical com artistas de ambos os países no Centro Cultural Kirchner.

A primeira-dama Janja Lula da Silva, que acompanha o presidente Lula na viagem, também fez uma postagem nas redes sociais destacando o encontro com as Mães e Avós da Praça de Maio. 

Leia Também:  Batalhão Ambiental encontra pescado com sinais de rede na Feira do Porto

“Em Buenos Aires, nos encontramos com as representantes das Mães e Avós da Praça de Maio, que tiveram seus filhos e netos assassinados ou desaparecidos durante a ditadura militar. Admiração por essas mulheres que lutam por dignidade e reparação de direitos”.

O movimento começou em abril de 1977, em plena ditadura militar na Argentina, quando 14 mulheres se reuniram na Praça de Maio, em frente à Casa Rosada, sede do governo nacional, em Buenos Aires, para protestar por seus filhos desaparecidos, iniciando uma luta de dura mais de 45 anos por verdade, memória, justiça e pela vida. Ao longo desse período, as próprias mães foram alvo de perseguição e repressão de militares e, mesmo com o fim do período autoritário, lutaram por leis para estabelecer reparação e punição a envolvidos em crimes de lesa-humanidade. 

Estima-se que, na ditadura de 1976 e 1983, a mais dura e violenta da história da Argentina, mais de 30 mil pessoas foram mortas ou desapareceram pelas forças militares oficiais.  

Leia Também:  Covid-19: "podemos ter mais de 1 milhão de doses de vacina"

Nesta terça-feira (24), Lula participa, ainda na capital argentina, da 7ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), grupo de 33 países do hemisfério. No dia seguinte, o presidente brasileiro faz uma visita ao Uruguai, onde se encontrará com o presidente Lacalle Pou. Em seguida, Lula retorna ao Brasil.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Internacional

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

França prorroga testes de covid-19 para viajantes chineses

Publicados

em

A França estendeu a obrigatoriedade de testes de covid-19 negativos para viajantes da China até 15 de fevereiro, segundo decreto do governo publicado neste sábado (28).

Embora as autoridades chinesas tenham dito que as infecções atingiram o pico, alguns especialistas globais alertaram sobre a possibilidade de um aumento em casos em áreas rurais da China menos equipadas para lidar com elas em um momento em que milhões de chineses viajam para reuniões de família durante o feriado do Ano Novo Lunar.

Exigência

Em 30 de dezembro a França anunciou a exigência dos testes para viajantes da China que mostrem resultado negativo num intervalo inferior a 48 horas antes da partida.

A medida, que estava prevista para durar até 31 de janeiro, impôs testes para todos os voos da China – incluindo voos com escalas – e passageiros em aviões que chegam da China foram obrigados a usar máscaras.

A China encerrou a política de covid zero no início de dezembro depois de protestos da população contra as duras medidas de isolamento social impostas pelo governo.

Leia Também:  PM é acionada e encontra droga com vítima de acidente de trânsito em Rondonópolis

Fonte: EBC Internacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA