Mulher é presa por porte ilegal de arma de fogo em Várzea Grande

Da Redação

Uma mulher de 41 anos foi detida por porte ilegal de arma de fogo na noite desta quinta-feira (18.07) por policiais militares do 4º BPM de Várzea Grande. Durante a condução para a delegacia, a suspeita entrou em surto psicótico, sendo necessário encaminhá-la à uma unidade de saúde.

Conforme o boletim de ocorrência, os militares foram informados que V.L.O.D.S. estaria armada em um bar, no bairro Jardim Aeroporto. Com as informações das características físicas, eles abordaram a mulher, que confessou estar carregando um revólver calibre 32, com sete munições intactas, e que não teria porte de arma de fogo.

Após a ordem de prisão, a suspeita se exaltou e passou a agredir a equipe de policiais, que precisou imobilizá-la. Mesmo assim, ela debatia-se e chutava a viatura. Na produção do Boletim de Ocorrência e vistoria de pertences pessoais, os agentes encontraram cartilhas de medicamentos para transtorno mental.

Os policiais solicitaram atendimento de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que a encaminhou ao Pronto-Socorro do município.