VÁRZEA GRANDE

Esporte

Santos FC domina a partida, goleia o Juazeirense e Sánchez entra para a história

Publicado em

Esporte


Na noite desta quarta-feira (28), o Santos FC goleou o Juazeirense por 4 a 0 na Vila Belmiro, em jogo válido pelo primeiro confronto das oitavas de finais da Copa do Brasil. Madson, Lucas Braga, Marcos Leonardo e Carlos Sánchez fizeram os gols do Peixe na partida.

O uruguaio e capitão do Alvinegro chegou a marca de 27 gols, ultrapassando Copete, e se tornou, isoladamente, o estrangeiro com mais gols pelo time que mais marcou gols na história do futebol.

Com o triunfo, o Alvinegro conseguiu uma boa vantagem para o jogo de volta, que será realizado na Bahia, no dia 5 de agosto.

A próxima partida do Peixe é diante da Chapecoense, no domingo (01) na Arena Condá, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, às 18h15.

O jogo
O time santista começou em cima do adversário, e aos 8 minutos, teve a primeira chance clara de abrir o placar. A bola foi levantada na área, e Madson cabeceou com perigo.

Dez minutos depois, foi a vez de Marinho finalizar pela primeira vez, mas o atacante santista colocou a bola para fora.

O camisa 11 teve outra oportunidade aos 35 minutos, mas dessa vez, o arqueiro da equipe baiana fez boa defesa.

  Santos vence o Grêmio de 2 a 1 e conquista 12 partidas sem derrotas

Leia Também:  Marcelo Chamusca é demitido do Fortaleza após seis jogos sem vitória

A dinâmica da primeira etapa foi o Peixe no ataque o Juazeirense na defesa. A equipe baiana poucas vezes passou do meio de campo.

Na volta do intervalo, Fernando Diniz promoveu a entrada de Bruno Marques na vaga de Gabriel Pirani, e o time santista passou a jogar com quatro atacantes.

O Santos continuou a forte pressão, e aos 11 minutos, Jean Mota arriscou de fora da área, e a bola desviou na zaga e correu para a linha de fundo.

E aos 26 minutos, o Peixe abriu o placar. Jean Mota realiza o cruzamento com precisão para Madson, e o lateral, bem posicionado, cabeceia e estufa as redes da equipe baiana. É o 6º gol do camisa 13 com pelo Alvinegro.

O time santista continuou em cima do adversário e criando mais oportunidades de gols. E aos 39, Carlos Sánchez bate firme, e o goleiro espalma para o lado esquerdo da área. Lucas Braga pega a sobra, e com um chute cruzado, de primeira, faz o segundo do Santos. O camisa 10 chega ao gol de número 10 pelo Peixe.

Marcos Leonardo também entrou na partida, e aos 46 minutos, ele aproveitou sua chance. O zagueiro Luiz Felipe foi ao ataque, e já dentro da área, deixou o Menino da Vila livre para marcar o terceiro do jogo e seu 8º com a camisa santista.

  Santos desperdiça oportunidades e fica no empate de 1 a 1 contra o Fortaleza

Leia Também:  Conmebol divulga dias e horários das oitavas de final da Libertadores

No último minuto de jogo, deu tempo para Carlos Sánchez fazer o quarto gol, entrar para a história do Santos e colocar números finais na partida.

O uruguaio Sánchez se tornou o estrangeiro com mais gols pelo Santos FC (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Ficha Técnica:
Santos FC 4 x 0 SD Juazeirense

Data: 28/06/2021
Horário: 19h15
Gol: Madson aos 26min, Lucas Braga aos 39min, Marcos Leonardo aos 46min e Carlos Sánchez aos 54min do segundo tempo.
Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes
Assistente: Michael Correia
Assistente: Luiz Claudio Regazone
Cartões amarelos: Jean Mota e Marinho (SFC); Daniel Nazaré e Tony Galego (SDJ)
SFC: João Paulo; Madson, Luiz Felipe, Kaiky e Felipe Jonatan; Carlos Sánchez, Jean Mota e Gabriel Pirani (Bruno Marques); Marinho (Marcos Leonardo), Marcos Guilherme e Lucas Braga. Técnico: Fernando Diniz
SDJ: Rodrigo Calaça; Guilherme Lucena (Carlinhos), Jamerson, Wendell e Daniel Nazaré; Waguinho, Sapé, Patrik e Tony Galego (Waldir); Júnior Timbó (Ian Augusto) e Kesley (Nino Guerreiro). Técnico: Carlos Rabello

fonte? https://www.santosfc.com.br/santos-fc-domina-a-partida-goleia-a-juazeirense-e-sanchez-entra-para-a-historia/

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Vasco empata com o Cruzeiro pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro

Publicados

em


Em jogo polêmico por conta da arbitragem, o Vasco da Gama empatou o Cruzeiro por 1 a 1, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol vascaíno foi marcado pelo camisa 77, Nenê. Com esse resultado, o Gigante da Colina chegou aos 34 pontos e assumiu a 9ª posição, de maneira provisória. O próximo compromisso do Gigante da Colina será diante do Brusque, na próxima sexta-feira (24/09), às 21h30, no Estádio Augusto Bauer.

Nenê comemora seu primeiro gol desde seu retorno junto a torcida (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O JOGO

O Vasco começou a partida tentando implementar uma pressão inicial e buscando descer em velocidade ao ataque. A primeira investida vascaína veio aos 13 minutos, Morato fez boa jogada pela direita, avançou até o limite da linha de fundo, invadiu a área e cruzou rasteiro na direção da pequena área. German Cano chegava pelo meio e quase conseguiu a finalização. Porém a defesa adversária conseguiu afastar. Aos 21, Nenê dominou pela esquerda e mandou um cruzamento na medida para Morato. O camisa 10 subiu no meio da zaga adversária e cabeceou firme. A bola acabou indo no meio do gol e o goleiro Fábio fez boa defesa.

Aos 30 minutos, Léo Matos acionou Morato dentro da área. O atacante vascaíno girou para cima da marcação e finalizou firme. O goleiro Fábio se esticou inteiro e evitou o que seria o primeiro gol vascaíno. Aos 44, Morato fez ótima jogada pela direita, invadiu a área e cruzou para o meio da área. German Cano chegou completando e a bola explodiu na trave adversária. Na sobra, Nenê completou para o gol aberto e balançou as redes pela primeira vez desde seu retorno: VASCO 1 a 0.

  Guarani goleia o Confiança-SE e entra no G-4 da Série B do Brasileirão

Leia Também:  Marcelo Chamusca é demitido do Fortaleza após seis jogos sem vitória

O Vasco voltou para a segunda etapa buscando manter a posse de bola e incomodar a defesa adversária. O primeiro ataque vascaíno veio aos 23 minutos, Léo Matos recebeu pela direita e cruzo na área. A bola foi na direção do gol adversário e o goleiro Fábio afastou mal. German Cano pegou a sobra dentro da área, arriscou a finalização e a bola explodiu na defesa. No minuto seguinte, Andrey acionou Marquinhos Gabriel pelo meio e o camisa 31 avançou. O meia  percebeu o espaço, arriscou a finalização e por pouco não ampliou, a bola saiu raspando a trave adversária.

Aos 30, Nenê cobrou falta para dentro da área e mandou na cabeça do capitão Leandro Castan. O camisa 5 chegou cabeceando firme e acabou parando na boa defesa do goleiro Fábio. Aos 34 minutos, Andrey avançou pelo meio, invadiu a área e acabou perdendo a bola para a defesa. German Cano pegou a sobra dentro da área, arriscou a finalização e mandou a bola na rede pelo lado de fora. Aos 47, Gabriel Pec recuperou a bola no campo de ataque, pela esquerda e acionou Daniel Amorim na entrada da área. O atacante vascaíno dominou, limpou a marcação e finalizou com categoria para ampliar o placar. Porém a arbitragem anulou o segundo gol vascaíno. No minuto seguinte, após cobrança de escanteio o zagueiro Ramon pegou a sobra na pequena área e empatou o jogo: 1 a 1.

  Paraná perde para o Botafogo – SP e desperdiça a oportunidade de liderar o grupo

Leia Também:  Palmeiras x São Paulo: números, estatísticas e curiosidades da partida

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 CRUZEIRO

Campeonato Brasileiro – 25ª rodada

Local: São Januário (RJ)

Data: Domingo, 19/09/2021

Horário: 16h (Brasília)

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Assistentes: Grazianni Maciel Rocha (GO) e Hugo Savio Xavier Correa (GO)

VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)

Cartões Amarelos: Andrey, German Cano (Vasco) / Marcelo Moreno, Eduardo Brock,  (Cruzeiro)

Gols: Nenê 44’/1T; Daniel Amorim 47’/2T; Ramon 48’/2T

VASCO DA GAMA: Vanderlei, Léo Matos, Ricardo Graça, Leandro Castan e Riquelme (Walber); Andrey, Marquinhos Gabriel e Nenê (Bruno Gomes); Léo Jabá, Morato (Gabriel Pec) e German Cano (Daniel Amorim) – Técnico: Fernando Diniz

CRUZEIRO: Fábio, Romulo, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira (Dudu); Adriano, Marco Antônio (Flávio) e Giovanni (Rafael Sóbis); Wellington Nem (Felipe Augusto), Thiago e Marcelo Moreno (Claudinho) – Técnico: Juliano Belletti

fonte: https://vasco.com.br/vasco-empata-com-o-cruzeiro-pela-25a-rodada-do-campeonato-brasileiro/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA