VÁRZEA GRANDE

Esporte

Rogério Ceni ironiza Tite e Rodrigo Caio sobre fair play

Publicado em

Esporte

“Talvez eles sejam pessoas melhores do que eu”, disse o treinador do São Paulo, confirmando que desaprovou o gesto de seu zagueiro diante do Corinthians

Da Redação

 

O gesto de fair play do zagueiro Rodrigo Caio, do São Paulo, em lance com Jô, do Corinthians, segue dando o que falar no Morumbi. Nesta segunda-feira, logo após a vitória por 2 a 0 do São Paulo sobre o Avaí, o técnico Rogério Ceni participou do programa Bem, Amigos, do SporTV ao lado de Rodrigo Caio e admitiu que reprovou o gesto de fair play no dia do jogo, em 16 de abril. E ainda alfinetou o treinador da seleção brasileira, Tite.

“A minha posição não é tomada à frente das câmeras, depois de analisar todas as situações. Não faço isso no ar-condicionado, mas no calor do jogo. E discordo do Rodrigo Caio. O Jô o empurrou e poderia ter sido punido com o cartão amarelo”, disse, antes de ironizar Tite, que elogiou publicamente Rodrigo Caio pelo gesto. “Talvez o Rodrigo e o Tite sejam pessoas melhores do que eu.”

Leia Também:  Procons orientam consumidor sobre diferenciação de preço para compras pagas com cartão ou dinheiro

A referência a Tite se deu em função da última convocação da seleção brasileira, para os amistosos contra Argentina e Austrália. O ex-treinador do Corinthians justificou que a conduta de Rodrigo Caio no clássico também contribuiu para sua presença na lista. “Se eu fosse o treinador da seleção, eu chamaria o Rodrigo Caio pelo futebol que ele joga e não por isso. Se não, daqui a pouco, cada um que avisar sobre um cartão amarelo terá que ser convocado.” No fim, Ceni disse ter “carinho e admiração” tanto por Tite quanto por Rodrigo Caio.

 

Antes, o zagueiro também falou sobre o assunto e disse ter a consciência tranquila. “Fico feliz com as palavras do treinador da seleção. É sempre um orgulho muito grande ser elogiado por ele, um comandante que todos admiram. Mas aquilo faz parte do passado. Tive uma atitude de que não me arrependo, ao contrário. Foi algo normal para mim. Não pensava que daria essa repercussão toda.”

Rodrigo Caio disse que o episódio “não deixou nenhum mal-estar no grupo”, apesar da crítica direta do zagueiro Maicon, que no dia seguinte disse que “preferia ver a mãe do rival chorando”. “Cada pessoa tem uma opinião. Vivemos em um país assim, democrático. Bola para a frente. Cada um com a sua consciência. Quando fiz aquilo, a minha consciência ficou muito tranquila”, completou Rodrigo Caio.

Leia Também:  Tribunal alemão retoma restrições ao Facebook sobre coleta de dados

 

 

 

Fonte: Estadão Conteúdo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Esporte

Corinthians empata com o Juventude e se mantém no G4 do Brasileirão

Publicados

em

O Corinthians voltou a campo na noite desta terça-feira (04.10) em jogo contra o Juventude, em Caxias do Sul (RS), pelo Brasileirão 2022. O resultado foi o empate pelo placar de 2 a 2 com a equipe gaúcha. Os gols do Coringão foram marcados por Giuliano e Yuri Alberto. 

Com o empate fora de casa, o Timão somou mais um ponto na competição nacional, chegando a 51 e mantendo a quarta colocação na tabela. O próximo jogo ocorre no próximo sábado (8), contra o Athletico-PR, na Neo Química Arena.

Primeiro tempo

Nos primeiros minutos de jogo, a equipe gaúcha tentou propor mais o jogo. A bola ficou nos primeiros oito minutos mais perto da área do Corinthians, mas nenhuma jogada de perigo aconteceu. A primeira jogada perigosa aconteceu aos nove: Rafinha pegou a bola na entrada da área e chutou, buscando o canto de Cássio, a bola foi pra fora.

O Alvinegro chegou ao ataque pela primeira vez aos 12 minutos: Renato Augusto cruzou e Yuri Alberto chegou para concluir, mas a bola também foi pra fora. 

Gol do Corinthians! Aos 23 minutos, Fábio Santos fez o cruzamento, a bola bateu em Gustavo Silva e sobrou para Giuliano, que chutou para dentro do gol, 1 a 0. 

O Timão só foi voltar a atacar aos 40 minutos: Renato Augusto pegou a bola e de muito longe chutou para o gol. A bola ficou nas mãos do goleiro da equipe de Caxias do Sul. 

Um minuto depois, em contra-ataque, o Juventude levou muito perigo: novamente Rafinha, de fora da área, fez o chute e bola explodiu na trave esquerda do Timão.

Leia Também:  Confaz fixa ICMS do diesel e prorroga congelamento sobre gasolina

O árbitro deu um minuto de acréscimo e o primeiro tempo foi encerrado após este tempo extra.

Segundo tempo

O Corinthians iniciou o segundo tempo com duas mudanças: saíram Renato Augusto e Róger Guedes e entraram Cantillo e Mateus Vital. 

Gol do Juventude! Antes de completar o primeiro minuto da segunda etapa, o time gaúcho chegou no contra-ataque e a bola sobrou para Óscar Ruiz, que tinha acabado de entrar para finalizar para o gol, 1 a 1. 

Aos três, a equipe da casa teve outro contra-ataque e no bate e rebate a bola foi para escanteio.

Gol do Corinthians! Aos nove minutos, Mateus Vital roubou a bola e ela sobrou para Yuri Alberto. O camisa 9 do Timão chutou de fora da área e recolocou o Timão na frente, 2 a 1.

Aos 16, o Juventude empatou o jogo novamente. Gustavo Silva saiu jogando errado, Óscar Ruiz roubou a bola e tocou para Pitta, que não desperdiçou a chance, 2 a 2. 

O Timão voltou ao ataque aos 25 minutos: Du Queiroz arriscou de fora da área e a bola ficou nas mãos do goleiro. Aos 26, mudança dupla no Timão: saíram Bruno Méndez e Du Queiroz e entraram Fagner e Adson. 

Quase gol do Timão! Aos 29, Gustavo Silva cruzou e Fábio Santos cabeceou para o gol. O goleiro fez uma excelente defesa, salvando o time de Caxias do Sul. 

Leia Também:  Corinthians se posiciona oficialmente contra o retorno do futebol

Aos 35 minutos, a bola bateu na mão do zagueiro do Juventude e a arbitragem marcou pênalti. Porém, após a revisão no VAR, o pênalti foi anulado, pois o zagueiro Gil, que participou do lance, estava impedido. 

Na trave! Aos 38, Gustavo Silva recebeu e chutou cruzado, a bola explodiu na trave e foi pra fora. 

O árbitro deu quatro minutos de acréscimo. Fim de jogo no Estádio Alfredo Jaconi. 

FICHA TÉCNICA 

JUVENTUDE 2 x 2 CORINTHIANS 

Competição: Campeonato Brasileiro, 30ª rodada 

Data e horário: 4 de outubro de 2022 (terça-feira), às 21h30 (de Brasília) Local: estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS) 

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (Fifa/RJ) 

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ) 

VAR: Wagner Reway (PB) 

Cartões amarelos: Ruan (JUV); Gil e Adson (COR) 

Gols: Giuliano (COR), aos 23’/1ºT (0-1), Óscar Ruíz (JUV), ao 1’/2ºT (1-1), Yuri Alberto (COR), aos 8’/2ºT (1-2), Pitta (JUV), aos 16’/2ºT (2-2) 

JUVENTUDE: César; Rodrigo Soares (Paulo Henrique), Thalisson Kelven, Paulo Miranda e Moraes; Elton (Jean Irmer), Jadson (Gabriel Tota) e Chico; Rafinha (Óscar Ruíz), Pitta e Capixaba (Ruan). Técnico: Lucas Zanella (interino) 

CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez (Fagner), Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz (Adson), Giuliano e Renato Augusto (Cantillo); Gustavo Mosquito, Yuri Alberto e Róger Guedes (Mateus Vital). Técnico: Vítor Pereira

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA