VÁRZEA GRANDE

Esporte

Leão vai a Santa Catarina, é cirúrgico e vence o Brusque pela Série B do Brasileirão

Publicado em

Esporte

 Longe do Recife, o Sport foi cirúrgico e venceu o Brusque por 1 a 0, na noite desta terça-feira (04.10), no estádio Augusto Bauer, pela 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol do Sport foi marcado por Wanderson, aos 44 minutos do segundo tempo.

O jogo

Fora de casa, o Leão iniciou buscando se impor em busca do resultado e quase marcou cedo, em bom giro de Vagner Love na grande área, que parou no goleiro.

Depois disso, o Sport seguiu com ímpeto, mas se deparou com um duelo equilibrado. Defensivamente, por sua vez, pouco sofreu – Saulo fez apenas uma defesa.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o Leão voltou com a mesma postura em busca da vitória. E acumulou lances perigosos, com Luciano Juba e Gustavo Coutinho chegando perto de marcar em lances de difíceis defesas do goleiro adversário.

A fim de dar gás novo ao time setor ofensivo, que correu bastante, o técnico Claudinei Oliveira acionou os atacantes Javier Parraguez e Wanderson.

E as mexidas surtiram efeito, com Parraguez ganhando no alto da marcação, arrancando e servindo Wanderson para balançar as redes, na pequena área, aos 44 minutos do segundo tempo. Maiúscula e cirurgia vitória em Santa Catarina.

Leia Também:  Flamengo vence o Athletico-PR por 1 a 0 e é campeão da Libertadores

Sequência do Sport no Brasileirão

Com o resultado, o Leão foi aos 49 pontos e é o quinto colocado na Série B, na cola do G4. Na sequência da competição, o Sport volta a campo neste domingo, diante do Cruzeiro, às 16h, na Ilha do Retiro.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Portugal goleia a Suíça e enfrenta Marrocos nas quartas de final da Copa no Catar

Publicados

em

Com três gols de Gonçalo Ramos, portugueses fazem 5 a 1 na Suíça e pegarão Marrocos nas quartas.

  • Escalado na vaga de Ronaldo, Gonçalo Ramos marcou três vezes

  • Vitória portuguesa é o placar mais elástico das oitavas de final

  • Para igualar feitos de 1966 e 2006, portugueses enfrentam Marrocos no sábado

Portugal 6 x 1 Suíça

Gols: Gonçalo Ramos, aos 17 min do 1º tempo, aos 5 min e aos 22 min do 2º tempo, Pepe, aos 32 min do 1º tempo, Raphael Guerreiro, aos 10 min do 2º tempo, e Rafael Leão, aos 47 min do 2º tempo, para Portugal; Manuel Akanji, aos 12 min do 2º tempo, para Suíça.

Portugal surpreendeu três vezes na partida que o classificou para as quartas de final da Copa do Mundo FIFA Qatar-2022.

A primeira vez foi ainda antes do apito inicial, quando a escalação não trouxe o nome de Cristiano Ronaldo. Depois, quando o garoto Gonçalo Ramos, o escolhido para substituir CR7, meteu três gols e estabeleceu o primeiro hat-trick desta edição do torneio. E, por fim, quando construiu a vitória mais elástica dos oito jogos das oitavas.

Leia Também:  Avaí vence o Botafogo, no Rio, com um golaço de Kevin

Com a goleada por 6 a 1 sobre a Suíça, uma adversária famosa por ter sistemas defensivos bem sólidos e que costuma vender caro o resultado quando se depara com adversários da prateleira de cima do futebol mundial, os portugueses se classificaram pela terceira vez na história para as quartas.

Antes do Qatar-2022, os lusos só ficaram entre oito melhores times da Copa na Inglaterra-1966 e na Alemanha-2006 (justamente a primeira disputada por Ronaldo). Nas duas ocasiões, eles foram além e também jogaram as semifinais.

Para manter essa tradição, Portugal terá de desbancar no sábado a seleção de Marrocos, responsável pela eliminação da campeã mundial Espanha. Já a Suíça igualou sua campanha de quatro das últimas cinco participações em Copas (na África do Sul-2010, caiu ainda na primeira fase).

Momento-chave

A torcida portuguesa certamente estava apreensiva e se perguntando se Gonçalo Ramos aguentaria o peso de substituir CR7 em uma partida tão importante. A resposta demorou apenas 17 minutos para ser dada. Em uma jogada que começou em um arremesso lateral, o centroavante do Benfica recebeu a bola de costas para o gol, girou usando o corpo, soltou um míssil no ângulo da meta adversária e abriu caminho para a vitória lusa.

Leia Também:  Magnus e Intelli fazem duelo de campeões da Liga Nacional de Futsal

Número

Com 39 anos e 283 dias, Pepe se transformou nesta terça-feira no segundo jogador a mais velho a balançar as redes em uma partida de Copa. Em toda a história do torneio, o zagueiro só está atrás do camaronês Roger Milla, que marcou aos 42 anos e 39 dias nos Estados Unidos-1994. Em tempo: o português também virou o atleta de maior idade a fazer um gol nos mata-matas decisivos de um Mundial.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA