VÁRZEA GRANDE

Esporte

Juventus voltou a ser gigante após inauguração de seu estádio

Publicado em

Esporte

Abertura de sua casa, em 2011, fez clube italiano aumentar muito a arrecadação

 

Da Redação

 

No dia 8 de setembro de 2011, a Juventus inaugurou seu estádio, tornando-se o primeiro – e até agora único – clube grande da Itália a ter uma casa própria. Depois disso, o time alvinegro conquistou o Campeonato Italiano em todas as temporadas. São cinco títulos consecutivos, e o sexto será alcançado no domingo, com duas rodadas de antecedência, em caso de vitória sobre a Roma, na capital do país.

A Juventus ter se tornado uma força dominante na Itália logo depois da inauguração de sua arena não foi uma coincidência. O Estádio Juventus, onde o time não perde desde agosto de 2015, fez o clube elevar muito a sua média de público (que saltou da casa das 25 mil pessoas por jogo para cerca de 40 mil) e também a arrecadação de dinheiro. Na última temporada antes da abertura da casa, o faturamento da Juventus foi de 153 milhões de euros (R$ 533 milhões, em valores atuais). No ano passado, de acordo com a empresa de consultoria Deloitte, os alvinegros faturaram 341 milhões de euros (R$ 1,19 bilhão).

Leia Também:  Novo estádio rende R$ 1 milhão ao Flamengo em dois jogos

O sucesso financeiro permite que o clube de Turim faça “loucuras” como pagar ao Napoli 90 milhões de euros (R$ 314 milhões) pelo argentino Gonzalo Higuaín, no ano passado. Assim, e também fazendo aquisições inteligentes como a de Daniel Alves, que chegou de graça do Barcelona, a Juventus montou um elenco muito superior aos dos concorrentes domésticos e capaz de encarar sem complexos os gigantes do continente, como o Barça e o Real Madrid.

Em 2015, a Juventus chegou à final da Liga dos Campeões da Europa, mas perdeu para o time catalão. Dois anos depois, volta à decisão para mais uma vez enfrentar uma equipe espanhola – Real ou Atlético de Madri. O clube de Turim persegue seu terceiro título continental, para somá-lo aos conquistados em 1985 e 1996.

Para o futebol italiano, o excelente momento da Juventus é, ao mesmo tempo, uma maldição e uma bênção. Uma maldição porque transformou o campeonato nacional em um torneio monótono, em que todos sabem quem será o campeão antes mesmo do início. E uma bênção porque, em uma época muito ruim para os clubes da Itália, que foram deixados para trás por espanhóis, ingleses e alemães, o país volta a ter uma equipe capaz de brigar de igual para igual com as melhores. E que está a apenas um jogo de se tornar a melhor.

Leia Também:  Coritiba demite técnico Barroca, apos quarta derrota consecutiva

 

 

Fonte: Veja/Placar

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Esporte

Corinthians empata com o Juventude e se mantém no G4 do Brasileirão

Publicados

em

O Corinthians voltou a campo na noite desta terça-feira (04.10) em jogo contra o Juventude, em Caxias do Sul (RS), pelo Brasileirão 2022. O resultado foi o empate pelo placar de 2 a 2 com a equipe gaúcha. Os gols do Coringão foram marcados por Giuliano e Yuri Alberto. 

Com o empate fora de casa, o Timão somou mais um ponto na competição nacional, chegando a 51 e mantendo a quarta colocação na tabela. O próximo jogo ocorre no próximo sábado (8), contra o Athletico-PR, na Neo Química Arena.

Primeiro tempo

Nos primeiros minutos de jogo, a equipe gaúcha tentou propor mais o jogo. A bola ficou nos primeiros oito minutos mais perto da área do Corinthians, mas nenhuma jogada de perigo aconteceu. A primeira jogada perigosa aconteceu aos nove: Rafinha pegou a bola na entrada da área e chutou, buscando o canto de Cássio, a bola foi pra fora.

O Alvinegro chegou ao ataque pela primeira vez aos 12 minutos: Renato Augusto cruzou e Yuri Alberto chegou para concluir, mas a bola também foi pra fora. 

Gol do Corinthians! Aos 23 minutos, Fábio Santos fez o cruzamento, a bola bateu em Gustavo Silva e sobrou para Giuliano, que chutou para dentro do gol, 1 a 0. 

O Timão só foi voltar a atacar aos 40 minutos: Renato Augusto pegou a bola e de muito longe chutou para o gol. A bola ficou nas mãos do goleiro da equipe de Caxias do Sul. 

Um minuto depois, em contra-ataque, o Juventude levou muito perigo: novamente Rafinha, de fora da área, fez o chute e bola explodiu na trave esquerda do Timão.

Leia Também:  Coritiba demite técnico Barroca, apos quarta derrota consecutiva

O árbitro deu um minuto de acréscimo e o primeiro tempo foi encerrado após este tempo extra.

Segundo tempo

O Corinthians iniciou o segundo tempo com duas mudanças: saíram Renato Augusto e Róger Guedes e entraram Cantillo e Mateus Vital. 

Gol do Juventude! Antes de completar o primeiro minuto da segunda etapa, o time gaúcho chegou no contra-ataque e a bola sobrou para Óscar Ruiz, que tinha acabado de entrar para finalizar para o gol, 1 a 1. 

Aos três, a equipe da casa teve outro contra-ataque e no bate e rebate a bola foi para escanteio.

Gol do Corinthians! Aos nove minutos, Mateus Vital roubou a bola e ela sobrou para Yuri Alberto. O camisa 9 do Timão chutou de fora da área e recolocou o Timão na frente, 2 a 1.

Aos 16, o Juventude empatou o jogo novamente. Gustavo Silva saiu jogando errado, Óscar Ruiz roubou a bola e tocou para Pitta, que não desperdiçou a chance, 2 a 2. 

O Timão voltou ao ataque aos 25 minutos: Du Queiroz arriscou de fora da área e a bola ficou nas mãos do goleiro. Aos 26, mudança dupla no Timão: saíram Bruno Méndez e Du Queiroz e entraram Fagner e Adson. 

Quase gol do Timão! Aos 29, Gustavo Silva cruzou e Fábio Santos cabeceou para o gol. O goleiro fez uma excelente defesa, salvando o time de Caxias do Sul. 

Leia Também:  Em jogo histórico, Corinthians derrotou o Vasco e passou à semi da Libertadores nove anos atrás

Aos 35 minutos, a bola bateu na mão do zagueiro do Juventude e a arbitragem marcou pênalti. Porém, após a revisão no VAR, o pênalti foi anulado, pois o zagueiro Gil, que participou do lance, estava impedido. 

Na trave! Aos 38, Gustavo Silva recebeu e chutou cruzado, a bola explodiu na trave e foi pra fora. 

O árbitro deu quatro minutos de acréscimo. Fim de jogo no Estádio Alfredo Jaconi. 

FICHA TÉCNICA 

JUVENTUDE 2 x 2 CORINTHIANS 

Competição: Campeonato Brasileiro, 30ª rodada 

Data e horário: 4 de outubro de 2022 (terça-feira), às 21h30 (de Brasília) Local: estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS) 

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (Fifa/RJ) 

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ) 

VAR: Wagner Reway (PB) 

Cartões amarelos: Ruan (JUV); Gil e Adson (COR) 

Gols: Giuliano (COR), aos 23’/1ºT (0-1), Óscar Ruíz (JUV), ao 1’/2ºT (1-1), Yuri Alberto (COR), aos 8’/2ºT (1-2), Pitta (JUV), aos 16’/2ºT (2-2) 

JUVENTUDE: César; Rodrigo Soares (Paulo Henrique), Thalisson Kelven, Paulo Miranda e Moraes; Elton (Jean Irmer), Jadson (Gabriel Tota) e Chico; Rafinha (Óscar Ruíz), Pitta e Capixaba (Ruan). Técnico: Lucas Zanella (interino) 

CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez (Fagner), Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz (Adson), Giuliano e Renato Augusto (Cantillo); Gustavo Mosquito, Yuri Alberto e Róger Guedes (Mateus Vital). Técnico: Vítor Pereira

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA