VÁRZEA GRANDE

Esporte

Flamengo arranca empate no fim com o Athletico no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil

Publicado em

Esporte


O Flamengo não fez uma grande partida, mas na raça, como a Nação gosta, arrancou um empate em 2 a 2 com o Athletico-PR, na Arena da Baixada, no primeiro jogo pelas semifinais da Copa do Brasil. Quarta-feira que vem, no Maracanã, as duas equipes se enfrentam, valendo vaga na final da competição. Uma vitória simples coloca o Rubro-Negro na decisão. Um empate leva a disputa para os pênaltis.
O jogo
O Flamengo raramente se intimida com a torcida adversária. E foi o que se viu no primeiro tempo na Arena da Baixada. Apesar da pressão dos mais de 20 mil torcedores do time paranaense, o Rubro-Negro tomou conta do jogo desde o início, tocando a bola na intermediária do Athletico, que mal ultrapassava o meio-campo.
O gol carioca foi tomando corpo aos poucos. Aos 12′, Michael fez fila pela direita, se livrou de três marcadores e cruzou com perigo. Aos 15′, não teve jeito. Thiago Maia aproveitou rebote em chute de Gabi e abriu o marcador: 1 a 0.
Quem esperava que o Flamengo recuasse com a vantagem, se surpreendeu com a postura da equipe, que seguiu comandando o jogo, chegando a ter 62% de posse de bola na primeira etapa. Gabi teve chance de aumentar e Diego Alves apareceu bem aos 39′, ao defender com segurança uma cabeçada de Erick.
Logo no início da etapa final, Léo Pereira bobeou na marcação e Pedro Henrique, de cabeça, empatou a partida: 1 a 1. O Flamengo não se abateu e teve duas chances para desempatar com Thiago Maia e Michael. Não aproveitou e sofreu o castigo aos 25′, após Renato Kayser ganhar a disputa com Léo Pereira e fazer 2 a 1 para o Athletico. Renato Gaúcho, que já trocara Gabi por Pedro, pôs Vitinho e Diego Ribas, tirando Michael e Thiago Maia.
Kennedy ainda entrou na vaga de Andreas Pereira, mas as alterações não surtiram efeito. A única chance foi com Pedro, já aos 44 minutos. Mas aos 50′, Rodrigo Caio recebeu cotovelada dentro da área paranaense e o árbitro marcou pênalti. Pedro cobrou e empatou a partida. Semana que vem tem mais. Agora no Maraca!
FICHA TÉCNICA
FLAMENGO: Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Thiago Maia (Diego Ribas) e Andreas Pereira (Kennedy) ; Everton Ribeiro, Gabi (Pedro) e Michael (Vitinho)..
TÉCNICO: Renato Gaúcho
ATLHETICO: Santos, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nico Hernández (Lucas); Marcinho, Erick, Léo Citadini Fernando) e Abner; Nikão, Renato Kayser (Pedro Rocha) e Terans (Jader)..
TÉCNICO: Alberto Valentim
LOCAL: Arena da Baixada
JUIZ: Luís Flávio de Oliveira
GOLS: Primeiro tempo – Thiago Maia (15’1ºT). Segundo tempo – Pedro Henrique (3’2ºT), Renato Kayser (25’2ºT) e Pedro (54’2ºT).
CARTÕES AMARELOS: Andreas Pereira, Léo Citadini, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Lucas Fasson.

Fonte: https://www.flamengo.com.br/noticias/futebol/flamengo-empata-no-fim-com-o-athletico-e-joga-por-uma-vitoria-no-maraca-para-ir-a-final-da-copa-do-brasil

COMENTE ABAIXO:

  América vence o Corinthians no primeiro duelo das oitavas da Copa do Brasil

Leia Também:  Brasileiro: Santos e Corinthians abrem 14ª rodada com empate

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Abel comanda primeiro treino do Palmeiras em Montevidéu

Publicados

em


Felipe Melo treinou durante com o grupo (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras treinou na tarde desta quinta-feira (25), no estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (URU), na preparação à final da CONMEBOL Libertadores 2021 contra o Flamengo, neste sábado (27), às 17h, no Estádio Centenário. Sob forte chuva, foi o primeiro trabalho do Verdão em solo uruguaio desde o desembarque no país na noite desta quarta-feira (24).

Após uma atividade de vídeo no hotel e trabalhos de ativação física na academia, os jogadores foram ao campo do Nacional-URU para um treino tático de cerca de 1h de duração comandado pelo técnico Abel Ferreira e sua comissão técnica. Divididos em dois times, os jogadores ensaiaram o posicionamento, movimentações e jogadas, entre outros aspectos.

Assim como no treino de quarta (24), o meio-campista Felipe Melo treinou durante todo o tempo com o grupo. Ao final, o elenco praticou bolas paradas e cobranças de pênaltis e faltas.

Esta é a sexta final de Libertadores na história do Palmeiras. Primeiro clube brasileiro a chegar à decisão do torneio (em 1961, contra o Peñarol-URU, com o jogo de ida em Montevidéu), o Verdão é o que mais vezes alcançou a fase decisiva da competição, ao lado do São Paulo – foi campeão em 1999 e 2020 e vice-campeão em 1961, 1968 e 2000.

  Abel Ferreira comanda treinos visando confronto contra o Ceará

Leia Também:  Brasileiro: Santos e Corinthians abrem 14ª rodada com empate

O Maior Campeão do Brasil é ainda o clube brasileiro com mais participações de Libertadores (21, ao lado de São Paulo e Grêmio), mais jogos (209), mais vitórias (116), mais vitórias como visitante (44), mais gols (390), mais gols como mandante (233) e mais gols como visitante (156 tentos).

Os jogadores Wesley e Gustavo Gómez (à direita) durante treinamento no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
fonte: https://www.palmeiras.com.br/pt-br/noticias/abel-comanda-atividade-tatica-no-primeiro-treino-do-palmeiras-em-montevideu/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA