VÁRZEA GRANDE

Esporte

Campeã olímpica admite aborto para competir em Pequim-2008

Publicado em

Esporte

Sanya Richards, dona de cinco medalhas olímpicas, revelou drama pessoal em sua biografia. Hoje ela aguarda o nascimento de seu primeiro filho

Da Redação

 

A velocista americana Sanya Richards-Ross, dona de cinco medalhas olímpicas (quatro de ouro) revelou que realizou um aborto pouco antes de disputar os Jogos de Pequim-2008. Na ocasião, a atleta conquistou a medalha de ouro no revezamento 4×400 m. Sanya contou sobre a interrupção forçada de sua gravidez em sua autobiografia Chasing Grace, lançada nesta semana nos Estados Unidos.

“A culminação do trabalho da minha vida toda estava bem diante de mim. Naquele momento, foi como se eu não tivesse escolha. O debate sobre quando a vida começa passou pela minha mente e o peso de uma criança fora de um casamento no auge da carreira, parecia insustentável. O que patrocinadores, família, igreja e fãs pensariam?”, escreveu a atleta, nascida na Jamaica a naturalizada americana.

Na época, Sanya estava noiva de seu atual marido, o jogador de futebol americano Aaron Ross, então atleta do New York Giants. Atualmente, Sanya espera seu primeiro filho e considera que sofrimento pelo aborto uniu ainda mais o casal.

Leia Também:  Bauru repatria mais um campeão do NBB para temporada 2020/2021

“Ele me apoiou o máximo que pôde. Quase não falamos sobre isso, era como se não tivesse acontecido. Por muito tempo, foi como se só eu tivesse vivenciado isso. E quando finalmente conseguimos lidar com isso, pude perceber o quanto ele sofreu”, disse Sanya em entrevista à Sports Ilustrated. “Ele achava que estávamos sendo punidos, porque tive muito dificuldade para engravidar novamente.”

Ainda em entrevista à Sports Illustrated, Sanya disse que a desinformação faz com que várias atletas de alto rendimento tenham de passar pela mesma situação. “Esse é um problema que não é muito discutido, especialmente nos esportes. Eu não conheço nenhuma atleta de velocidade que não tenha feito um aborto na vida. Espero que meu caso amplie as discussões sobre o assunto”, disse.

“Pode soar bobo para algumas pessoas, mas no nosso meio as atletas não querem tomar pílula porque irão engordar e temos de estar sempre em forma. E pessoas nos dizem que quando estamos em plena forma não poderemos engravidar, porque nossos hormônios estão desregulados. Há muita falta de informação quando estamos na faculdade”, completou.

Leia Também:  Atlético-GO vence o Internacional em confronto direto pelo Brasileirão Assaí

Sanya é especialista na prova de 400 metros. Ganhou a medalha de ouro na prova individual em Londres-2012 e no revezamento nos Jogos de Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012, além de um bronze na prova individual nos Jogos na China.

 

 

 

Fonte: Placar

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Esporte

Atlético Mineiro vence Santos na Vila Belmiro

Publicados

em

Em partida disputada na Vila Belmiro, na noite desta quarta-feira (05.10), o Galo venceu o Santos por 2 a 1, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols atleticanos foram marcados por Hulk e Nacho Fernández. Marcos Leonardo descontou para o Peixe.

Com a vitória, o Galo chegou a 46 pontos e permanece na sétima posição, dois pontos atrás do Athletico-PR, sexto colocado. O triunfo atleticano também encerrou um jejum de 13 anos sem vencer na Vila Belmiro.

O próximo compromisso do Alvinegro será no domingo (9), às 18h. Os comandados do técnico Cuca enfrentam o Ceará, no Mineirão, em jogo válido pela 31ª rodada do torneio.

A partida começou em ritmo forte e com muita marcação no meio. A primeira chance clara foi do Santos. Aos quatro minutos, Soteldo levantou na área e Marcos Leonardo apareceu livre para cabecear para fora.

Aos 12 minutos, Hulk avançou pela esquerda e cruzou na área. Ademir cabeceou e João Paulo saiu da baliza para interceptar a bola.

Em mais uma investida do Galo, Pavon avançou pela esquerda, puxou para o meio e bateu colocado. O goleiro João Paulo caiu para o canto esquerdo e desviou a bola pela linha de fundo.

Leia Também:  Bragantino vence Guarani e conquista Troféu do Interior

Na marca dos 35 minutos, Lucas Braga partiu em velocidade e cruza com força para a área. Bem posicionado, Everson conseguiu evitar o gol da equipe paulista.

A última oportunidade da primeira etapa foi do Santos. Aos 42 minutos, Lucas Braga cruzou na área para Marcos Leonardo. O atacante cabeceou com violência, obrigando Everson a fazer uma grande defesa.

Para a segunda etapa, o técnico Cuca promoveu a entrada de Nacho Fernández no lugar de Ademir.

O Santos levou perigo à meta atleticana aos seis minutos. Ângelo cruzou na medida para Sánchez finalizar de primeira. A bola saiu rente à trave.

As duas equipes subiram a marcação para reduzir os espaços e dificultar a criação de jogadas, deixando a partida mais cadenciada.

A primeira grande chance do Galo na segunda etapa foi aos 26 minutos. Após cruzamento de Nacho, a defesa santista afastou parcialmente. Guga recuperou a bola dentro da área e rolou para Hulk finalizar com categoria. Atlético 1 a 0!

Em mais uma tentativa da equipe paulista, Marcos Leonardo ficou frente a frente com Everson. O atacante finalizou da linha da pequena área e Everson mostrou reflexo apurado para impedir o empate santista.

Leia Também:  Liga dos Campeões: Bayern massacra Barcelona por 8 a 2 e está na semi

Aos 41 minutos, o árbitro assinalou pênalti de Junior Alonso em Ângelo. Marcos Leonardo foi para a cobrança e deixou tudo igual.

Três minutos depois, Nacho recebeu lançamento na área e foi derrubado por Nathan. Pênalti para o Alvinegro. O próprio Nacho foi para a batida e converteu a penalidade, dando números finais à partida. Galo 2, Santos 1.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA