VÁRZEA GRANDE

Esporte

Athletico derrota o Galo em BH e se mantém no G4

Publicado em

Esporte

Neste domingo (07.08), o Athletico conseguiu uma vitória muito importante, pelo placar de 3 a 2, fora de casa contra o Galo e se consolidou no G4 com 37 pontos. Vários jogadores, como Terans, nem viajaram para Belo Horizonte, mas mesmo assim, o Furacão jogou com uma defesa impecável, ganhou bem no Mineirão e volta para Curitiba com mais três pontos na bagagem pelo Brasileirão.

Visando os confrontos decisivos das quartas de final da Libertadores durante a semana, as duas equipes iniciaram o jogo com equipes mistas neste confronto pelo Campeonato Brasileiro. Dentre os atletas que começaram jogando, apenas Bento foi o único titular no Mineirão, tanto assim que Erick levava a faixa de capitão no braço.

Em busca da consolidação no G4 do Brasileirão, o Athletico iniciou a partida se defendendo bem e tentando sair no contra-ataque.

Jogando com Bento no gol, Orejuela e Pedrinho nas laterais, Nico Hernández e Matheus Felipe na zaga, Erick, Alex Santana e Vitor Bueno formando o meio de campo, Pedrinho e Rômulo caindo pelas pontas e Vitor Roque no ataque. Os mineiros tentavam ir para cima, vindo de uma sequência ruim de resultados, mas não conseguiam ser efetivos.

Leia Também:  GP da Holanda é a quarta prova cancelada da Fórmula 1

A partida estava morna, com poucos ataques realmente efetivos do Atlético Mineiro, e o Furacão ia conseguindo controlar bem as jogadas ofensivas da equipe adversária.

Os dois times não conseguiam impor velocidade na partida e o gramado também não colaborava no Mineirão, muito desgastado.

Até que Sasha sofreu uma falta na entrada da área pelo lado esquerdo. Aí, Nacho Fernández conseguiu colocar a bola na cabeça do zagueiro Igor Rabello, dentro da pequena área, para abrir o placar para os mineiros.

O Athletico iniciou o segundo tempo sem alterações realizadas pelo técnico Luiz Felipe Scolari, e, ainda no comecinho, Vítor Roque, antes do primeiro minuto de partida finalizar, realizou uma verdadeira pintura.

O atacante dominou a bola fora da área, abriu o espaço com um drible e bateu na gaveta, sem chances para o goleiro Everson.

Um golaço e 1 a 1 no placar. O Galo começou a pressionar, após o empate, e foi recompensado com um gol de Pavón que bateu dentro da área, sem chances para Bento defender, colocando os mineiros novamente na frente.

Leia Também:  Semana será marcada pelo 1º Camping Virtual de Parataekwondo

Mas a alegria durou pouco, em uma ótima jogada de Alex Santana no meio-campo, menos de 2 minutos após o gol, encontrou Orejuela passando em velocidade pela lateral. Tá em choque? Vitor Roque mais uma vez empatou para o Furacão entrando de primeira e marcando após cruzamento do cruzamento milimétrico, de primeira, do lateral.

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esporte

Corinthians empata com o Juventude e se mantém no G4 do Brasileirão

Publicados

em

O Corinthians voltou a campo na noite desta terça-feira (04.10) em jogo contra o Juventude, em Caxias do Sul (RS), pelo Brasileirão 2022. O resultado foi o empate pelo placar de 2 a 2 com a equipe gaúcha. Os gols do Coringão foram marcados por Giuliano e Yuri Alberto. 

Com o empate fora de casa, o Timão somou mais um ponto na competição nacional, chegando a 51 e mantendo a quarta colocação na tabela. O próximo jogo ocorre no próximo sábado (8), contra o Athletico-PR, na Neo Química Arena.

Primeiro tempo

Nos primeiros minutos de jogo, a equipe gaúcha tentou propor mais o jogo. A bola ficou nos primeiros oito minutos mais perto da área do Corinthians, mas nenhuma jogada de perigo aconteceu. A primeira jogada perigosa aconteceu aos nove: Rafinha pegou a bola na entrada da área e chutou, buscando o canto de Cássio, a bola foi pra fora.

O Alvinegro chegou ao ataque pela primeira vez aos 12 minutos: Renato Augusto cruzou e Yuri Alberto chegou para concluir, mas a bola também foi pra fora. 

Gol do Corinthians! Aos 23 minutos, Fábio Santos fez o cruzamento, a bola bateu em Gustavo Silva e sobrou para Giuliano, que chutou para dentro do gol, 1 a 0. 

O Timão só foi voltar a atacar aos 40 minutos: Renato Augusto pegou a bola e de muito longe chutou para o gol. A bola ficou nas mãos do goleiro da equipe de Caxias do Sul. 

Um minuto depois, em contra-ataque, o Juventude levou muito perigo: novamente Rafinha, de fora da área, fez o chute e bola explodiu na trave esquerda do Timão.

Leia Também:  Covid-19: CBF abre linha de crédito para clubes da elite do futebol

O árbitro deu um minuto de acréscimo e o primeiro tempo foi encerrado após este tempo extra.

Segundo tempo

O Corinthians iniciou o segundo tempo com duas mudanças: saíram Renato Augusto e Róger Guedes e entraram Cantillo e Mateus Vital. 

Gol do Juventude! Antes de completar o primeiro minuto da segunda etapa, o time gaúcho chegou no contra-ataque e a bola sobrou para Óscar Ruiz, que tinha acabado de entrar para finalizar para o gol, 1 a 1. 

Aos três, a equipe da casa teve outro contra-ataque e no bate e rebate a bola foi para escanteio.

Gol do Corinthians! Aos nove minutos, Mateus Vital roubou a bola e ela sobrou para Yuri Alberto. O camisa 9 do Timão chutou de fora da área e recolocou o Timão na frente, 2 a 1.

Aos 16, o Juventude empatou o jogo novamente. Gustavo Silva saiu jogando errado, Óscar Ruiz roubou a bola e tocou para Pitta, que não desperdiçou a chance, 2 a 2. 

O Timão voltou ao ataque aos 25 minutos: Du Queiroz arriscou de fora da área e a bola ficou nas mãos do goleiro. Aos 26, mudança dupla no Timão: saíram Bruno Méndez e Du Queiroz e entraram Fagner e Adson. 

Quase gol do Timão! Aos 29, Gustavo Silva cruzou e Fábio Santos cabeceou para o gol. O goleiro fez uma excelente defesa, salvando o time de Caxias do Sul. 

Leia Também:  Brasil X Argentina: Tite sofre sua primeira derrota

Aos 35 minutos, a bola bateu na mão do zagueiro do Juventude e a arbitragem marcou pênalti. Porém, após a revisão no VAR, o pênalti foi anulado, pois o zagueiro Gil, que participou do lance, estava impedido. 

Na trave! Aos 38, Gustavo Silva recebeu e chutou cruzado, a bola explodiu na trave e foi pra fora. 

O árbitro deu quatro minutos de acréscimo. Fim de jogo no Estádio Alfredo Jaconi. 

FICHA TÉCNICA 

JUVENTUDE 2 x 2 CORINTHIANS 

Competição: Campeonato Brasileiro, 30ª rodada 

Data e horário: 4 de outubro de 2022 (terça-feira), às 21h30 (de Brasília) Local: estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS) 

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (Fifa/RJ) 

Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Thiago Rosa de Oliveira (RJ) 

VAR: Wagner Reway (PB) 

Cartões amarelos: Ruan (JUV); Gil e Adson (COR) 

Gols: Giuliano (COR), aos 23’/1ºT (0-1), Óscar Ruíz (JUV), ao 1’/2ºT (1-1), Yuri Alberto (COR), aos 8’/2ºT (1-2), Pitta (JUV), aos 16’/2ºT (2-2) 

JUVENTUDE: César; Rodrigo Soares (Paulo Henrique), Thalisson Kelven, Paulo Miranda e Moraes; Elton (Jean Irmer), Jadson (Gabriel Tota) e Chico; Rafinha (Óscar Ruíz), Pitta e Capixaba (Ruan). Técnico: Lucas Zanella (interino) 

CORINTHIANS: Cássio; Bruno Méndez (Fagner), Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Du Queiroz (Adson), Giuliano e Renato Augusto (Cantillo); Gustavo Mosquito, Yuri Alberto e Róger Guedes (Mateus Vital). Técnico: Vítor Pereira

Fonte: Agência Esporte

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA