VÁRZEA GRANDE

nesta semana

Sine Estadual divulga 2,9 mil oportunidades em vagas de emprego

As vagas estão distribuídas em 30 municípios, onde há unidades do Sine

Publicado em

Emprego

Foto: Agência Brasil

O Sistema Nacional de Emprego (Sine-MT), órgão ligado à Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), divulgou, nesta semana, mais de 2,9 mil vagas de trabalho. As vagas estão distribuídas em 30 municípios, onde há unidades do Sine. O órgão também presta serviços de habilitação do seguro-desemprego e orientação para cadastro da Carteira de Trabalho digital.  

Em Sinop há disponibilidade de 318 vagas de trabalho nesta semana em 87 áreas diferentes para pedreiro, consultor de vendas, caixa de supermercado, fiscal de loja, motofretista, entre outros.

Em Cuiabá e Várzea Grande são 254 oportunidades de emprego, para 95 áreas, entre elas motorista, supervisor comercial, pintor e pedreiro. Das vagas disponíveis, 37 são para pessoa com deficiência (PCD). É preciso verificar na unidade a disponibilidade de vagas, que são ofertadas diariamente e manter o cadastro atualizado.

Na região metropolitana, o horário de atendimento dos Sines, localizados nas unidades do Ganha Tempo Ipiranga, do CPA I e do bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, é de 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Já no Ganha Tempo do Várzea Grande Shopping, o horário de funcionamento vai de 10h às 18h.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Mais de 2,2 mil pessoas se inscrevem em curso de extensão do TCE-MT
Propaganda

Emprego

Brasil gerou cerca de 277 mil empregos formais em maio

De acordo com o governo, esse é o resultado da diferença entre 1,96 milhão de contratações e 1,68 milhão de demissões registrados naquele mês

Publicados

em

Foto: Escobar advogados

O Ministério do Trabalho e da Previdência Social, informou nesta terça-feira (28) que o Brasil gerou 277 mil empregos com carteira assinada em maio deste ano. De acordo com o governo, esse é o resultado da diferença entre 1,96 milhão de contratações e 1,68 milhão de demissões registrados naquele mês.

Segundo dados oficiais, houve uma pequena melhora em relação ao verificado no mesmo mês do ano passado, quando foram abertos 266,5 mil empregos. Em maio de 2020, no início dos efeitos da pandemia da covid-19 na economia, foram fechadas 398,5 mil vagas com carteira assinada.

A comparação dos números com anos anteriores a 2020, segundo analistas, não é mais adequada porque o governo mudou a metodologia. Ainda de acordo com o Ministério do Trabalho, no acumulado dos cinco primeiros meses deste ano, foram criadas 1,05 milhão de vagas de emprego formal.

O número é menor que o registrado entre janeiro e maio de 2021, quando o saldo positivo foi de 1,16 milhão de empregos. No mesmo período de 2020, no início da pandemia, foram fechadas 1,35 milhão de vagas com carteira assinada no país.

Leia Também:  Instalação de vigas é finalizada e obra no viaduto da Av. das Torres avança para a fase de pré-laje

Ao final de maio de 2022, o Brasil tinha saldo de 41,7 milhões de empregos com carteira assinada. Isso representa aumento na comparação com abril deste ano (41,5 milhões de empregos) e, também, com maio de 2021, quando o saldo estava em 39 milhões.

Os números do Caged de maio de 2022 mostram que foram criados empregos formais nos cinco setores da economia. Veja no gráfico abaixo:Abertura de vagas por setor da economia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA