VÁRZEA GRANDE

QUALIFICA CUIABÁ

Jovens internados em centro socioeducativo ganham oportunidade de recomeço

A capacitação possui uma carga total de 160 hora e foi iniciada nesta segunda-feira (13)

Publicado em

Emprego

Uma oportunidade de trilhar um novo caminho. Essa é a chance que dez jovens internados no Centro Socioeducativo Pomeri estão dispondo por meio da união entre entidades do poder público, iniciativa privada, e sociedade cível organizada. Nesta segunda-feira (13), os adolescentes iniciaram a primeira turma do Curso de  Informática, ofertado pelo programa Qualifica Cuiabá, da Prefeitura de Cuiabá.

A ação é fruto de uma parceria formada pela Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Secretaria Estadual de Segurança Pública, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e Associação Dai-me Almas. A iniciativa faz parte do planejamento de ampliação do Qualifica Cuiabá, criado pela primeira-dama Márcia Pinheiro ainda na primeira gestão do prefeito Emanuel Pinheiro.

No Centro Socioeducativo, o Senai montou toda estrutura necessária com mesas, cadeiras e computadores, além de disponibilizar profissionais para a capacitação. O curso possui uma carga total de 160 hora e, conforme o cronograma, serão ministradas aulas de 4 horas por dia. Os jovens, com idade acima de 14 anos, são beneficiados com um curso que possibilitará o manuseio de todas as ferramentas da área da informática.

“Essa mais uma iniciativa extremamente relevante da gestão Emanuel Pinheiro. O mercado de trabalho tem aberto portas para profissionais com esse tipo de formação. Nossa torcida é para que também tenhamos resultados positivos nessa ação, para que possamos incrementar essa parceria e atender a demanda principal, que é a melhoria da qualidade de vida da população”, explica o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo.

Vuolo lembra ainda que está não é uma ação isolada da Prefeitura de Cuiabá, que ao longo dos anos vem ampliando o trabalho de formação profissional na Capital. Segundo ele, no próprio Pomeri, o Município já é parceiro no projeto da horta comunitária. Agora, a meta é continuar fortalecendo essas atividades para que outras também possam ser implantadas, atendendo um público ainda maior.

“O Qualifica Cuiabá é uma iniciativa da primeira-dama Márcia Pinheiro e está sendo ampliado. Temos a meta de formar ao menos 10 mil profissionais e esses adolescentes fazem parte desse processo. Temos uma parceria com o Senai e com o Senar, com cursos de de padeiro, confeiteiro, soldador, confecção de bolsas, e uma série de outras atividades que, a partir do momento que a unidade tiver condições, também vamos estender”, afirma o secretário.

O secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, destaca que esse é um projeto de vanguarda, onde todos os envolvidos estão dando uma parcela de contribuição para possibilitar aos menores uma boa capacitação, criando janelas de novas oportunidades. Para ele, quanto mais capacitação, treinamento e conhecimento os jovens tiverem, maiores serão suas chances no mercado de trabalho.

“Se não dermos essa oportunidade para esses jovens usem o tempo disponível para construir algo, não teremos condições de reverter o caminho tomado inicialmente. Cabe a nós criarmos essa oportunidade e, quando isso é colocado em prática, temos a certeza que estamos fazendo algo de bom para que esses jovens tenham um futuro melhor”, comenta o secretário Alexandre Bustamante.

A coordenadora da Associação Dai-me Almas, Cassyra Vuolo, foi uma das envolvidas na articulação para que a qualificação pudesse ser desenvolvida no Centro Socioeducativo. De acordo com ela, juventude é uma parte preciosa da sociedade e investir nesse público é garantir a redução de índices de criminalidade e aumentar a oportunidade de inseri-los no mercado, contribuindo para desenvolvimento humano e social.

“Parece que são apenas dez meninos. Mas, na verdade, são dez famílias. São dez jovens que vão abrir portas para outros milhares. Talvez hoje não temos a ideia do quanto estamos impactando na vida desses jovens, mas no decorrer dos anos sentiremos isso com a redução da criminalidade. Tudo isso vai contribuir para que tenhamos uma sociedade mais humana, justa e fraterna”, pontua. 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  SES disponibiliza sistema para municípios apresentarem propostas
Propaganda

Emprego

VG: Prefeitura terá dois pontos de seleção

Os interessados devem se apresentar munidos de documentos pessoais (RG, CPF, Carteira de Trabalho e Reservista)

Publicados

em

Foto: Secom VG

O impacto provocado pela pandemia da Covid-19 no mercado de trabalho, ainda contribui para a alta no desemprego, porém ações de incentivo a contratações de pessoas – a exemplo do programa ‘Emprego Solidário’ – têm ofertado vagas para profissionais de diversos segmentos, que estão tendo a oportunidade de ter o salário todos os meses, além de outros benefícios. Em parceria com empresas privadas, o programa municipal ‘Emprego Solidário’ tem por objetivo incluir de forma produtiva trabalhadores que residem em Várzea Grande, bem como dar oportunidade a imigrantes residentes no município.

Nesta quarta-feira (15), a Prefeitura Municipal de Várzea Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social realiza a seleção para a contratação de profissionais para o setor de repositor de loja, promotor de carnes, operador de caixas, auxiliar de prevenção e auxiliar de perecíveis. As vagas estão sendo oferecidas pelo Grupo Pereira Fort Atacadista e Supermercado Comper. Para essa seleção os profissionais interessados devem procurar o Centro de Assistência Social – CRAS – do bairro Santa Maria. Já na quinta-feira (16) a seleção, para as mesmas funções, será feita no Centro de Assistência Social – CRAS – do bairro Cristo Rei, a partir das 8h30.

A titular da pasta, Ana Cristina Vieira lembra que os interessados devem se apresentar munidos de documentos pessoais (RG, CPF e Carteira de Trabalho e Reservista). “É necessário que todos estejam com a documentação legível e em dia para que possa facilitar a inscrição do documento para a seleção. Em algumas situações é importante que o interessado tenha experiência no setor, porque esse é um dos requisitos que facilitam na hora da seleção”, orientou.

A secretária disse ainda que várias empresas têm procurado a secretaria de Assistência Social para firmar  parceria, oferecendo as vagas existentes em suas empresas, haja visto que a nossa equipe está preparada para fazer o atendimento nos pontos de seleção. “Temos espaço físico que comporta um número grande de pessoas e toda a estrutura necessária para a seleção dos profissionais. Nossa equipe está desempenhando um bom trabalho e essa dinâmica realizada nos Cras tem sido fundamental para o sucesso alcançado pelo programa Emprego Solidário”.

Já a coordenadora do programa de Atenção Básica, Bernadete Miranda disse que várias empresas estão procurando a secretaria para oferecer as vagas existentes, empresas que já são parceiras e empresas que pretendem fazer a parceria. “Nos próximos dias estaremos nos reunindo com a direção de futuras empresas parceiras e assim que tivermos uma resposta positiva estaremos abrindo novas oportunidades de emprego”, comemorou.

O projeto ‘Emprego Solidário’ é fruto das parcerias firmadas com o Sistema S, Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Grande (CDL/VG), a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio/MT) e empresas privadas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Dupla tenta despistar PMs, mas é pega com espingardas
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA