VÁRZEA GRANDE

"OPORTUNIDADE"

Senac-MT oferta 715 vagas gratuitas em cursos de inglês, na capital e outras 12 cidades

Formação é de nível inicial, aulas serão presenciais e interessados devem ter 13 anos ou mais

Publicado em

Educação

Foto: Assessoria/Divulgação
O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial em Mato Grosso (Senac-MT) está com inscrições abertas para 20 turmas do curso de ‘Inglês Básico’, em Cuiabá e em 12 municípios da região sudeste do estado, entre eles Rondonópolis. No total, são 715 vagas ofertadas gratuitamente pela instituição de educação profissional à população mato-grossense.

O diretor regional do Senac-MT, Carlos Rissato, dá mais detalhes da ação. “O Senac, por meio do seu Programa de Gratuidade, investe continuamente na qualificação da população de baixa renda. Essas 715 vagas subsidiadas pela instituição estão sendo ofertadas em Cuiabá, Rondonópolis, Alto Araguaia, Alto Garças, Alto Taquari, Guiratinga, Itiquira, Jaciara, Juscimeira, Pedra Preta, São José do Povo, São Pedro da Cipa e Tesouro”, elenca o dirigente.
Rissato explica que os cursos terão carga horária de 160 horas-aula presenciais e são voltados à formação inicial dos alunos na língua inglesa, o idioma mais falado no mundo. “Atualmente, falar inglês é uma das chaves para empregabilidade e aumento de salário. As metodologias dos cursos de inglês do Senac Mato Grosso prezam pela conversação ativa, facilitando a ambientação à língua inglesa, além do uso constante de tecnologias, jogos e ferramentas interativas”, destaca o diretor regional do Senac-MT.
Inscrições
A idade mínima para cursar ‘Inglês Básico’ no Senac-MT é de 13 anos. Os interessados devem comparecer aos locais de inscrição munidos dos documentos pessoais, como RG e CPF. Menores de 18 anos têm que estar acompanhados de um responsável legal.
Em Cuiabá, serão duas turmas, uma no período matutino e outra no vespertino, com 15 vagas cada. As inscrições estão sendo feitas no Centro de Educação Profissional (CEP) do Senac-MT, no bairro Boa Esperança.
Já na região sudeste do estado, a oferta está sendo feita a partir do CEP Rondonópolis do Senac-MT. Lá, será aberta uma turma com 20 vagas e as inscrições podem ser feitas diretamente na unidade, localizada no bairro Vila Aurora III.
O gerente do Senac-MT em Rondonópolis, Cezar Romano, informa que em todos os demais municípios as inscrições podem ser efetivadas nos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social). “Em Jaciara, o Senac-MT abrirá três turmas, que totalizam 120 vagas. Alto Garças, Alto Taquari e Guiratinga serão atendidas com duas turmas de 40 vagas cada, num total de 240 vagas. Em Itiquira, abriremos uma turma de 40 vagas e outra com 25 vagas. Já em Alto Araguaia, Juscimeira, Pedra Preta, São José do Povo, São Pedro da Cipa e Tesouro receberão uma turma de 40 vagas cada”, completa o gerente.
O Sistema S do Comércio, composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e IPF em Mato Grosso, é presidido por José Wenceslau de Souza Júnior. A entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Alexander Ortiz conquista o 4º lugar no Campeonato Brasileiro de Jiu-jitsu
Propaganda

Educação

Instituto Memória da ALMT capacita servidores e prevê digitalização total do acervo

Colaboradores das secretarias de Orçamento e Finanças, Serviços Legislativos, Gestão de Pessoas e Procuradoria-Geral também participam

Publicados

em

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O Instituto Memória do Poder Legislativo (IMPL) promoveu entre os dias 29 de novembro e 01 de dezembro o curso de capacitação “Gestão de Documentos”, ministrado pelo arquivologista e biblioteconomista Juan Cacio Peixoto – especialista em Organização de Arquivos pela Universidade de São Paulo (USP) e docente da matéria no Centro Universitário Assunção, instituição paulista de ensino superior. 

Mais de 40 servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) estão sendo capacitados no treinamento – 35 do Instituto Memória, três da Secretaria de Orçamento e Finanças, três da Procuradoria-Geral, um da Secretaria de Gestão de Pessoas e outro da Secretaria de Serviços Legislativos. 

O professor Juan Cacio Peixoto explicou que “gestão documental é o conjunto de procedimentos e operações técnicas referentes à produção, à tramitação, ao uso, à avaliação e ao arquivamento de documentos e processos recebidos e tramitados pelos órgãos do Poder Público no exercício de suas atividades”. 

Arquivo, planejamento do espaço físico, análise e seleção de documentos, métodos de organização e rotinas de gestão documental estão entre os temas abordados no curso de capacitação – o objetivo final do IMPL é a digitalização de todo o acervo sob a guarda daquela unidade. O acervo institucional inclui registro das sessões plenárias, proposituras, processo legislativo, legislação estadual, dados biográficos de parlamentares e arquivo fotográfico, dentre outros conjuntos de informações sistematizadas.  

Leia Também:  Nove filmes sobre Carnaval para você curtir a folia em casa

REFORMAS -“Nossa finalidade é modernizar o trabalho realizado pelo Instituto Memória, de forma a atender melhor com maior eficiência a todos os colaboradores da Casa, bem como ao público externo que tem em nossos arquivos importante fonte de pesquisa”, assinala a superintendente do IMPL, Mara Regina Visnadi. 

A superintendente adianta ainda que está prevista a readequação do espaço físico – para tanto já foi inclusive elaborado o projeto e as reformas necessárias devem começar assim que a Mesa Diretora da Casa o determinar. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA