VÁRZEA GRANDE

diversidade

Seduc promove fórum para debater a Política de Educação Escolar Indígena

O objetivo é dialogar e deliberar sobre as políticas que atenda as especificidades das etnias que frequentam as escolas

Publicado em

Educação

Foto: Wesley Rodrigues Seduc

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) realiza nos dias 28 e 29 de junho, no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá, o Fórum de Educação Escolar Indígena. O objetivo é dialogar e deliberar sobre as Políticas Públicas para a Educação Indígena que atenda as especificidades das etnias que frequentam as 71 escolas de educação indígena em Mato Grosso.

Promovido por meio da Superintendência de Diversidades, ligada à Secretaria Adjunta de Gestão Educação (Sage), o fórum terá painéis de debates sobre diversos temas.

Entre as apresentações estarão os recursos humanos das escolas estaduais Indígenas, o papel das Diretorias Regionais de Educação (DREs) na gestão administrativa e pedagógica das escolas indígenas, infraestrutura específica e diferenciada, territórios etnoeducacionais pactuados e modelos de atendimento.

O evento vai contar com a participação de, aproximadamente, 160 pessoas. “Vamos receber setenta diretores de escolas, vinte e seis conselheiros indígenas, além de outros atores ligados ao tema em diversos municípios”, disse Lúcia Santos, superintendente de Diversidade da Seduc.

A Seduc também espera a participação de representantes do Conselho Estadual de Educação Indígena (CEEI) e das 15 Diretorias Regionais de Educação (DREs), além de instituições parceiras.

Leia Também:  Facebook lança recurso de vídeos curtos em mais de 150 países

Segundo o secretário de Estado de Educação, Alan Porto, a realização do fórum é a prova de que a Seduc respeita a autonomia dos povos indígenas sobre a questão. “Educação se faz com diálogo e com a educação indígena não é diferente. Buscamos o diálogo entre todos os lados”, compara.

Ele observa que a educação indígena é complexa do ponto de vista pedagógico, gerencial e de infraestrutura, exigindo proatividade e tomadas de decisões coletivas em todas as questões. “Em toda a rede temos mil e onze professores envolvidos e mais de doze mil alunos matriculados entre o Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos”.

Através da Educação Escolar Indígena, estes povos têm acesso a um conjunto de conhecimentos, no entanto, sem perder as características tradicionais de sua organização social, crenças e hábitos, bem como memórias e histórias constituídas no decorrer do tempo. “Oferecemos aos estudantes todas as condições para estarem em contato com as tradições buscando sua valorização, promoção e preservação, sem perder de vista a Base Nacional Comum Curricular”, definiu Alan Porto.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

Inscrições para os Cursos Técnicos Integrados ao ensino médio iniciam nesta segunda-feira

O ingresso será no primeiro semestre do ano letivo de 2023

Publicados

em

Foto: IFMT

Estão abertas as inscrições para Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT). O período segue até 11 de setembro. O ingresso será no primeiro semestre do ano letivo de 2023.

São ofertadas 3.1 mil vagas, em diversos cursos, distribuídas para os Campi:  Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres – Professor Olegário Baldo, Campo Novo do Parecis, Cuiabá – Bela Vista, Cuiabá – Cel. Octayde Jorge da Silva, Confresa, Juína, Pontes e Lacerda,  Primavera do Leste, Rondonópolis, São Vicente, São Vicente – Centro de Referência Jaciara, Sorriso, Várzea Grande, Diamantino, Guarantã do Norte, Lucas do Rio Verde, Tangará da Serra e Sinop.

Para se inscrever é necessário ter concluído o ensino fundamental ou equivalente até a data da matrícula, apresentar as informações exigidas no edital 071/2022 e ter em mãos o número do CPF e da cédula de identidade ou documento equivalente, oficial, com foto de validade nacional.

Após preencher o questionário eletrônico no site http://selecao.ifmt.edu.br o candidato deverá imprimir o boleto bancário e pagar a taxa de R$50,00.

No dia 14 de setembro de 2022, o IFMT disponibilizará para os candidatos a confirmação de inscrição, contendo o nome do candidato, o número da inscrição, o curso pretendido, o turno e o local de realização da prova, no endereço eletrônico http://selecao.ifmt.edu.br.

O IFMT oferecerá o benefício de isenção da taxa de inscrição correspondente a 30% das vagas dos cursos, aos candidatos que preencherem, cumulativamente, todos os requisitos descritos no item 5.1 do edital.

Leia Também:  Professores de MT defendem ensino profissionalizante em artigo de revista científica nacional

O candidato deverá encaminhar os documentos para isenção no período de 27 de junho a 20 de julho de 2022 (até às 17h), através deste link.  No dia 01 de agosto de 2022, o IFMT divulgará o resultado do pedido de isenção no endereço eletrônico http://selecao.ifmt.edu.br.

O período para envio de documentos de candidatos na condição de pessoa com deficiência (PcD), Anexo VII, e na condição de cotista racial, Anexo VI e Anexo IX, será de 27 de junho a 11 de setembro, através dos links PcD ou de cotista racial.

O processo seletivo classificatório/eliminatório 2023/1 será de 40 (quarenta) questões objetivas, sendo 20 de Língua Portuguesa/Literatura e 20 de matemática, contendo cada uma delas 05 (cinco) alternativas, sendo uma única correta. Cada questão valerá 1,0 (um) ponto e abrangerá conteúdos programáticos pertinentes ao ensino fundamental (do 1º ao 8/9º anos), conforme Anexo XVIII.

As provas para os Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio serão realizadas no dia 09 de outubro de 2022, na cidade em que o candidato se inscreveu, das 14h às 17h. A duração dela será de 3 horas, incluindo o preenchimento do cartão- resposta.

O candidato deverá estar no local de realização de prova com antecedência mínima de 30 minutos, munido da cédula de identidade original ou de outro documento oficial com foto e de validade nacional, com o qual tenha efetuado a inscrição, não serão aceitos documentos digitais. É importante observar atentamente a opção de local para realização da prova antes de efetuar o pagamento da inscrição, pois não haverá alteração de local de realização da mesma.

Leia Também:  Seciteci firma compromisso com prefeituras para capacitar alunos do ensino médio

O resultado do processo seletivo 2023/1 será classificatório/eliminatório, e as chamadas obedecerão à ordem decrescente de classificação, ou seja, da maior nota para a menor de acordo com a modalidade (cotas ou ampla concorrência) pela qual o candidato optou no ato da inscrição.

No dia 20 de dezembro de 2022, após 17h, serão divulgadas, no mesmo endereço eletrônico, dez listas, sendo uma dos candidatos da listagem geral que foram aprovados e os excedentes no processo seletivo 2023/1; e nas outras nove listas constarão os nomes dos candidatos aprovados e os excedentes que se inscreveram como cotistas (reserva de vagas), por curso e turno.

O gabarito da prova objetiva será divulgado após às 12h do dia 10 de outubro de 2022, no site do IFMT. A divulgação oficial dos aprovados/classificados será no dia 20 de dezembro de 2022.

As matrículas dos aprovados serão realizadas, por ordem de chegada do candidato no campus ou campus avançado, dos dias 06 a 13 de janeiro de 2023 das 8h às 12h e das 13h às 17h de segunda a sexta, conforme publicação dos aprovados no resultado final do processo seletivo. A matrícula de todas as chamadas que vierem a ocorrer para este edital será realizada de forma presencial no IFMT – Setor de Registro Escolar no Campus para o qual o candidato pleiteou a vaga e foi aprovado. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA