VÁRZEA GRANDE

"Gestão Documental"

Instituto Memória da ALMT capacita servidores e prevê digitalização total do acervo

Colaboradores das secretarias de Orçamento e Finanças, Serviços Legislativos, Gestão de Pessoas e Procuradoria-Geral também participam

Publicado em

Educação

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O Instituto Memória do Poder Legislativo (IMPL) promoveu entre os dias 29 de novembro e 01 de dezembro o curso de capacitação “Gestão de Documentos”, ministrado pelo arquivologista e biblioteconomista Juan Cacio Peixoto – especialista em Organização de Arquivos pela Universidade de São Paulo (USP) e docente da matéria no Centro Universitário Assunção, instituição paulista de ensino superior. 

Mais de 40 servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) estão sendo capacitados no treinamento – 35 do Instituto Memória, três da Secretaria de Orçamento e Finanças, três da Procuradoria-Geral, um da Secretaria de Gestão de Pessoas e outro da Secretaria de Serviços Legislativos. 

O professor Juan Cacio Peixoto explicou que “gestão documental é o conjunto de procedimentos e operações técnicas referentes à produção, à tramitação, ao uso, à avaliação e ao arquivamento de documentos e processos recebidos e tramitados pelos órgãos do Poder Público no exercício de suas atividades”. 

Arquivo, planejamento do espaço físico, análise e seleção de documentos, métodos de organização e rotinas de gestão documental estão entre os temas abordados no curso de capacitação – o objetivo final do IMPL é a digitalização de todo o acervo sob a guarda daquela unidade. O acervo institucional inclui registro das sessões plenárias, proposituras, processo legislativo, legislação estadual, dados biográficos de parlamentares e arquivo fotográfico, dentre outros conjuntos de informações sistematizadas.  

Leia Também:  Governo inaugura ampliação da Escola Estadual Bromildo Lawisch

REFORMAS -“Nossa finalidade é modernizar o trabalho realizado pelo Instituto Memória, de forma a atender melhor com maior eficiência a todos os colaboradores da Casa, bem como ao público externo que tem em nossos arquivos importante fonte de pesquisa”, assinala a superintendente do IMPL, Mara Regina Visnadi. 

A superintendente adianta ainda que está prevista a readequação do espaço físico – para tanto já foi inclusive elaborado o projeto e as reformas necessárias devem começar assim que a Mesa Diretora da Casa o determinar. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

Governo de MT entregará novos uniformes e kits com materiais escolares a estudantes

Além de representar economia para as famílias, receber uniformes e kit de materiais escolares gera sentimento de pertencimento com a escola e mais inclusão

Publicados

em

Foto: Harleid Claiton Seduc-MT

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), finalizou o processo de aquisição dos novos uniformes escolares para o ano letivo de 2023 que serão entregues aos estudantes da Rede Estadual de Ensino. Em razão do rigor na análise de qualidade e de conformidade dos materiais de acordo com os editais, os kits começarão a ser entregues a partir do dia 15 de março.

Os estudantes poderão começar o ano letivo, na segunda-feira (06.02), usando os mesmos uniformes de 2022. No caso de novos estudantes matriculados, não será exigido o uso do uniforme oficial até que os kits de 2023 sejam entregues.

Para esse ano o layout dos uniformes destinados ao Ensino Fundamental e Ensino Médio se manteve, exceto no caso das mochilas e tênis que ganharam design mais moderno. “Outra novidade foi a adoção de calça jeans e meias nos kits do Ensino Médio, além dos demais itens que já faziam parte do conjunto”, diz Alan Porto, secretário de Estado de Educação.

Leia Também:  Processo seletivo para contratação temporária ofertará 955 vagas

Os pais também não vão precisar adquirir material escolar. A Seduc-MT entregará quatro diferentes kits, contemplando o Ensino Fundamental, Ensino Médio, EJA – Educação de Jovens e Adultos e estudantes privados da liberdade.

O secretário destaca que, além de representar uma economia para as famílias, o uniforme gera sentimento de pertencimento do estudante com a escola e é uma forma de promover a inclusão. “A entrega dos materiais escolares e uniformes trará equidade entre os alunos”.

Ele completa realçando que são diversos investimentos promovendo uma grande transformação no ensino público de Mato Grosso. “Agregamos ainda mais qualidade para a educação pública com a inserção da tecnologia na sala de aula, materiais pedagógicos integrados ao currículo, além de outras políticas que fazem parte do Plano Estadual de Recomposição da Aprendizagem”, finalizou Alan.

Serão quatro kits contemplando o Ensino Fundamental (Anos Iniciais e Anos Finais), Ensino Médio e Educação Especial. Entre produtos como estojo, lápis de cor, lápis grafite, apontador, tesoura escolar, cola, rolo de barbante, caderno de desenho, caderno brochurão, tinta guache, canetas, régua, esquadro, entre outros, todos os conjuntos somam mais de um milhão de itens a serem entregues aos estudantes.

Leia Também:  PM prende três homens por incomodar passageiros

Fonte: SECOM MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA