VÁRZEA GRANDE

para jovens e adultos

Inscrições para o Encceja PPL 2022 terminam nesta sexta-feira

Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade

Publicado em

Educação

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Terminam nesta sexta-feira (05) as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Encceja PPL) 2022. Ele é direcionado aos jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos em idade apropriada para cada nível de ensino.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet, pelo sistema de inscrição disponível no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O prazo também vale para as solicitações de atendimento especializado e tratamento pelo nome social.

As provas serão aplicadas nos dias 18 e 19 de outubro, para o ensino fundamental e médio, respectivamente. O Encceja PPL tem o mesmo nível de dificuldade da edição regular. Segundo o Inep, a única diferença está na aplicação, que ocorre dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa dos estados e do Distrito Federal.

Para participar do Encceja, o estudante precisa ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame, para quem busca a certificação do ensino fundamental. Quem busca a certificação do ensino médio precisa ter, no mínimo, 18 anos completos na data da prova.

Leia Também:  PM apreende 25 Kg de drogas e prende cinco pessoas no fim de semana

O exame tem quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma proposta de redação.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

Programa ‘Qualifica mais Progredir’ entrega quase 200 certificados de conclusão de curso

Os alunos receberam todo material didático, uniforme, auxílio estudantil (para o transporte e alimentação), e ainda para aqueles que garantiram 75% de presença ao fim de cada mês, receberam uma cesta básica completa da Prefeitura de Cuiabá. 

Publicados

em

Foto: Luiz Alves/Secom-CBA

Cento e oitenta e cinco alunos que participaram do curso ‘Qualifica mais Progredir’ – em Microempreendedorismo Individual (MEI) –  receberam na noite de quarta-feira (3), o certificado de conclusão do curso.  A capacitação é realizada por meio de uma parceria da Prefeitura de Cuiabá e o Instituto Federal de Mato Grosso (Campus Cel Octayde Jorge da Silva). 

O curso tem como público alvo os beneficiários do Auxílio Brasil e inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal tem como objetivo possibilitar a formação profissional em Microempreendedorismo Individual (MEI). “Estou aqui representando o prefeito Emanuel Pinheiro e a primeira-dama porque em projetos iguais a esse, a Prefeitura  é parceira na formação de pessoas para dar oportunidade para que elas entrem no mercado de trabalho ou para ajudar  aquelas que desejam abrir o seu próprio negócio.  Esse projeto leva conhecimento  e agrega renda às famílias. É um sucesso. E quero parabenizar a todos os envolvidos”, comentou o secretário de Governo Luis Cláudio.
Os alunos receberam todo material didático, uniforme, auxílio estudantil (para o transporte e alimentação), e ainda para aqueles que garantiram 75% de presença ao fim de cada mês, receberam uma cesta básica completa da Prefeitura de Cuiabá. 
O vice-prefeito, José Roberto Stopa, lembrou que em breve estará disponível uma linha de crédito para pequenos e microempreendedores por meio do Cuiabanco. 
“Há 4 meses estive aqui, quando estavam iniciando o curso e eu fiquei bastante surpreso. Primeiro por causa do brilho nos olhos dos alunos e por causa da vontade que eles tiveram de aprender. Os alunos receberam uma pequena ajuda para alimentação e transporte, receberam uma cesta básica, mas isso é muito pouco. Mas, a partir de agora, todos estão aptos para serem empreendedores. Quero lembrá-los do nosso projeto que ainda vamos lançar o Cuiabanco, que vai valorizar pessoas como vocês, que possuem raça e força. O Cuiabanco  vai emprestar de R$1.5 a R$ 25 mil. E, obviamente, não vai funcionar como banco comum que é cheio de burocracia, o Cuiabanco vai ser voltado para aqueles que irão começar a desenvolver um negócio e que buscam a primeira oportunidade”, explicou Stopa. 
O aluno, Silvano Lopes, destaca que pretende aumentar a sua renda após adquirir conhecimento com o MEI. “Foi ótimo esse curso. Conheci muitas coisas que não sabia, agora, tenho conhecimento em marketing e sobre o MEI. Quero aumentar a minha renda  e continuar participando de outros cursos”, elogiou. 
Já a  formanda,  Viviane Mendes de Souza Oliveira, adianta que pretende fazer o curso de  instalador de sistemas fotovoltaico, a popular energia solar. “Gostei muito e não sabia nada sobre o MEI. Agora, vou atuar com ele e começar a trabalhar. Pretendo fazer outros cursos e já  fiz inclusive a inscrição para aprender sobre  a placa solar. Estou doida para fazer e espero que eu passe no edital”, comentou ela.  
As atividades da primeira etapa foram encerradas no final do mês de junho.  A solenidade contou com a presença do  profissionais que  ministraram o curso, da secretária-adjunta de Direitos Humanos da Prefeitura de Cuiabá, a socióloga Christiany,  Fonseca,  diretor do campus Cuiabá do IFMT, Alceu Aparecido e demais docentes da área da educação. 
Nova Turma 

As inscrições para a segunda turma ainda podem ser feitas até o dia 12 de agosto. O interessado deve procurar um dos 14  Centros de Referência de Assistência Social (Cras), distribuídos em diferentes pontos da capital. Até o momento mais de 300 pessoas estão inscritas. Mesmo tendo ultrapassado a meta de preenchimento  (240 vagas), a coordenação do curso decidiu pela prorrogação do prazo de inscrições  para formação do cadastro reserva. O início das aulas está previsto para o dia 15 de agosto.

Leia Também:  Avança na Câmara projeto sobre ensino domiciliar

Para frequentar as aulas, os estudantes irão receber todo material, uniforme, auxílio estudantil (para o transporte e alimentação). Além também da entrega do benefício eventual (cesta básica) para aqueles alunos que alcançarem 75% de frequência por mês. 

O Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) – Campus Cel. Octayde Jorge da Silva está situado à Rua Zulmira Canavarros, 95 – Centro, Cuiabá – MT, 78005-390.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA