VÁRZEA GRANDE

INTERESSE GERAL

Cuiabá: evento da Educação registra mais de 4 mil visualizações

O Seminário Educação Básica foi aberto na manhã desta segunda-feira e prossegue até amanhã (27)

Publicado em

Educação

Foto: Jorge Pinho

Cerca de 4.650 pessoas visualizaram esta manhã, a abertura do V Seminário Educação Básica como Direito da Rede Municipal de Educação: Integrando Saberes. O evento acontece totalmente online e pode ser acompanhado no @portaldaescolacuiabana, no YouTube. O Seminário marca o início do segundo semestre na rede pública municipal de Ensino e foi aberto pela secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado e pela secretária-adjunta de Educação, Débora Marques Vilar, que falaram para mais de 3 mil profissionais inscritos.

A secretária Municipal de Educação, Edilene Machado em nome do prefeito Emanuel Pinheiro e da primeira-dama Márcia Pinheiro, deu as boas vindas aos participantes e agradeceu o empenho de todos os profissionais na realização da quinta edição do evento. Em sua fala destacou a importância do Seminário Educação Básica no processo de formação continuada dos profissionais, e as ações da gestão municipal, na Educação.  

“Quero agradecer o empenho de todos os técnicos que em meio a pandemia, desenvolveram as ações necessárias para que a Educação em Cuiabá não parasse nesses um ano e quatro meses. A Educação foi desafiada e estamos superando esse desafio da melhor maneira possível”, destacou a secretária Municipal de Educação, Edilene Machado.

A gestora ressaltou algumas ações que fizeram e estão fazendo com que Cuiabá seja considerada uma referência na Educação como a implementação dos Programas de Alfabetização Cuiabana (ProAC) e de Melhoria da Proficiência (Promp), a Prova Cuiabá, a entrega dos Kits Uniforme e de Material Escolar e, de 217 613 kits do Programa de Alimentação Escolar, em 2020/até julho de 2021, para estudantes beneficiários do programa Bolsa Família e em situação de vulnerabilidade social, os investimentos da gestão na formação continuada dos profissionais, e na melhoria da infraestrutura das unidades educacionais e, mesmo durante a pandemia, foram inaugurados dois novos Centros de Educação Infantil Cuiabano (CEIC) e a primeira Escola Cívico Militar da rede.

Edilene Machado anunciou a inauguração, ainda neste semestre, do maior Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) da rede, com capacidade para atender 396 alunos da Educação Infantil, no bairro Aroeira e a entrega de mesas tabletes para as salas multifuncionais e reforçou o compromisso do prefeito Emanuel Pinheiro de que as atividades presenciais na rede pública municipal de Educação sejam retomadas com segurança para estudantes e toda a comunidade escolar.

“As pessoas desconsideram o trabalho dos profissionais ao avaliarem a Educação. Não podemos ignorar o contexto de uma pandemia e os esforços dos profissionais, dos estudantes e suas famílias. Nesse processo, todos aprendemos e o ensino aprendizagem dos nossos estudantes não parou”, destacou.

Palestras

O V Seminário Educação Básica acontece nesta segunda e terça-feira (26 e 27). Na primeira palestra do dia, a Profª Dra. Katia Morosov Alonso, da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) fala sobre as tecnologias digitais e o trabalho e formação dos profissionais da Educação na contemporaneidade, com a mediação da Profª Ma. Zileide Lucinda dos Santos, coordenadora técnica de Ensino da Secretaria Municipal de Educação.

As 10h, o tema é o letramento e a alfabetização na 2ª Infância que envolve as crianças pequenas de 4 e 5 anos. A palestrante será a Profª. Ma. Gilvanira Maria Xavier de Freitas.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Comissão especial aprova PEC que altera regras eleitorais
Propaganda

Educação

Escola Nacional do Consumidor oferece inscrições

No total, são oferecidos 20 cursos gratuitos sobre a defesa do consumidor e educação financeira, por exemplo

Publicados

em

Fonte: Agência Brasil/EBC

As inscrições estão abertas para 20 cursos online promovidos pela Secretaria de Nacional do Consumidor (Senacon), em parceria com a Escola Nacional de Defesa do Consumidor (ENDC), até dia 27 de setembro. As capacitações tratam de assuntos como educação financeira, elaboração de projetos, uso da plataforma de reclamações, entre outros. O objetivo é aprofundar o conhecimento de consumidores e servidores do país.

Ao todo, as capacitações possuem carga horária variando de 20 à 60 horas-aula, e podem ser realizadas tanto pelo público em geral quanto por servidores que atuam no Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. Após a conclusão, a Universidade de Brasília (UnB) irá emitir certificados digitais e encaminhar para os que forem aprovados nos cursos em que se inscreveram.

Entre os cursos disponibilizados, destaca-se o “É da sua conta” com carga horária de 50 horas, destinado a consumidores e agentes que lidam com o sistema financeiro, com a finalidade de fornecer a base necessária para compreender o funcionamento do Sistema Financeiro Nacional e seus produtos. Há ainda outro curso complementar a esse, dessa vez indicado especificamente para os agentes e que traz uma base mais completa envolvendo o consumidor e finanças, com um prazo de inscrição maior, até 11 de outubro.

Também estão disponíveis capacitações direcionadas ao público em geral sobre finanças domésticas, como por exemplo “A Educação Financeira para Consumidores”, com o objetivo de ensinar ao aluno como compreender seus direitos, se planejar financeiramente e fazer um orçamento doméstico.

Para a realizar as inscrições nos cursos disponíveis na Escola Nacional do Consumidor, o interessado deve ter mais de 16 anos e computador com acesso a internet. Para saber mais, acesse: https://www.defesadoconsumidor.gov.br/escolanacional/cursos/cursos-endc

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputados aprovam regime diferenciado para assassinos de policial
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA