VÁRZEA GRANDE

INFORMÁTICA

Emanuel Pinheiro entrega mesas tabletes para escolas da rede pública municipal

Os equipamentos pedagógicos serão instalados nas salas multifuncionais como estratégia complementar do atendimento educacional especializado

Publicado em

Educação

Foto: Jorge Pinho

O Prefeito Emanuel Pinheiro entrega simbolicamente nesta quarta-feira (15), às 9 horas, no Auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação mesas tablets para unidades educacionais da rede pública municipal de ensino.

A rede pública municipal de Cuiabá, com mais de 54 mil alunos matriculados, atende cerca de 1.200 estudantes com deficiência. São estudantes com deficiência auditiva, visual, Transtornos do Espectro Autista (TDA), Síndrome de Down, deficiências múltiplas, física, intelectual e mental, microcefalia, paralisia cerebral, hidrocefalia, Atraso do Desenvolvimento Neuropsicomotor e Transtornos do Déficit de Atenção (TDH).  

Nas unidades educacionais os estudantes com deficiência frequentam as salas de aula e recebem apoio em salas multifuncionais. A coordenadora de Educação Especial, Magna Maria de Barros explicou que nas salas de recursos multifuncionais os estudantes são atendidos por professores especialistas, no contraturno escolar, como estratégia complementar do atendimento educacional especializado.

O evento, com público reduzido devido as medidas de biossegurança, contará com a participação de 50 diretores de Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Várzea Grande aguarda confirmação de matrículas para oferecer novas vagas na Rede Pública Municipal
Propaganda

Educação

Escola Nacional do Consumidor oferece inscrições

No total, são oferecidos 20 cursos gratuitos sobre a defesa do consumidor e educação financeira, por exemplo

Publicados

em

Fonte: Agência Brasil/EBC

As inscrições estão abertas para 20 cursos online promovidos pela Secretaria de Nacional do Consumidor (Senacon), em parceria com a Escola Nacional de Defesa do Consumidor (ENDC), até dia 27 de setembro. As capacitações tratam de assuntos como educação financeira, elaboração de projetos, uso da plataforma de reclamações, entre outros. O objetivo é aprofundar o conhecimento de consumidores e servidores do país.

Ao todo, as capacitações possuem carga horária variando de 20 à 60 horas-aula, e podem ser realizadas tanto pelo público em geral quanto por servidores que atuam no Sistema Nacional de Defesa do Consumidor. Após a conclusão, a Universidade de Brasília (UnB) irá emitir certificados digitais e encaminhar para os que forem aprovados nos cursos em que se inscreveram.

Entre os cursos disponibilizados, destaca-se o “É da sua conta” com carga horária de 50 horas, destinado a consumidores e agentes que lidam com o sistema financeiro, com a finalidade de fornecer a base necessária para compreender o funcionamento do Sistema Financeiro Nacional e seus produtos. Há ainda outro curso complementar a esse, dessa vez indicado especificamente para os agentes e que traz uma base mais completa envolvendo o consumidor e finanças, com um prazo de inscrição maior, até 11 de outubro.

Também estão disponíveis capacitações direcionadas ao público em geral sobre finanças domésticas, como por exemplo “A Educação Financeira para Consumidores”, com o objetivo de ensinar ao aluno como compreender seus direitos, se planejar financeiramente e fazer um orçamento doméstico.

Para a realizar as inscrições nos cursos disponíveis na Escola Nacional do Consumidor, o interessado deve ter mais de 16 anos e computador com acesso a internet. Para saber mais, acesse: https://www.defesadoconsumidor.gov.br/escolanacional/cursos/cursos-endc

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeito Emanuel Pinheiro entrega asfalto no Dr. Fábio I
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA