VÁRZEA GRANDE

"Educação Ambiental"

Alunos de escola municipal visitam Horto Florestal

Aproximadamente 30 crianças participaram de trilhas ecológicas, palestras sobre a fauna e flora regionais

Publicado em

Educação

Foto: Emanoele Daiane/Secom-CBA

Considerado um dos maiores laboratórios de pesquisas acadêmicas ao ar livre, o Horto Florestal Tote Garcia recebeu, na manhã desta quarta-feira (28), estudantes da pré-escola, matriculados na EMEB Eugênia Pereira de Mello. A ação teve como objetivo oportunizar que as crianças levem para dentro das salas de aulas os conhecimentos vivenciados na prática. 

A visita contou com a presença de aproximadamente 30 alunos, aos quais participaram de trilhas ecológicas, palestras sobre a fauna e flora regionais, além de um delicioso piquenique. 

O bosque é administrado atualmente pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sustentável (SMADESS), em conjunto com a Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb), e possui uma extensão de área de mais de 11 hectares.  

O titular da SMADESS, Renivaldo Nascimento, afirmou que o ponto turístico encontra-se de portas abertas para receber não somente os discentes, mas sim, à disposição de toda a população. “Temos aqui muitas árvores e  animais de diversas espécies, que retratam um pouco da história da natureza de Mato Grosso e seus adjacentes. Convidamos os munícipes, de modo geral, para vir contemplar esse espaço que faz parte da história de todos e tem muito a ensinar para cada um”, comentou. 

Leia Também:  Blitz contra queimadas leva informação sobre sofrimento dos animais do Pantanal

A diretora da unidade de ensino, Vanderlice Veron, agradeceu a disponibilidade da Prefeitura de Cuiabá na concessão da aula de campo. Segundo ela, as informações adquiridas contribuirão de forma positiva no avanço escolar dos pequenos. “Temos muitos projetos semelhantes na escola, como por exemplo, uma horta que está em fase de criação. Trazer eles aqui hoje, permite saber na íntegra como funciona o meio ambiente, aprendendo a plantar, tratar as sementes, sentir o aroma das plantas, uma aula espetacular aqui”, enfatizou. 

A gerente de educação ambiental do horto, Zilda Helena da Silva, aproveitou para reforçar o convite às instituições públicas e privadas interessadas. “Contamos com dois guias para atender os visitantes nos períodos matutinos e vespertinos, com total alegria e dedicação”, acrescentou. 

Os agendamentos estão sendo realizados por meio do e-mail: [email protected] Para maiores informações, basta entrar em contato por meio do telefone: (65) 3313-3157. O Horto está localizado na Rua Ivan Rodrigues Araés, no bairro Coxipó da Ponte.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Educação

Instituto Memória da ALMT capacita servidores e prevê digitalização total do acervo

Colaboradores das secretarias de Orçamento e Finanças, Serviços Legislativos, Gestão de Pessoas e Procuradoria-Geral também participam

Publicados

em

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O Instituto Memória do Poder Legislativo (IMPL) promoveu entre os dias 29 de novembro e 01 de dezembro o curso de capacitação “Gestão de Documentos”, ministrado pelo arquivologista e biblioteconomista Juan Cacio Peixoto – especialista em Organização de Arquivos pela Universidade de São Paulo (USP) e docente da matéria no Centro Universitário Assunção, instituição paulista de ensino superior. 

Mais de 40 servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) estão sendo capacitados no treinamento – 35 do Instituto Memória, três da Secretaria de Orçamento e Finanças, três da Procuradoria-Geral, um da Secretaria de Gestão de Pessoas e outro da Secretaria de Serviços Legislativos. 

O professor Juan Cacio Peixoto explicou que “gestão documental é o conjunto de procedimentos e operações técnicas referentes à produção, à tramitação, ao uso, à avaliação e ao arquivamento de documentos e processos recebidos e tramitados pelos órgãos do Poder Público no exercício de suas atividades”. 

Arquivo, planejamento do espaço físico, análise e seleção de documentos, métodos de organização e rotinas de gestão documental estão entre os temas abordados no curso de capacitação – o objetivo final do IMPL é a digitalização de todo o acervo sob a guarda daquela unidade. O acervo institucional inclui registro das sessões plenárias, proposituras, processo legislativo, legislação estadual, dados biográficos de parlamentares e arquivo fotográfico, dentre outros conjuntos de informações sistematizadas.  

Leia Também:  PRF apreende drogas em Nobres

REFORMAS -“Nossa finalidade é modernizar o trabalho realizado pelo Instituto Memória, de forma a atender melhor com maior eficiência a todos os colaboradores da Casa, bem como ao público externo que tem em nossos arquivos importante fonte de pesquisa”, assinala a superintendente do IMPL, Mara Regina Visnadi. 

A superintendente adianta ainda que está prevista a readequação do espaço físico – para tanto já foi inclusive elaborado o projeto e as reformas necessárias devem começar assim que a Mesa Diretora da Casa o determinar. 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA