VÁRZEA GRANDE

Empreendimento

Governo do estado apresenta o maior parque multiuso da América latina

Publicado em

Economia

Foto: PH Rodrigues

Nesta sexta-feira (26) os representantes do estado no governo e no senado, estavam juntos no lançamento do Parque Novo Mato Grosso. O governador Mauro Mendes (DEM), o prefeito de Cuiabá (em exercício), José Roberto Stopa (PV), Senador Jayme Campos (DEM), o senador Carlos Favaro, Senador Wellington Fagundes (PL) e ex-senador, Blairo Maggi.

O Parque está localizado na MT-251, a mais ou menos, 11km da Trincheira Engenheiro Roberto Flávio Abbott de Castro Pinto, entre a Rodovia Helder Cândia, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, e a Rodovia Emanuel Pinheiro Estrada de Chapada. O investimento vai gerar novos empregos e deverá fomentar a economia de toda baixada cuiabana.

O terreno onde está sendo desenvolvida a obra, foi doado pelo Grupo Bom Futuro da família Maggi, que com uma visão futurística e empreendedora contribui para o desenvolvimento do estado.

A área total é de 300 hectares, o espaço foi doado pelo Grupo Amaggi e Bom Futuro, que através de uma visão futurística e empreendedora somam com estado de Mato Grosso. O investimento previsto é de R$ 152 milhões.

Leia Também:  Caixa atualiza informações sobre o auxílio emergencial

O espaço vai atender eventos municipais, estaduais, nacionais e internacionais. Além disso, pode e será usado para de esporte, lazer, cultura e educação.

Haverá um Museu do Agro, pista de autocross com arquibancada, espaço família. Pista de skate e a Arena Show, que será um espaço para eventos com capacidade de até 100 mil pessoas. Também terá os bares, a orla e o estacionamento para mais de 12 mil veículos, kartódromo, lago para prática esportiva com 100 hectares.

O Parque é um projeto revolucionário pois, atenderá a todos os gostos, estilos e idade. Sem contar a importância que terá desenvolvimento na renda da região. No lançamento, estavam presentes o tricampeão de automobilismo Nelson Piquet. Os padres Mauricio e Evandro abençoaram a construção.

As obras no parque e das atrações serão realizadas por meio de licitações distintas, conforme especificação de cada atrativo. Depois a conclusão, ainda sem data prevista, o espaço será gerido pela iniciativa privada, em regime de concessão. O tempo previsto para a conclusão do espaço é de dois anos.

Leia Também:  PRF apreende mais de 50 kg de cocaína em fundo falso de caminhonete S10

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Economia

Dólar cai para R$ 5,41 e continua no menor valor em dois meses

Publicados

em


Em mais um dia de otimismo no mercado financeiro, o dólar aproximou-se de R$ 5,40 e fechou no menor valor desde novembro do ano passado. A bolsa de valores subiu pela terceira sessão seguida e atingiu o nível mais alto desde outubro.

O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (20) vendido a R$ 5,417, com recuo de R$ 0,049 (-0,9%). A moeda operou em queda durante toda a sessão. Por volta das 14h30, alcançou a mínima do dia, chegando a ser vendida a R$ 5,38, mas voltou a ficar acima de R$ 5,40 perto do fim das negociações.

A cotação está no menor valor desde 11 de novembro, quando o dólar tinha sido vendido a R$ 5,404. A divisa acumula queda de 2,86% nos primeiros dias de 2022.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela recuperação. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 109.102 pontos, com alta de 1,01%. O indicador está no maior nível desde 20 de outubro. Diferentemente dos últimos dias, hoje subiram as ações de empresas ligadas à economia interna, como varejo, serviços e tecnologia. Em contrapartida, caíram os papéis dos bancos e de empresas ligadas a commodities (bens primários com cotação internacional).

Leia Também:  Emanuel prorroga vencimento de tributos municipais para diversos segmentos econômicos

A decisão do governo chinês de baixar os juros da maior economia do planeta trouxe uma onda de alívio no mercado internacional. O país asiático é o maior parceiro comercial de muitos países emergentes, como o Brasil.

Paralelamente, as taxas dos títulos do Tesouro norte-americano, considerados os investimentos mais seguros do planeta, estabilizaram-se. Juros mais altos em países desenvolvidos estimulam a fuga de recursos de economias emergentes, mas os investidores entenderam que a expectativa de que os Estados Unidos aumentem os juros em breve está precificada (incorporada aos preços dos ativos financeiros).

*Com informações da Reuters

Edição: Nádia Franco

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA