VÁRZEA GRANDE

DESTAQUE

Laine de Andrade: Temos uma educação formadora ou deformadora?

Publicado em

DESTAQUE

Da Redação / João Victor

Temos visto nos últimos dias, acontecimentos trágicos envolvendo a nossa educação, como: escolas sem leis, alunos fazendo o que bem entendem e na hora que querem, falta de respeito com os professores, sem falar nas escolas que quase não têm recursos tecnológicos e pedagógicos para instruir seus alunos.
Entretanto, olhando por outra via, temos os países desenvolvidos que investem altamente em educação e esporte, ao contrário do Brasil.
Infelizmente, nosso País oferta uma educação deformadora sem igual, onde professores ganham pouco e políticos festejando e vivendo um verdadeiro luxo.
Em entrevista com a Professora Laine de Andrade, mestre em educação, ela mencionou: ‘Eu não consigo ver a educação segmentada, porque quando você pensa no processo educativo, tem que pensar desde o processo de educação básica até o ensino superior. Se pensarmos por este aspecto, teremos uma nação formadora e não deformadora, já que formaremos bons profissionais de educação’, informou.
N’outra pergunta, falando sobre o salário dos professores, ela disse: ‘É professor quem gosta, afinal, quando entramos na faculdade já sabemos com o que iremos lidar e isso inclui salário, alunos diversificados, entre outros aspectos. Reconheço que deveríamos ter mais reconhecimento pelo que fazemos, mas não concordo quando colegas de profissão usam o salário como desculpa para realizar um péssimo trabalho. Isto não quer dizer que não devamos lutar por nossos direitos; o que não podemos esquecer é de nossa responsabilidade social’.
Usando como base o papo acima, temos que compreender também que um deputado custa mais de R$ 500 mil por ano e isso é o valor mínimo, pois existem casos que passam de mais de 1 milhão de reais. Se estes valores fossem aplicados na educação e em recursos esportivos, o Brasil certamente seria há anos uma nação formadora.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Thiago Silva cobra prioridade na vacinação para profissionais da educação
Propaganda
1 comentário

1 comentário

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

DESTAQUE

Projeto oferece 100 vagas gratuitas para oficinas de balé clássico

As inscrições serão realizadas de forma presencial até 10 de fevereiro, no Shopping Goiabeiras.

Publicados

em

Foto - Alexandre Hudson

O projeto ‘Dança – uma oportunidade de aprendizado’ está com inscrições abertas para 100 vagas gratuitas em oficinas de balé clássico, que serão realizadas em Cuiabá. Podem participar crianças, adolescentes e jovens de famílias que recebem até um salário mínimo. As inscrições serão realizadas de forma presencial até 10 de fevereiro, no Shopping Goiabeiras.

O projeto tem patrocínio do Governo de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). É realizada pela Companhia das Artes e Associados – Cidarta, e inclui a participação na 15ª Mostra de Dança de Mato Grosso, que será realizada este ano em Cuiabá. Além das oficinas, os alunos também recebem o uniforme de balé e figurinos de dança para uso durante o espetáculo de encerramento das atividades.

Para participar, além da renda familiar de até um salário mínimo, os candidatos também precisam comprovar matrícula em escola pública e ter disponibilidade para participar das aulas entre 13 de fevereiro e 13 de maio. As oficinas serão realizadas no período vespertino, e os selecionados não precisam ter conhecimentos de dança.

Leia Também:  Governador e secretário de Educação entregam reforma de escola estadual em Várzea Grande

Depois das inscrições, os candidatos participarão de uma seleção final que será realizada de 11 a 13 de fevereiro. As aulas ocorrerão na sequência e seguem até 13 de maio, quando os alunos irão participar de uma apresentação gratuita ao público, no Shopping Goiabeiras.

####
Inscrições presenciais para oficinas gratuitas de balé clássico
Prazo: até 10 de fevereiro
Local: Companhia das Artes e Associados – Cidarta, localizada no primeiro piso do Shopping Goiabeiras, em Cuiabá

Mais informações: (65) 99943-7748 (whatsapp) e telefone 3322-2426

Foto: Alexandre Hudson

FONTE – SECOM MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA