VÁRZEA GRANDE

DESTAQUE

Em audiência da ALMT, líderes comunitários apresentam prioridades dos bairros de Cuiabá

Publicado em

DESTAQUE

Audiência pública foi realizada na Ucamb; infraestrutura lidera ranking de reclamações

 

Da Redação

 

Os líderes comunitários dos bairros que compõem as regiões Norte, Leste e Oeste, sob a supervisão da União das Associações de Moradores de Bairros (Ucamb), tiveram a oportunidade de manifestar sobre as prioridades necessárias para melhorias nos bairros de Cuiabá. O manifesto foi feito durante a 2ª audiência pública realizada para debater o projeto Cuiabá 300 Anos, realizada na sede da Ucamb pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), na noite desta quinta-feira (4). Os presidentes dos bairros foram homenageados com moção de aplausos pelos relevantes serviços prestados às comunidades.

“É uma honra para a Ucamb receber a Assembleia Legislativa para discutir melhorias à nossa Capital. Por isso, solicitamos às associações de bairros que nos apresentem as principais necessidades para que, ao final, possamos chegar ao entendimento e consolidar avanços à nossa Cuiabá dos 300 anos”, afirmou o presidente da Ucamb, Édio Martins.

De acordo com Botelho, aproximar a Casa de Leis ao cidadão é prioridade. “Vamos fazer vários encontros como este para conversar com as lideranças e moradores sobre os problemas de cada bairro e buscar a solução trabalhando em conjunto com Governo do Estado e Prefeitura de Cuiabá”, disse. Explicou que em parceria com Instituto de Terras de Mato Grosso – Intermat, a Assembleia Legislativa defende a regularização fundiária. “Estamos formalizando a estrutura com o Intermat e acredito que até o ano que vem vamos entregar pelo menos 30 mil títulos somente em Cuiabá”, informou.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre 79 mandados contra facção criminosa em 14 cidades de MT

Dentre as prioridades, a infraestrutura lidera o ranking de reclamações. “Os moradores nos pedem investimentos em asfalto e saneamento básico porque sofrem com esgoto jorrando a céu aberto”, explicou Edson Henrique Rodrigues do Amaral, que é vice-presidente da Ucamb e ex-presidente do bairro Novo Mato Grosso, região Leste de Cuiabá, formada por 60 bairros. Ele destacou os avanços obtidos nos últimos anos e a importância da aproximação da Assembleia Legislativa. “Vimos a alegria de cada líder comunitário em poder se manifestar sobre as necessidades dos bairros que representa”.

De acordo com o palestrante da noite, cientista político e professor João Edisom, para a Cuiabá dos 300 Anos é preciso criar uma identidade que mostre ao mundo que Cuiabá é a capital do agronegócio. Ressalta que um programa qualificado voltado ao turismo pode fomentar novos empreendimentos. Cita, por exemplo, as pessoas que circulam no aeroporto e, atualmente, o local não tem nenhuma referência sobre o potencial da capital mato-grossense. 

“É preciso criar essa identidade para que Cuiabá seja reconhecida como a capital do agronegócio. O cuiabano continua vendo a cidade a partir da cozinha, da hospitalidade. Mas, é preciso sair para o mundo e mostrar nosso potencial produtivo”.

Leia Também:  Consórcios apresentam recursos em licitação para retomada das obras de hospital

O presidente do bairro Centro-sul, Valmir Molina, questionou o descaso com local. Citou a falta de políticas públicas para revitalizar pontos que já foram o auge no passado e estão abandonados: Morro da Caixa Água, Mercado Municipal, que, segundo ele, se tornou ponto de jogatina e drogas e o entorno do Estádio Dutrinha. “Temos também as igrejas e o Sesc Arsenal, que são importantes atrativos e podem se tornar locais de visitação de Cuiabá”, afirmou.

Também foram discutidas as condições de serviços de água e esgoto, energia elétrica e segurança pública.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

DESTAQUE

Lançamento oficial do ‘Carnaval 2023’ será na segunda-feira (6)

A criançada poderá se divertir com apresentações Patrulha Canina (Tia Hanna). Haverá ainda a participação de Charanga do Mestre Cachaço, uma iniciativa que reúne artistas cuiabanos que exaltam a música popular brasileira.

Publicados

em

Foto: Davi Valle - Secom-Cuiabá

O secretário municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Aluízio Leite, convida para o lançamento oficial do Carnaval 2023, em Cuiabá. Os detalhes serão divulgados na segunda-feira (6), na sede da Pasta, instalada na rua Barão de Melgaço, 3677, Centro, a partir das 15h.

Neste ano, a Prefeitura de Cuiabá irá promover a ‘Folia de Momo’ em três pontos da capital: a Praça da Mandioca, Praça 8 de Abril e no Calçadão Ricardo Franco. Serão seis dias da tradicional festa carnavalesca, e o primeiro ‘esquenta’ vai acontecer no próximo dia 12.

“Escolhemos esses locais por serem os que mais representam a nossa querida e amada Cuiabá. Com muita segurança e de forma gratuita, os foliões irão desfrutar de dias de muita alegria e tradição”, explicou.

O famoso “esquenta” será no próximo domingo (12), na Praça 8 de Abril. Nesse dia haverá premiação para os bichinhos que apresentarem as fantasias mais criativas. A programação incluirá ainda um desfile dos bichinhos e muitas marchinhas de carnaval com a banda Canoa de Prata.

A criançada poderá se divertir com apresentações Patrulha Canina (Tia Hanna). Haverá ainda a participação de Charanga do Mestre Cachaço, uma iniciativa que reúne artistas cuiabanos que exaltam a música popular brasileira.

Leia Também:  Por 39 a 26 votos, CCJ rejeita denúncia contra Temer e ministros

“Não podemos deixar de agradecer nossos parceiros e colaborares que estão sempre juntos com a Prefeitura de Cuiabá, ajudando manter a nossa cultura. A gestão Emanuel Pinheiro preza exatamente isso. Promover eventos que valorizem os nossos artistas locais”, finalizou o secretário.

Fonte: SECOM CUIABÁ

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA