VÁRZEA GRANDE

DESTAQUE

Assistência Social amplia Rede no trabalho com famílias do Grande Cristo Rei

Publicado em

DESTAQUE

Da Redação

No incremento de mais políticas públicas sociassistenciais, a Secretaria de Assistência Social integra mais um projeto social na Pasta, “Projeto Dorcas”, que tem a finalidade de garantir as famílias do Grande Cristo Rei melhor qualidade de vida,  diminuir as desigualdades sociais e melhorar o acesso aos serviços essências como: saúde, educação, trabalho, lazer, segurança, previdência social, proteção à maternidade e à infância e assistência aos desamparados. Integrantes do novo projeto reuniram com a prefeita Lucimar Sacre de Campos para traçar estratégias de ação social na região.

A prefeita disse que a Assistência Social trabalha na promoção e fortalecimento de direitos coletivos e sociais e somente poderão ser realizados, por meio de políticas públicas integrativas que de maneira planejada possuem diretrizes onde o poder público a desenvolve dentro da Rede de Proteção Básica e leva a sociedade uma gama de serviços em tempo célere.

“A concretização dessas políticas nem sempre se desenvolve de forma planejada, porém as instituições e a sociedade somam com a administração com parcerias para a eficácia destas políticas. As políticas públicas funcionam como instrumentos de união e empenho, em torno de objetivos comuns, que passam a estruturar uma coletividade de interesses, se tornando um instrumento de planejamento, racionalização e participação popular. Sendo assim, para assegurar os direitos sociais do cidadão são necessários um conjunto coerente de ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade que irão garantir os direitos referentes a esses serviços essenciais. Por isso, é necessário que estas políticas públicas, sejam bem organizadas e eficazes. E é essa eficácia que estamos implantando em nossa administração”, pontua a prefeita.

Leia Também:  Galo vence em Curitiba e amplia vantagem na ponta

Já a secretária de Assistência Social, Kathe Maria Martins falou que todos os projetos que integram a Pasta são bem vindos e essenciais na prestação positiva de empoderamento e valorização do ser humano. O poder público planeja e lança suas políticas próprias acordadas com as necessidades da sociedade. Porém, é imprescindível que na medida em que essas políticas são aplicadas haja a participação ativa e direta da democracia.

“Esse novo projeto que nasce vem implementar nossas políticas da Assistência Social, dando mais oportunidades as famílias do Cristo Rei. Esta iniciativa inédita vem ao encontro do Plano de Governo da gestão, que é oferecer qualidade de vida e possibilidades para as famílias do município. O Grande Cristo Rei é um bairro que merece uma atenção especial. Iniciamos este projeto e vamos dar toda atenção e respeito que as famílias necessitam. Esse é nosso papel, levar ferramentas de gestão que melhorem a qualidade de vida e o cotidiano das pessoas, em especial aquelas que mais necessitem”, destaca Kathe.

A coordenadora do projeto, Maria do Carmo, 54 anos, da Cohab Cristo Rei disse que o projeto vai atender as famílias e crianças carentes do Grande Cristo Rei, com diversos benefícios a comunidade, como apoio integral as famílias, fortalecimento de vínculos e qualificação profissional incluídas nos Projetos da Assistência Social. “Nosso projeto é composto por mulheres, profissionais liberais, donas de casas, empreendedoras, empresárias, de vários bairros do Grande Cristo Rei que se reuniram na finalidade de integrar e participar das políticas da Assistência Social na concepção de um novo projeto que visa ajudar o próximo nas mais adversas dificuldades em busca ativa de melhoria de vida”.

Leia Também:  Bolsonaro recebe apoio de ex-senadores e cantores sertanejos

A dona Carmecita de Lima Freitas, 80 anos, moradora do Vila Vitória, explanou que o grupo se espelha nos dons de Dorcas, que é servir ao próximo. “Podemos levar alegria às pessoas que nos rodeiam, por simples atos de bondade e amor. Portanto, nossa vida pode ser uma benção aos outros, se pegarmos o pouco que temos e começarmos a usá-lo para servir outras pessoas. Somos incentivados a ser generosos com o que Deus nos deu. Devemos estar dispostos a servir aos que necessitam”.

“Dorcas” – foi chamada pelo apóstolo Lucas,  de discípula, o que significa que ela era uma seguidora de Jesus Cristo. O seu amor pelo Mestre era demonstrado pelo amor e pela dedicação aos seus semelhantes, e, para isto, usou seu talento natural de costureira, auxiliando aos outros na confecção de peças de vestuário. Desta maneira, ela praticava obras de caridade em favor da comunidade em que vivia. Era o tipo de mulher que qualquer pessoa gostaria de ter como vizinha e amiga. Sensível às necessidades das pessoas, era atenta as boas obras (At 9:36b). 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

DESTAQUE

Projeto oferece 100 vagas gratuitas para oficinas de balé clássico

As inscrições serão realizadas de forma presencial até 10 de fevereiro, no Shopping Goiabeiras.

Publicados

em

Foto - Alexandre Hudson

O projeto ‘Dança – uma oportunidade de aprendizado’ está com inscrições abertas para 100 vagas gratuitas em oficinas de balé clássico, que serão realizadas em Cuiabá. Podem participar crianças, adolescentes e jovens de famílias que recebem até um salário mínimo. As inscrições serão realizadas de forma presencial até 10 de fevereiro, no Shopping Goiabeiras.

O projeto tem patrocínio do Governo de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). É realizada pela Companhia das Artes e Associados – Cidarta, e inclui a participação na 15ª Mostra de Dança de Mato Grosso, que será realizada este ano em Cuiabá. Além das oficinas, os alunos também recebem o uniforme de balé e figurinos de dança para uso durante o espetáculo de encerramento das atividades.

Para participar, além da renda familiar de até um salário mínimo, os candidatos também precisam comprovar matrícula em escola pública e ter disponibilidade para participar das aulas entre 13 de fevereiro e 13 de maio. As oficinas serão realizadas no período vespertino, e os selecionados não precisam ter conhecimentos de dança.

Leia Também:  Embrapa calcula ter gerado R$ 61,8 bi de lucro social no ano passado

Depois das inscrições, os candidatos participarão de uma seleção final que será realizada de 11 a 13 de fevereiro. As aulas ocorrerão na sequência e seguem até 13 de maio, quando os alunos irão participar de uma apresentação gratuita ao público, no Shopping Goiabeiras.

####
Inscrições presenciais para oficinas gratuitas de balé clássico
Prazo: até 10 de fevereiro
Local: Companhia das Artes e Associados – Cidarta, localizada no primeiro piso do Shopping Goiabeiras, em Cuiabá

Mais informações: (65) 99943-7748 (whatsapp) e telefone 3322-2426

Foto: Alexandre Hudson

FONTE – SECOM MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

POLÍTICA

POLÍCIA

ESPORTE

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA