Ciopaer e Bope simulam combate ao narcotráfico internacional

Da Redação

O Centro Integrado de Operações Aéreas de Mato Grosso – CIOPAER-MT, ontem (23.07.19), em apoio ao Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar de Mato Grosso – BOPE-MT auxiliou nas instruções do Curso CPAR, na disciplina abordagem de aeronaves.

A aeronave do CIOPAER-MT decolou de Aeroporto Internacional de Cuiabá e pousou em uma pista de terra na região do município de Porto Estrela-MT, onde uma caminhonete estava próxima a pista para simular o carregamento ou descarregamento de entorpecentes em um cenário praticamente real das atividades do narcotráfico internacional na região de fronteira mato-grossense.

Em poucos instantes policiais do BOPE-MT surpreenderam os atores que simulavam o transporte das drogas com a “detenção” dos envolvidos e impediram que a aeronave decolasse.

Os pilotos do CIOPAER-MT realizaram três pousos com o bimotor Seneca, com parada total em diferentes pontos da pista de pouso para possibilitar aos participantes do curso se movimentaram estrategicamente no terreno e aperfeiçoarem as práticas de abordagem a aeronave.

Os tripulantes da aeronave ainda passaram informações sobre técnicas efetivas de impedir a decolagem do avião caso do piloto tente decolar com a aeronave.

“Se durante a abordagem o piloto empregar potência para o avião correr na pista, objetivando uma decolagem, um disparo de arma de fogo nos pneus provoca a perda da reta, mas o atirador precisa de destreza, pois é um tiro que necessita ser rápido e com precisão. Outra forma, muito mais efetiva é disparar nos motores do avião, pois isso provoca o mau funcionamento e o piloto provavelmente abortará a decolagem ou se decolar terá pane nos motores e a aeronave cairá”, explicaram os pilotos do CIOPAER-MT: Major PM José e Major PM Müller.

               O CIOPAER-MT conta com duas bases fixas no Estado de Mato Grosso (Várzea Grande e Sorriso) e uma frota de três helicópteros e seis aviões que além dos serviços de patrulhamento, resgate/salvamento, transporte de tropas e cargas, sempre que solicitado atua em apoio às polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros Militar, inclusive nas missões de instrução.