Mendes diz que tomará medidas para reabertura da Santa Casa após Prefeitura não apresentar solução

Temos equipamento de Saúde Pública, contratualizado com Cuiabá, que presta serviços de alta e média complexidade, porém está fechado

 

Da Redação

Em conversa com a imprensa, na tarde de quarta-feira (24), o atual governador de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) disse que até semana que vem irá analisar um plano de viabilidade para a reabertura da Santa Casa de Misericórdia, fechada desde o dia 11 de março deste ano.

Segundo Mendes, o dever de apresentar uma solução para a reabertura da instituição é da Prefeitura de Cuiabá, mas as providências para a unidade voltar ao seu funcionamento não foram tomadas.

“O Município é o gestor pleno e possui os contratos para serviços prestados, mas estamos nos propondo a apresentar uma proposta para a reabertura da Santa Casa na semana que vem. A conclusão a sociedade que faça” afirmou o democrata.

O encarregado por apresentar o plano de viabilidade, segundo Mendes, é o secretário de Saúde de Mato Grosso Gilberto Figueiredo (PSB), que deve apresentar uma proposta que preserve o dinheiro público.

“Temos equipamento de Saúde Pública, contratualizado com Cuiabá e que presta serviços de alta e média complexidade, porém está fechado e o Município não tomou as medidas cabíveis. Nós faremos”, afirmou Mauro Mendes, sem citar o nome do atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB).

“A solução nem eu sei qual vai ser. Vamos esperar os técnicos estudarem, mas garanto que vamos tomar a melhor decisão”, completou o Governador.