Integrantes de associação criminosa são presos com arma e R$ 4 mil em Rondonópolis

Da Redação

 

Duas pessoas acusadas de integrar de uma organização criminosa foram presas em flagrante, pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul). Além da prisão dos suspeitos, a ação resultou na apreensão de uma arma de fogo e de grande quantidade de dinheiro pertencente ao grupo criminoso.

O casal Elias Barbosa de Arruda, 33, conhecido como “Maxixe”, e Istefania Aparecida Mota, 27, ambos com antecedentes criminais, foram autuados em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e munições e associação criminosa. Além da prisão em flagrante, Elias estava com mandado de prisão decretado pela Comarca de Primavera do Leste, o qual foi devidamente cumprido.

O suspeito conhecido como “Maxixe”, era alvo de investigação da Derf, uma vez que era apontado como importante membro de uma facção. Segundo informações, ele era responsável pela contabilidade e recebimento das mensalidades, referentes aos pagamentos realizados por comparsas, e por comércios que pagam o valor para não ter “problemas” com a criminalidade.

Durante diligências, foi descoberto que o suspeito comercializava “cremosinho” em uma residência no bairro Ana Carla II, como forma de encobrir sua atuação no crime. Após levantamento do endereço do suspeito, os policiais civis foram até a casa onde encontraram Elias e sua companheira Istefania.

No local, foi apreendido mais de R$ 4 mil em dinheiro, cadernetas e agenda com anotações, uma arma de fogo, além de duas motocicletas (Titan de cor vermelha e Honda Biz de cor preta) e um veículo Ford Fiesta.

Em checagem via sistema, foi constatado que Elias Barbosa possuía passagens por tráfico de drogas, bem como é réu em um processo da Comarca de Primavera do Leste com pedido de prisão preventiva em aberto, por envolvimento com organização criminosa. A companheira identificada como Istefania também tem passagens pela polícia por tráfico de drogas

Diante dos fatos, os dois foram conduzidos à Derf de Rondonópolis, interrogados e autuados em flagrante pelos crimes posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *